Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2011 > 10 > Olhar Brasil

Cidadania e Justiça

Olhar Brasil

O projeto Olhar Brasil tem o objetivo de identificar alunos da rede pública com problemas visuais e solucioná-los. As cidades incluídas no Plano Brasil Sem Miséria serão atendidas por meio do Programa Saúde nas Escolas ou por mutirões.
por Portal Brasil publicado: 30/09/2011 13h59 última modificação: 28/07/2014 15h05
O Projeto Olhar Brasil atua na identificação e correção de problemas de visão dos alunos de escolas vinculadas ao PSE e ao PBA

O Projeto Olhar Brasil atua na identificação e correção de problemas de visão dos alunos de escolas vinculadas ao PSE e ao PBA

O projeto Olhar Brasil tem o objetivo de identificar problemas visuais em 100% dos alunos matriculados na rede pública de ensino fundamental (1º ao 9º ano) e os que integram o Programa Brasil Alfabetizado, do Ministério da Educação, que engloba a população de 15 a 59 anos de idade.

A partir da identificação das pessoas com problemas visuais, o passo seguinte é prestar assistência oftalmológica com, dentre outras ações, o fornecimento de óculos. Assim, os alunos passam a ter as condições de saúde ocular necessárias ao aprendizado.

O Olhar Brasil é implementado por meio de ampliação do acesso à consulta oftalmológica no SUS (Sistema Único de Saúde), fornecimento de óculos quando necessário, aumento da cobertura e da oferta de oftalmologistas e triagem em todos os alunos residentes em municípios do Programa Brasil Sem Miséria com cobertura do Programa Saúde na Escola (PSE).

Os alunos residentes em cidades incluídas no Brasil Sem Miséria que não têm a cobertura do Programa Saúde nas Escolas serão atendidos por mutirão. A assistência oftalmológica ao idoso não alfabetizado será contemplada na rotina assistencial e na Política de Cirurgias Eletivas.

Fonte:

Ministério da Saúde

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Integrantes do Conselhão criam comitê de proteção para a primeira infância
Integrantes do Conselhão recomendam a ampliação dos cuidados para a primeira infância, a partir dessa sugestão foi criado um comitê de articulação de medidas para atender as crianças
Lançado projeto de caravanas pelos direitos da criança e do adolescente
Projeto de caravanas pelos direitos da criança e do adolescente terá início em setembro. Cinco equipes visitarão todas as regiões do País, com o intuito de conhecer a situação de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade
Motoristas poderão ter a versão eletrônica da CNH
Documento equivale à CNH impressa e ficará disponível por meio de aplicativo para celulares
Integrantes do Conselhão recomendam a ampliação dos cuidados para a primeira infância, a partir dessa sugestão foi criado um comitê de articulação de medidas para atender as crianças
Integrantes do Conselhão criam comitê de proteção para a primeira infância
Projeto de caravanas pelos direitos da criança e do adolescente terá início em setembro. Cinco equipes visitarão todas as regiões do País, com o intuito de conhecer a situação de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade
Lançado projeto de caravanas pelos direitos da criança e do adolescente
Documento equivale à CNH impressa e ficará disponível por meio de aplicativo para celulares
Motoristas poderão ter a versão eletrônica da CNH

Últimas imagens

O governo federal estima que 50 mil jovens sejam beneficiados com a ação
O governo federal estima que 50 mil jovens sejam beneficiados com a ação
Foto: Ana Nascimento/MDS
Além da declaração de nascido vivo, pais devem apresentar os documentos pessoais, como RG e CPF
Além da declaração de nascido vivo, pais devem apresentar os documentos pessoais, como RG e CPF
Divulgação/Prefeitura de Barreiras (BA)
Participação do pai no parto tranquiliza a mulher e ajuda aliviar a dor
Participação do pai no parto tranquiliza a mulher e ajuda aliviar a dor
Divulgação/Ministério da Saúde
Servidor deve solicitar o benefício em até dois dias úteis após o nascimento
Servidor deve solicitar o benefício em até dois dias úteis após o nascimento
Gabriel Jabur/Agência Brasília
Participação dos municípios está sujeita à aprovação do Conselho de Assistência Social
Participação dos municípios está sujeita à aprovação do Conselho de Assistência Social
Foto: Sergio Amaral/MDS

Governo digital