Você está aqui: Página Inicial > Matérias > Empoderamento feminino. Você sabe o que é isso?

Empoderamento feminino. Você sabe o que é isso?

por Governo do Brasil — publicado 15/01/2018 16h46, última modificação 15/01/2018 17h18
Um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, o fortalecimento da independência das mulheres será promovido pela iniciativa Rede Brasil Mulher

Um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, o fortalecimento da independência das mulheres será promovido pela iniciativa Rede Brasil Mulher

O empoderamento feminino é um tema que tem ganhado cada vez mais espaço nas discussões. Empoderar significa fortalecer as mulheres para que elas tenham condições de se pronunciar e se desenvolver, de ser independentes e exigir as mesmas oportunidades e o mesmo respeito que os homens possuem.

Diversas ações públicas podem contribuir com o empoderamento feminino. Garantir tratamento igualitário, combate ao racismo, mais espaços de fala, mais saúde e educação para elas, por exemplo, são algumas das múltiplas formas de se atingir esse objetivo.

Por isso, a Rede Brasil Mulher tem cinco eixos diferentes de atuação: saúde, educação, enfrentamento à violência, espaços de poder e decisão e autonomia econômica.

Podem participar da iniciativa do Governo do Brasil organizações da sociedade civil, órgãos do governo e também as empresas. Os interessados devem assinar um termo de adesão junto à Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres (SPM).

A Organização das Nações Unidas (ONU) reforça o compromisso dos países signatários da Agenda 2030 com o empoderamento feminino por meio do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 5, “alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas”.

No caso das corporações, a ONU Mulheres definiu ainda sete regras para a promoção do empoderamento nos ambientes empresariais, sendo elas: estabelecer liderança corporativa sensível à igualdade de gênero; tratar todas as mulheres e homens de forma justa; garantir a saúde, segurança e bem-estar de todos que trabalham na empresa; promover educação, capacitação e desenvolvimento profissional para as mulheres; apoiar empreendedorismo de mulheres; promover a igualdade de gênero por meio do ativismo social; e, por fim, medir e publicar os progressos da empresa na promoção da igualdade de gênero.

Fontes: Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres da Secretaria de Governo da Presidência da República e ONU Mulheres