Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2012 > 05 > 69% das escolas públicas de tempo integral têm maior parte de alunos do Bolsa Família

Cidadania e Justiça

69% das escolas públicas de tempo integral têm maior parte de alunos do Bolsa Família

por Portal Brasil publicado: 31/05/2012 20h18 última modificação: 28/07/2014 16h20

A parceria entre Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e Ministério da Educação (MEC) aumentou o índice de alunos pertencentes a famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família contemplados pelo programa Mais Educação. Em 2012, 69% das escolas do Mais Educação têm maioria de alunos do Bolsa Família, contra 30%, em média, nos anos anteriores.

O dado foi divulgado nesta quinta-feira (31) pelo diretor de Condicionalidades do MDS, Daniel Ximenes, durante o IV Seminário Nacional de Educação Integral: Contribuições do Programa Mais Educação, em Brasília. O Mais Educação foi criado em 2007 para diminuição das desigualdades educacionais e valorização da diversidade cultural brasileira. A escola pública que adere ao programa passa atender os alunos com uma jornada diária de sete horas.

O principal critério para adesão das escolas ao Programa Mais Educação, em 2012, foi o de escola com maioria de estudantes beneficiários do programa de transferência de renda do governo federal. “Essa agenda em discussão é muito importante para o MDS, tanto para o Plano Brasil Sem Miséria, quanto para a agenda do Bolsa Família e condicionalidades”, disse Ximenes.

Segundo o coordenador-geral de Educação Integral do MEC, Leandro Fialho, cerca de 32,4 mil escolas publicas são participantes do programa. Das novas escolas que entraram no programa em 2012, cerca de 12 mil são compostas por maioria de alunos do Bolsa Família.

“Nos anos anteriores nós tínhamos um critério de vulnerabilidade, o Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Nós vimos que apesar de termos um indicador de vulnerabilidade educacional, isso não se traduzia numa vulnerabilidade socioeconômica da família”, assinalou Leandro Fialho.

 

Fonte:
Brasil Sem Miséria

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo lança novas regras para exames toxicológicos em condutores
Para combater o uso de drogas e aumentar a segurança nas estradas, o Denatran lançou novas regras para os exames que detectam essas substâncias nos condutores
Consumidores recebem comunicado de recall pela internet
Brasil teve, em dez anos, um aumento de 221% no serviço de recall. A partir de agora, os consumidores vão ter pela internet uma nova maneira de se manterem informados sobre os produtos adquiridos
Parceria entregou mais de 100 mil cisternas para moradores do semiárido
O semiárido representa quase 20% do território brasileiro. As cisternas captam e armazenam água da chuva
Para combater o uso de drogas e aumentar a segurança nas estradas, o Denatran lançou novas regras para os exames que detectam essas substâncias nos condutores
Governo lança novas regras para exames toxicológicos em condutores
Brasil teve, em dez anos, um aumento de 221% no serviço de recall. A partir de agora, os consumidores vão ter pela internet uma nova maneira de se manterem informados sobre os produtos adquiridos
Consumidores recebem comunicado de recall pela internet
O semiárido representa quase 20% do território brasileiro. As cisternas captam e armazenam água da chuva
Parceria entregou mais de 100 mil cisternas para moradores do semiárido

Últimas imagens

Medida também vale para outros débitos relacionados ao veículo. Antes, apenas donos de veículos registrados no exterior contavam com esse recurso
Medida também vale para outros débitos relacionados ao veículo. Antes, apenas donos de veículos registrados no exterior contavam com esse recurso
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Verduras, legumes, frutas, carne de frango resfriada, bolachas, pães e doces serão comprados dos produtores e doados à rede socioassistencial no estado
Verduras, legumes, frutas, carne de frango resfriada, bolachas, pães e doces serão comprados dos produtores e doados à rede socioassistencial no estado
Foto: Eduardo Aigner/MDA
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Foto: Tony Winston/Agência Brasília
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Foto: Dênio Simões/Agência Brasília
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Governo digital