Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2012 > 11 > Inaugurado primeiro Centro de Formação de Instrutores e Treinadores de Cães-Guia do País

Cidadania e Justiça

Inaugurado primeiro Centro de Formação de Instrutores e Treinadores de Cães-Guia do País

por Portal Brasil publicado: 20/11/2012 16h11 última modificação: 28/07/2014 16h19
Sesi-SP Centro de Formação de Instrutores e Treinadores de Cães-Guia faz parte do Plano Viver sem Limite

Centro de Formação de Instrutores e Treinadores de Cães-Guia faz parte do Plano Viver sem Limite

A ação integra os investimentos do Plano Nacional dos Direitos das Pessoas com Deficiência, Viver sem Limite


Foi inaugurado nessa segunda-feira (19), em Camboriú (SC), o primeiro Centro de Tecnológico de Formação de Instrutores e Treinadores de Cães-Guia do País. O local, que foi instalado no campus do Instituto Federal Catarinense e contará com quatro salas administrativas, alojamento com dez dormitórios, canil com capacidade para 45 cães, maternidade e uma clínica veterinária. 

Durante a solenidade de inauguração do centro, o Diretor de Políticas Temáticas da Pessoa com Deficiência, Roberto John Gonçalves, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), ressaltou a importância do centro e parabenizou a vanguarda do estado de Santa Catarina. “Os CTs são importantes pela inovação da tecnologia. O País está dando um passo adiante na promoção dos direitos das pessoas com deficiência”, afirmou. O Secretário de Gestão da SDH/PR, Gleisson Rubin, também participou do evento.

Os centros fazem parte do Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência - Plano Viver Sem Limite, para promover, por meio da integração e articulação de políticas, programas e ações, o exercício pleno e equitativo dos direitos das pessoas com deficiência, tendo como eixos a educação, inclusão, saúde e acessibilidade.


Centros

No Brasil existem 45 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência. Destas, cerca de 528.624 pessoas possuem deficiência visual, segundo o Censo do IBGE 2010. Somente na região Nordeste são 129.465 pessoas que não enxergam e outras 2.062.990 que têm grande dificuldade de enxergar.

Apesar das conquistas recentes no País, as pessoas com deficiência visual enfrentam grandes desafios, como a dificuldade para se deslocar com segurança e autonomia pelas ruas, locais públicos e demais ambientes da cidade. O cão-guia é um importante recurso.

 

Plano Viver sem Limite

Lançado pela presidente Dilma Rousseff em 17 de novembro de 2011, o Plano Viver sem Limite pretende investir até 2014 cerca de R$ 7,6 bilhões em educação, saúde, inclusão social e acessibilidade.

O Viver sem Limite prevê a implantação, até 2014, de outros seis Centros de Treinamentos de Cães-Guia: Sergipe (São Cristóvão); Amazonas (Manaus); Ceará (Limoeiro do Norte); Espírito Santo (Alegre); Goiano (Urutaí); e Sul de Minas (Muzambinho).

Com os novos centros, o Brasil passa a ser o único País da América Latina detentor deste tipo de formação.  Este tipo de qualificação, se for feito fora do país, custa em  torno de US$ 25 a 30 mil. Nos centros, os profissionais recebem certificados como treinadores e instrutores para a formação de duplas  - pessoa com deficiência visual e o cão-guia.

 

Fonte:
Secretaria de Direitos Humanos
Portal Brasil
Sesi

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Mais creches, mais escolas
Durante evento de abertura da Marcha da Margaridas, Maria das Neves, coordenadora da Juventude da União Brasileira de Mulheres (UBM), defende manutenção dos 18 anos como marco etário penal brasileiro.
As Margaridas são contra a PEC 171
"Nós compreendemos que, de fato, o Brasil tem uma dívida com esses jovens (...)", defende Alessandra Lunas, secretária de Mulheres Trabalhadoras Rurais da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag).
A Marcha das Margaridas 2015
Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) estima que 70 mil pessoas tenham ocupado gramado do Congresso Nacional em 2015.
Durante evento de abertura da Marcha da Margaridas, Maria das Neves, coordenadora da Juventude da União Brasileira de Mulheres (UBM), defende manutenção dos 18 anos como marco etário penal brasileiro.
Mais creches, mais escolas
"Nós compreendemos que, de fato, o Brasil tem uma dívida com esses jovens (...)", defende Alessandra Lunas, secretária de Mulheres Trabalhadoras Rurais da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag).
As Margaridas são contra a PEC 171
Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) estima que 70 mil pessoas tenham ocupado gramado do Congresso Nacional em 2015.
A Marcha das Margaridas 2015

Últimas imagens

Antiga reivindicação do setor pesqueiro, os CPGs é o local de debate entre o sociedade civil, setor pesqueiro e governo
Antiga reivindicação do setor pesqueiro, os CPGs é o local de debate entre o sociedade civil, setor pesqueiro e governo
Divulgação/ Ministério da Pesca e Aquicultura
Agricultores de municípios do RS começam a receber sementes
Agricultores de municípios do RS começam a receber sementes
Divulgação/ Ministério do Desenvolvimento Agrário
Informação como direito do cidadão tem se tornado cada dia uma realidade mais consistente
Informação como direito do cidadão tem se tornado cada dia uma realidade mais consistente
Divulgação/Blog da Previdência
Ao todo, são quatro categorias (Desenho, Redação I, Redação II e Redação III) que oferecerão prêmios aos três melhores trabalhos de cada série
Ao todo, são quatro categorias (Desenho, Redação I, Redação II e Redação III) que oferecerão prêmios aos três melhores trabalhos de cada série
Divulgação/Governo da BA
Ministra afirmou que cisternas são oportunidade para a população pobre que vive na zona rural
Ministra afirmou que cisternas são oportunidade para a população pobre que vive na zona rural
Divulgação/ MDS

Governo digital