Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2011 > 10 > Brasil Sorridente

Cidadania e Justiça

Brasil Sorridente

Como forma de universalizar o acesso à saúde bucal da população de extrema pobreza, o programa Brasil Sorridente prevê políticas de expansão do programa até 2014
por Portal Brasil publicado: 30/09/2011 12h34 última modificação: 28/07/2014 15h05

A implementação do programa Brasil Sorridente tem o objetivo de universalizar o acesso à saúde bucal, com o avanço na melhoria da organização do sistema de saúde como um todo. A ação propõe garantir as ações de promoção, prevenção e recuperação da saúde bucal dos brasileiros, entendendo que é fundamental para a saúde geral e qualidade de vida da população.

As principais linhas de ação do Brasil Sorridente são:

• Reorganizar a Atenção Básica em saúde bucal, principalmente por meio do Programa Saúde da Família;

• Ampliar e qualificar a Atenção Especializada, por meio da implantação de Centros de Especialidades Odontológicas e Laboratórios Regionais de Próteses Dentárias

• Viabilizar a adição de flúor nas estações de tratamento de águas de abastecimento público

Para 2011, como parte do Plano Brasil Sem Miséria, o Ministério da Saúde prevê a implementação de:

• 43 Centros de Especialidades Odontológicas (até 2014 devem ser 174 novos);

• 336 equipes de Saúde Bucal (até 2014, 1.343 novas equipes);

• 100 Unidades Odontológicas Móveis (até 2014 serão 146 unidades)

• 338.400 próteses ofertadas (até 2014, serão 1.354.000 próteses novas, constituindo 100% da necessidade da População em Extrema Pobreza mapeada)

Fontes:

Ministério da Saúde
Brasil Sorridente
Portaria nº 2.371

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Reforma agrária concede titulação de terras a agricultores
Iniciativa tem o objetivo de beneficiar agricultores de terras nos estados da Amazônia, pelo Programa Terra Legal
Estados assinam pacto para criar comissões de combate ao trabalho escravo
Um pacto foi assinado nesta terça-feira (13), em Brasília, entre o governo federal, 15 estados e o Distrito Federal na tentativa de fortalecer o combate ao trabalho escravo no País
Visita à Rede Sarah mostra avanços na estimulação de crianças
O Ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, e a embaixadora do Programa Criança Feliz, primeira-dama Marcela Temer, visitaram na quarta-feira (16) unidade Rede Sarah, em Brasília
Iniciativa tem o objetivo de beneficiar agricultores de terras nos estados da Amazônia, pelo Programa Terra Legal
Reforma agrária concede titulação de terras a agricultores
Um pacto foi assinado nesta terça-feira (13), em Brasília, entre o governo federal, 15 estados e o Distrito Federal na tentativa de fortalecer o combate ao trabalho escravo no País
Estados assinam pacto para criar comissões de combate ao trabalho escravo
O Ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, e a embaixadora do Programa Criança Feliz, primeira-dama Marcela Temer, visitaram na quarta-feira (16) unidade Rede Sarah, em Brasília
Visita à Rede Sarah mostra avanços na estimulação de crianças

Últimas imagens

Campanha abrange cerca de 9,7 mil notebooks, fabricados entre 12 de abril e 14 de novembro de 2014
Campanha abrange cerca de 9,7 mil notebooks, fabricados entre 12 de abril e 14 de novembro de 2014
Divulgação/Governo do Amazonas
A certificação reconhece que a população e a área que ocupam têm relação com os antigos quilombos
A certificação reconhece que a população e a área que ocupam têm relação com os antigos quilombos
Foto: Rômulo Serpa/MDA
Obras de literatura serão doadas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação
Obras de literatura serão doadas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação
Divulgação/STF
Para que o CCIR seja validado, o titular deve efetuar o pagamento da taxa de serviço cadastral no BB
Para que o CCIR seja validado, o titular deve efetuar o pagamento da taxa de serviço cadastral no BB
Paulo Ernani Peres Ferreira/Embrapa
Para denúncias ou pedidos de informação, a SPM disponibiliza a Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180
Para denúncias ou pedidos de informação, a SPM disponibiliza a Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180
Elza Fiuza/Agência Brasil

Governo digital