Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2011 > 08 > Petrópolis (RJ) recebe exposição sobre tortura

Cidadania e Justiça

Petrópolis (RJ) recebe exposição sobre tortura

por Portal Brasil publicado: 10/08/2011 15h10 última modificação: 28/07/2014 15h02

O Instituto Frei Tito de Alencar, em parceria com o Projeto Marcas da Memória da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça, abre nesta quarta-feira (10) visitação à exposição “Sala Escura da Tortura”. A mostra pode ser vista até 19 de agosto, das 9h às 17h, no Palácio Rio Negro do Museu da República em Petrópolis (RJ). 

A Sala Escura da Tortura, composta por sete telas, inspira-se nos relatos de Frei Tito durante seu exílio na França. Apresentada originalmente em 1973 no Museu de Arte Moderna de Paris, a exposição coloca a perspectiva crítica das artes para denunciar a tortura.

Na opinião do secretário Nacional de Justiça, Paulo Abrão, com a exposição, o Estado cumpre seu papel de disseminar uma visão humanista, inscrita na Constituição democrática. “Ao mesmo tempo, prestamos homenagem à memória de Frei Tito, exemplo de resistência, engajamento e dignidade em favor dos injustiçados. Sua capacidade de sensibilizar as pessoas por um mundo melhor extrapola o seu plano existencial. Eis o seu legado eterno”, afirma ele que também é presidente da Comissão de Anistia.

Depois de passar por Petrópolis, a Sala Escura de Tortura segue para Brasília (DF) e Belo Horizonte (MG). A ação tem o apoio do Centro de Defesa dos Direitos Humanos de Petrópolis. Para mais informações, acesse o site da exposição.

 

Fonte:
Ministério da Justiça

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

O título da terra facilita acesso de agricultores à política pública, diz Roseno
Para José Ricardo Roseno, Secretário de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário, a questão fundiária é um grande gargalo para acesso à política pública aos agricultores familiares
Ministério do Trabalho lança programa Aprendiz na Medida
Lançado nesta segunda-feira (16), no Rio de Janeiro, o programa Aprendiz na Medida vai oferecer trabalho com carteira assinada e qualificação profissional a jovens que cumprem medida socioeducativa
Dados do CPF podem ser atualizados pela internet
Já está disponível o serviço que permite a atualização de dados cadastrais no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) no site da Receita Federal
Para José Ricardo Roseno, Secretário de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário, a questão fundiária é um grande gargalo para acesso à política pública aos agricultores familiares
O título da terra facilita acesso de agricultores à política pública, diz Roseno
Lançado nesta segunda-feira (16), no Rio de Janeiro, o programa Aprendiz na Medida vai oferecer trabalho com carteira assinada e qualificação profissional a jovens que cumprem medida socioeducativa
Ministério do Trabalho lança programa Aprendiz na Medida
Já está disponível o serviço que permite a atualização de dados cadastrais no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) no site da Receita Federal
Dados do CPF podem ser atualizados pela internet

Últimas imagens

Campanha abrange cerca de 9,7 mil notebooks, fabricados entre 12 de abril e 14 de novembro de 2014
Campanha abrange cerca de 9,7 mil notebooks, fabricados entre 12 de abril e 14 de novembro de 2014
Divulgação/Governo do Amazonas
A certificação reconhece que a população e a área que ocupam têm relação com os antigos quilombos
A certificação reconhece que a população e a área que ocupam têm relação com os antigos quilombos
Foto: Rômulo Serpa/MDA
Obras de literatura serão doadas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação
Obras de literatura serão doadas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação
Divulgação/STF
Para que o CCIR seja validado, o titular deve efetuar o pagamento da taxa de serviço cadastral no BB
Para que o CCIR seja validado, o titular deve efetuar o pagamento da taxa de serviço cadastral no BB
Paulo Ernani Peres Ferreira/Embrapa
Para denúncias ou pedidos de informação, a SPM disponibiliza a Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180
Para denúncias ou pedidos de informação, a SPM disponibiliza a Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180
Elza Fiuza/Agência Brasil

Governo digital