Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2012 > 09 > Abertas inscrições para 2.725 vagas em cursos técnicos no estado do Pará

Cidadania e Justiça

Abertas inscrições para 2.725 vagas em cursos técnicos no estado do Pará

por Portal Brasil publicado: 25/09/2012 12h05 última modificação: 28/07/2014 16h19
Divulgação/Governo do Estado de Santa Catarina 2.725 vagas em cursos técnicos do Pronatec estão abertas para o estado do Pará

2.725 vagas em cursos técnicos do Pronatec estão abertas para o estado do Pará

 

Poderão se matricular alunos de ensino médio, trabalhadores, inscritos no Cadastro Único e beneficiários do Seguro Desemprego

 

Estão abertas as inscrições para os cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) do Programa de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) no estado do Pará. A meta é preencher 830 vagas ofertadas para a capital, Belém, e as 1.895 destinadas para o interior do estado, somando um total de 2.725 vagas.

Os municípios do interior contemplados com a Bolsa-Formação são: Cametá, Paragominas, Tailândia, Monte Alegre, Abaetetuba, Marituba e Santa Izabel. O período de pré-matrícula só será encerrado quando todas as turmas forem fechadas, com preenchimento total do número de vagas. Pela modalidade Bolsa-Formação, são oferecidos cursos técnicos e de qualificação a alunos dos 2º e 3º anos do ensino médio da rede pública brasileira e a trabalhadores.

Para realizar a pré-matrícula, os alunos matriculados na rede paraense de ensino médio regular e na Educação de Jovens e Adultos (EJA) devem procurar a sua escola, que realizará a inscrição através do Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (Sistec). Cada aluno pode se inscrever em dois cursos profissionalizantes e, no momento da confirmação da matrícula, deve escolher um deles.

Também podem participar dos cursos aqueles que estão inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) ou em processo de inclusão, que sejam atendidos pelo Programa Bolsa Família e pelo Benefício de Prestação Continuada (BPC). Nesses casos, as inscrições são feitas através do Centro de Referência da Assistência Social (Cras). A efetivação da inscrição é feita por acesso ao Sistec, através da Secretaria de Assistência Social, pelo Pronatec Brasil Sem Miséria.

O programa também é oferecido àqueles trabalhadores que estão dando entrada, pela terceira vez, no Seguro Desemprego, nos últimos dez anos. Enquanto tiverem recebendo o benefício, devem estar obrigatoriamente matriculados em algum curso de qualificação profissional. As inscrições podem ser feitas no Sistema Nacional de Emprego (Sine).

Pronatec
 O Programa de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego foi criado em 2011 pelo governo federal e tem como objetivo ampliar, expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica de nível médio e, de cursos de formação inicial e continuada ou qualificação profissional, presencial e a distância por todo o Brasil.

A meta é oferecer 7,9 milhões de vagas até o fim de 2014, com construção de 208 novas unidades da rede em duas fases: na primeira - já em execução - serão construídas 88 unidades, que devem ser inauguradas ainda em 2012; na segunda fase, serão construídas 120 unidades, previstas para serem entregues em 2013 e 2014. Para este ano, a meta é chegar a 1,6 milhão de vagas.

Para a oferta de cursos no Pará, a Secretaria de Estado de Educação Seduc), além de ofertar vagas através da rede de Escolas de Educação Profissional da Rede Estadual (EETEPAs), promove parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Escola de Teatro e Dança da Universidade Federal do Pará (ETDUFPA), Escola de Música da Universidade Federal do Pará (EDUFPA) e Instituto Federal de Educação do Pará (Ifpa).

Mais informações podem ser obtidas pelo email: pronatec@seduc.pa.gov.br ou através da Coordenação de Ensino Profissionalizante (Coep) da Seduc, no número (91) 3201-5115.

Oferta de cursos
Este ano, a oferta de cursos técnicos e de qualificação profissional pelo Pronatec já chegou a 816 mil vagas em todo o País. Para ter acesso às vagas, é preciso fazer pré-inscrição, em até três cursos técnicos ou de formação inicial e continuada, no novo portal do Pronatec.

No site, é possível saber quais os cursos oferecidos em cada município no Catálogo Nacional de Cursos Técnicos e no Guia Pronatec de Cursos FIC, além de orientações sobre a inscrição no programa. Após o cadastramento, o sistema indica cursos disponíveis e que correspondam ao perfil do candidato, na região onde ele mora.

 

 

Leia mais:

Vagas para ensino técnico chegam a 816 mil em todo o País este ano

Cursos profissionalizantes para agricultores familiares começam em outubro

Cerca de 25 mil desempregados fazem curso profissionalizante no País

Parceria garante oferta de cursos técnicos e de formação profissional

 

Fonte:
Brasil sem Miséria
Portal Brasil
Programa de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego

 

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Mais creches, mais escolas
Durante evento de abertura da Marcha da Margaridas, Maria das Neves, coordenadora da Juventude da União Brasileira de Mulheres (UBM), defende manutenção dos 18 anos como marco etário penal brasileiro.
As Margaridas são contra a PEC 171
"Nós compreendemos que, de fato, o Brasil tem uma dívida com esses jovens (...)", defende Alessandra Lunas, secretária de Mulheres Trabalhadoras Rurais da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag).
A Marcha das Margaridas 2015
Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) estima que 70 mil pessoas tenham ocupado gramado do Congresso Nacional em 2015.
Durante evento de abertura da Marcha da Margaridas, Maria das Neves, coordenadora da Juventude da União Brasileira de Mulheres (UBM), defende manutenção dos 18 anos como marco etário penal brasileiro.
Mais creches, mais escolas
"Nós compreendemos que, de fato, o Brasil tem uma dívida com esses jovens (...)", defende Alessandra Lunas, secretária de Mulheres Trabalhadoras Rurais da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag).
As Margaridas são contra a PEC 171
Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) estima que 70 mil pessoas tenham ocupado gramado do Congresso Nacional em 2015.
A Marcha das Margaridas 2015

Últimas imagens

Antiga reivindicação do setor pesqueiro, os CPGs é o local de debate entre o sociedade civil, setor pesqueiro e governo
Antiga reivindicação do setor pesqueiro, os CPGs é o local de debate entre o sociedade civil, setor pesqueiro e governo
Divulgação/ Ministério da Pesca e Aquicultura
Agricultores de municípios do RS começam a receber sementes
Agricultores de municípios do RS começam a receber sementes
Divulgação/ Ministério do Desenvolvimento Agrário
Informação como direito do cidadão tem se tornado cada dia uma realidade mais consistente
Informação como direito do cidadão tem se tornado cada dia uma realidade mais consistente
Divulgação/Blog da Previdência
Ao todo, são quatro categorias (Desenho, Redação I, Redação II e Redação III) que oferecerão prêmios aos três melhores trabalhos de cada série
Ao todo, são quatro categorias (Desenho, Redação I, Redação II e Redação III) que oferecerão prêmios aos três melhores trabalhos de cada série
Divulgação/Governo da BA
Ministra afirmou que cisternas são oportunidade para a população pobre que vive na zona rural
Ministra afirmou que cisternas são oportunidade para a população pobre que vive na zona rural
Divulgação/ MDS

Governo digital