Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2011 > 03 > Ceará lançará campanha de combate ao tráfico de pessoas

Cidadania e Justiça

Ceará lançará campanha de combate ao tráfico de pessoas

por Portal Brasil publicado: 23/03/2011 15h56 última modificação: 28/07/2014 14h57

Uma campanha para coibir o tráfico de pessoas será lançada no Ceará, nesta quinta-feira (24), em Fortaleza (CE), com a distribuição de cartazes, cartilhas e panfletos em pontos estratégicos, como conselhos tutelares, aeroportos, rodoviárias e outros locais de grande circulação de turistas. 

A campanha “Nesta luta, o inimigo pode estar mais perto do que você imagina” também vai envolver a capacitação de agentes públicos e privados para que eles possam colaborar no enfrentamento ao crime.

O evento marca também a retomada das atividades do Posto Avançado de Atendimento Humanizado aos Migrantes, localizado no Aeroporto Internacional Pinto Martins.

O Posto Avançado de Atendimento Humanizado aos Migrantes, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, funcionará de segunda a domingo, de 8h às 17h. A unidade vai acolher brasileiros que tiveram sua entrada negada em outros países ou foram deportados e apurar denúncias recebidas pela Polícia Federal em embarques internacionais. 

Levantamento do Escritório de Enfrentamento e Prevenção ao Trafico de Seres Humanos e Proteção a Vitima do Ceará aponta que, de 2008 a 2010, houve 1.171 denúncias e mais de 530 atendimentos a vítimas cearenses foram realizados.

A solenidade será no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza (CE), às 9 horas. As duas iniciativas são resultado de uma parceria do governo do Ceará com a Secretaria Nacional de Justiça (SNJ) e fazem parte do Plano Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas.


Fonte:
Ministério da Justiça

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Consumidores recebem comunicado de recall pela internet
Brasil teve, em dez anos, um aumento de 221% no serviço de recall. A partir de agora, os consumidores vão ter pela internet uma nova maneira de se manterem informados sobre os produtos adquiridos
Parceria entregou mais de 100 mil cisternas para moradores do semiárido
O semiárido representa quase 20% do território brasileiro. As cisternas captam e armazenam água da chuva
Governo reativa plano Juventude Viva
Objetivo é reduzir a vulnerabilidade de jovens expostos a situações de violência, com foco prioritário na juventude negra
Brasil teve, em dez anos, um aumento de 221% no serviço de recall. A partir de agora, os consumidores vão ter pela internet uma nova maneira de se manterem informados sobre os produtos adquiridos
Consumidores recebem comunicado de recall pela internet
O semiárido representa quase 20% do território brasileiro. As cisternas captam e armazenam água da chuva
Parceria entregou mais de 100 mil cisternas para moradores do semiárido
Objetivo é reduzir a vulnerabilidade de jovens expostos a situações de violência, com foco prioritário na juventude negra
Governo reativa plano Juventude Viva

Últimas imagens

Locais para saque do benefício são os terminais eletrônicos da Caixa, correspondentes Caixa Aqui e lotéricas
Locais para saque do benefício são os terminais eletrônicos da Caixa, correspondentes Caixa Aqui e lotéricas
Carlos Bassan/Prefeitura de Campinas (SP)
Documento passará a ter um novo funcionamento, totalmente virtual, na forma de aplicativo
Documento passará a ter um novo funcionamento, totalmente virtual, na forma de aplicativo
Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília
Entrega dos títulos faz parte da política de titulação de lotes do Plano Nacional de Reforma Agrária
Entrega dos títulos faz parte da política de titulação de lotes do Plano Nacional de Reforma Agrária
Arquivo/Incra
Carga horária dos cursos disponíveis é de 20 horas e a duração, de três semanas. Inscrições pela internet
Carga horária dos cursos disponíveis é de 20 horas e a duração, de três semanas. Inscrições pela internet
Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília
Na edição anterior, 693 alunos do programa foram medalhistas de ouro, prata e bronze
Na edição anterior, 693 alunos do programa foram medalhistas de ouro, prata e bronze
Foto: Sergio Amaral/MDS

Governo digital