Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2012 > 03 > Brasil quer garantir pensão a filhos de pais residentes no exterior

Cidadania e Justiça

Brasil quer garantir pensão a filhos de pais residentes no exterior

por Portal Brasil publicado: 23/03/2012 20h25 última modificação: 28/07/2014 16h22

Um grupo de trabalho composto por representantes dos Ministérios da Justiça e das Relações Exteriores vai auxiliar a preparação do Brasil para a adesão à Convenção da Haia de Alimentos e seu Protocolo sobre Lei Aplicável. Com a adesão, será mais fácil para as crianças brasileiras receberem pensão alimentícia de pais que estejam no exterior. O mesmo vale para os estrangeiros com pais residentes no Brasil. A portaria interministerial foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (23).

Atualmente, dos cerca de 800 casos de cooperação em matéria civil que tramitam mensalmente no Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional (DRCI/SNJ) do Ministério da Justiça, 45% dizem respeito à pensão alimentícia.

“Como Autoridade Central brasileira para a cooperação jurídica internacional, o DRCI tem dedicado especial atenção à ratificação da Convenção. É de suma importância ampliar o leque de instrumentos jurídicos à disposição dos que necessitam de um direito tão básico quanto a pensão alimentícia”, esclarece a diretora-adjunta do DRCI, Camila Colares.

A Conferência da Haia de Direito Internacional Privado é o organismo internacional que produz Convenções sobre questões de direito civil, de modo a unificar e simplificar procedimentos jurídicos nos países signatários. Em 2007, foi criada uma sobre Cobrança Internacional de Alimentos, com o objetivo de padronizar o procedimento, em nível mundial, de um sistema de cooperação administrativa e para o reconhecimento e a execução de decisões relacionadas à pensão alimentícia.

A convenção também prevê apoio judiciário gratuito para casos de alimentos em benefício dos filhos e um procedimento simplificado para reconhecimento e execução de pensões alimentícias, além de facilitar a cooperação entre países em casos de pensões alimentícias que não sejam destinados a crianças, e sim a outros membros da família.

 

Fonte:
Ministério da Justiça

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

40 anos da Operação Condor mobiliza Mercosul na defesa dos direitos humanos
Confira como acessar o programa de Integridade da CGU para empresas privadas
Os objetivos de desenvolvimento sustentável propostos pela ONU
40 anos da Operação Condor mobiliza Mercosul na defesa dos direitos humanos
40 anos da Operação Condor mobiliza Mercosul na defesa dos direitos humanos
Confira como acessar o programa de Integridade da CGU para empresas privadas
Confira como acessar o programa de Integridade da CGU para empresas privadas
Os objetivos de desenvolvimento sustentável propostos pela ONU
Os objetivos de desenvolvimento sustentável propostos pela ONU

Últimas imagens

Campanha quer chamar a atenção para a variedade de sabores dos produtos da agricultura familiar e para as vantagens dos produtos orgânicos
Campanha quer chamar a atenção para a variedade de sabores dos produtos da agricultura familiar e para as vantagens dos produtos orgânicos
Divulgação/Agência Brasil
Imóveis rurais foram destinados ao assentamento de famílias no sul do Pará
Imóveis rurais foram destinados ao assentamento de famílias no sul do Pará
Divulgação/EBC
Reunião da Mesa Diretiva da Conferência Regional sobre a Mulher da América Latina e Caribe
Reunião da Mesa Diretiva da Conferência Regional sobre a Mulher da América Latina e Caribe
Divulgação/SPM
Casas foram construídas no assentamento Dom Pedro II, localizado no município de Boa Saúde, região do Agreste Potiguar
Casas foram construídas no assentamento Dom Pedro II, localizado no município de Boa Saúde, região do Agreste Potiguar
Divulgação/Incra
Em entrevista à Agência Brasil, secretário diz que é preciso construir política de educação em direitos humanos
Em entrevista à Agência Brasil, secretário diz que é preciso construir política de educação em direitos humanos
Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Governo digital