Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2010 > 09 > Países da Tríplice Fronteira debatem avanços na proteção da criança e adolescente

Geral

Países da Tríplice Fronteira debatem avanços na proteção da criança e adolescente

por Portal Brasil publicado: 01/09/2010 21h26 última modificação: 28/07/2014 09h08

Será lançado nesta quinta-feira (2), em Foz do Iguaçu (PR) o Marco de Proteção de Crianças e Adolescentes da Tríplice Fronteira, uma região estigmatizada pelo contrabando e pelo tráfico de drogas e de pessoas, onde ainda existem grandes desafios para a aplicação da lei.


Os avanços e desafios na garantia do direito à convivência familiar e comunitária de crianças e adolescentes da América Latina serão o principal tema do Seminário Latino-Americano da Rede de Acolhimento Familiar, que começa nesta quinta-feira (2), em Foz do Iguaçu. .
 

O encontro, que tem atividades até o sábado (4), pretende mostrar os esforços e experiências dos diferentes países da América Latina no tema.  Além do Brasil, haverá apresentações de profissionais, gestores e executores de políticas públicas da Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Guatemala, Haiti, Paraguai, Peru, República Dominicana, Uruguai, Venezuela, Holanda e Inglaterra.
 

Antes do seminário, autoridades brasileiras vão participar da inauguração do Marco de Proteção de Crianças e Adolescentes da Tríplice Fronteira, no viaduto de acesso ao Paraguai.
 

Na agenda do evento, a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Márcia Lopes, representará o Brasil na cerimônia de assinatura do Decreto que vai criar a Comissão Permanente para o Desenvolvimento e Integração Fronteiriça.
 

Acolhimento garante proteção integral


O acolhimento é uma modalidade de atendimento a crianças e adolescentes afastados da família de origem mediante medida protetiva.
 

O objetivo do instrumento é oferecer proteção integral a essas crianças em famílias voluntárias, que passam por uma seleção e atuam em parceria com uma equipe formada por técnicos que operam a Política Nacional de Assistência Social.

 
Nessa estrutura, a criança ou adolescente deve permanecer na família acolhedora até no máximo de dois anos, de acordo com a nova Lei de Adoção. O objetivo é, neste período, reintegrá-los à sua própria família ou, excepcionalmente, encaminhá-los para família substituta.


 

Fonte:
Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS)

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Agricultores buscam Programa de Aquisição de Alimentos
Para facilitar a venda dos produtos, o município de Monteiro (PB) buscou ajuda do Programa de Aquisição de Alimentos do governo federal
Conheça a atuação do Ministério dos Direitos Humanos
Principal função da pasta, de acordo com a ministra Luislinda Valois, é cuidar de todo o cidadão desde o nascimento até o seu último dia de vida
Sistema de cotas pode garatir mais negros nos espaços de poder
Ministra dos Direitos Humanos, Louislinda Valois, defende mais espaço para negros na diplomacia e nos tribunais brasileiros
Para facilitar a venda dos produtos, o município de Monteiro (PB) buscou ajuda do Programa de Aquisição de Alimentos do governo federal
Agricultores buscam Programa de Aquisição de Alimentos
Principal função da pasta, de acordo com a ministra Luislinda Valois, é cuidar de todo o cidadão desde o nascimento até o seu último dia de vida
Conheça a atuação do Ministério dos Direitos Humanos
Ministra dos Direitos Humanos, Louislinda Valois, defende mais espaço para negros na diplomacia e nos tribunais brasileiros
Sistema de cotas pode garatir mais negros nos espaços de poder

Últimas imagens

São oferecidas 20 vagas para estudantes de diversas áreas
São oferecidas 20 vagas para estudantes de diversas áreas
Divulgação/MJSP
Informações são fundamentais para aperfeiçoar o atendimento à população
Informações são fundamentais para aperfeiçoar o atendimento à população
Patrick Grosner/MDSA
Ao todo, 11 projetos de comunidades indígenas foram contratados
Ao todo, 11 projetos de comunidades indígenas foram contratados
Divulgação/Prefeitura de Japorã (MS)
Prazo para atualizar as informações será informado por mensagem no extrato de pagamento dos benefícios
Prazo para atualizar as informações será informado por mensagem no extrato de pagamento dos benefícios
Foto: Ubirajara Machado/MDSA
O recall, com início de atendimento em 10 de abril de 2017, abrange 178 veículos importados
O recall, com início de atendimento em 10 de abril de 2017, abrange 178 veículos importados
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Governo digital