Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2011 > 04 > Governo quer antecipar nova campanha pelo desarmamento no País

Cidadania e Justiça

Governo quer antecipar nova campanha pelo desarmamento no País

por Portal Brasil publicado: 11/04/2011 20h15 última modificação: 28/07/2014 14h58

O governo quer antecipar junho para 6 de maio a realização de uma nova campanha pelo desarmamento no País, que deve durar até o final do ano. A informação foi dada nesta segunda-feira (11), pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, após reunião com integrantes das Ongs Viva Rio e Sou da Paz.  

Na próxima segunda-feira (18) deve ser reunido um conselho formado por membros destas Ongs, do poder público, e de outras entidades, como a Ordem dos Advogados do Brasil e o Conselho Nacional do Ministério Público, entre outras. O objetivo será discutir a data definitiva do lançamento da campanha e as formas de pagamento das armas, informou o ministro. 

Cardozo disse ainda que o governo já dispõe de uma verba de cerca de R$ 10 milhões para pagar as indenizações pelas armas que vierem a ser devolvidas durante a campanha. Ele lembrou, no entanto, que esse valor poderá ser maior. O ministro lembrou o sucesso da campanha do desarmamento, realizada entre 2004 e 2005, que contou com a participação da sociedade e retirou quase 500 mil armas de circulação.  

Agora, o governo quer acelerar o pagamento das indenizações, que antes chegavam a demorar cerca de três meses. Para Cardozo, o pagamento deve ser imediato, para estimular a população a entregar os armamentos. Ele disse que o Banco do Brasil deve apresentar uma proposta neste sentido. 

 

Fonte:
Ministério da Justiça 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo lança novas regras para exames toxicológicos em condutores
Para combater o uso de drogas e aumentar a segurança nas estradas, o Denatran lançou novas regras para os exames que detectam essas substâncias nos condutores
Consumidores recebem comunicado de recall pela internet
Brasil teve, em dez anos, um aumento de 221% no serviço de recall. A partir de agora, os consumidores vão ter pela internet uma nova maneira de se manterem informados sobre os produtos adquiridos
Parceria entregou mais de 100 mil cisternas para moradores do semiárido
O semiárido representa quase 20% do território brasileiro. As cisternas captam e armazenam água da chuva
Para combater o uso de drogas e aumentar a segurança nas estradas, o Denatran lançou novas regras para os exames que detectam essas substâncias nos condutores
Governo lança novas regras para exames toxicológicos em condutores
Brasil teve, em dez anos, um aumento de 221% no serviço de recall. A partir de agora, os consumidores vão ter pela internet uma nova maneira de se manterem informados sobre os produtos adquiridos
Consumidores recebem comunicado de recall pela internet
O semiárido representa quase 20% do território brasileiro. As cisternas captam e armazenam água da chuva
Parceria entregou mais de 100 mil cisternas para moradores do semiárido

Últimas imagens

Medida também vale para outros débitos relacionados ao veículo. Antes, apenas donos de veículos registrados no exterior contavam com esse recurso
Medida também vale para outros débitos relacionados ao veículo. Antes, apenas donos de veículos registrados no exterior contavam com esse recurso
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Verduras, legumes, frutas, carne de frango resfriada, bolachas, pães e doces serão comprados dos produtores e doados à rede socioassistencial no estado
Verduras, legumes, frutas, carne de frango resfriada, bolachas, pães e doces serão comprados dos produtores e doados à rede socioassistencial no estado
Foto: Eduardo Aigner/MDA
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Foto: Tony Winston/Agência Brasília
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Foto: Dênio Simões/Agência Brasília
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Governo digital