Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2013 > 02 > Programa Água para Todos levará água potável para mais de dez mil famílias do Amazonas

Cidadania e Justiça

Programa Água para Todos levará água potável para mais de dez mil famílias do Amazonas

por Portal Brasil publicado: 04/02/2013 15h43 última modificação: 30/07/2014 00h51

Neste ano, Ano Internacional para a Cooperação pela Água, definido pela Organização das Nações Unidas (ONU), o governo do Amazonas inicia o trabalho que viabilizará água potável para mais de dez mil famílias do interior do estado. A ação faz parte do Programa Água para Todos no Amazonas, com valor de R$ 44 milhões aprovado pelo Ministério da Integração Nacional em parceria com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SDS).

O programa segue a diretriz do Plano Brasil Sem Miséria e tem por objetivo promover o acesso à água a famílias rurais do Amazonas que vivem em áreas sujeitas ao isolamento durante o período da seca, além de realizar a busca ativa de famílias que vivem com renda per capita mensal de até R$ 140, visando sua inclusão em serviços públicos.

Desde a segunda quinzena de janeiro, as equipes técnicas formadas por 146 profissionais contratados nos municípios começaram a implantação dos Comitês Municipais, Comissões Comunitárias e cadastro dos beneficiados nos 16 municípios que serão contemplados pelo programa.

Composto por moradores da região, os comitês são responsáveis por indicar as áreas onde estão localizadas as comunidades a serem atendidas. Já as comissões, terão por função indicar a família da comunidade a ser beneficiada.

Ao todo, serão alcançadas 50,5 mil pessoas de 404 comunidades. "O projeto é mais uma solução sustentável para as populações do interior, levando água potável como via de inclusão social", ressalta a titular da SDS, Nádia Ferreira.

 

Área de abrangência

O projeto será executado nas calhas dos rios Purus, Solimões, Negro e Amazonas, abrangendo os municípios de Beruri, Boca do Acre, Tapauá, Canutama, Lábrea, Pauini, Anamã, Anori, Caapiranga, Manacapuru, Manaquiri, Barcelos, Santa Isabel do Rio Negro, São Gabriel da Cachoeira, Careiro e Itacoatiara, com a instalação de 10,1 mil sistemas de captação domiciliar e 404 sistemas de captação coletiva, além da substituição de mais de duas mil coberturas de palha por alumínio. A previsão para execução corresponde ao período de 2013 e 2014.

 

Água potável

A qualidade da água é um dos focos de atenção do programa, segundo o coordenador Luiz Andrade. "Ressaltamos a necessidade das comunidades em ter água de qualidade. Em nosso estado temos a maior bacia de água doce do planeta, entretanto, nem sempre significa ter água potável. As pessoas que moram nas margens dos rios e lagos sabem que em determinadas épocas do ano a água fica imprópria para o consumo humano. Esse programa visa, acima de tudo, levar água potável para as famílias do interior porque tem como foco a área rural", disse.

 

 

 

Fonte:
Brasil sem Miséria

 

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Mais creches, mais escolas
Durante evento de abertura da Marcha da Margaridas, Maria das Neves, coordenadora da Juventude da União Brasileira de Mulheres (UBM), defende manutenção dos 18 anos como marco etário penal brasileiro.
As Margaridas são contra a PEC 171
"Nós compreendemos que, de fato, o Brasil tem uma dívida com esses jovens (...)", defende Alessandra Lunas, secretária de Mulheres Trabalhadoras Rurais da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag).
A Marcha das Margaridas 2015
Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) estima que 70 mil pessoas tenham ocupado gramado do Congresso Nacional em 2015.
Durante evento de abertura da Marcha da Margaridas, Maria das Neves, coordenadora da Juventude da União Brasileira de Mulheres (UBM), defende manutenção dos 18 anos como marco etário penal brasileiro.
Mais creches, mais escolas
"Nós compreendemos que, de fato, o Brasil tem uma dívida com esses jovens (...)", defende Alessandra Lunas, secretária de Mulheres Trabalhadoras Rurais da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag).
As Margaridas são contra a PEC 171
Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) estima que 70 mil pessoas tenham ocupado gramado do Congresso Nacional em 2015.
A Marcha das Margaridas 2015

Últimas imagens

O estado de São Paulo é o mais populoso, com 44,4 milhões de habitantes
O estado de São Paulo é o mais populoso, com 44,4 milhões de habitantes
Marcelo Camargo/Agência Brasil
São 7,3 mil famílias de beneficiadas com o Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais
São 7,3 mil famílias de beneficiadas com o Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais
Divulgação/Governo do RS
Resultado mostra que o tema está inserido no dia a dia da gestão pública para apoiar a superação da pobreza em todo o País
Resultado mostra que o tema está inserido no dia a dia da gestão pública para apoiar a superação da pobreza em todo o País
Divulgação/Governo de GO
Ação contou com a participação direta das famílias, que construíram em suas comunidades os mobiliários das Arcas
Ação contou com a participação direta das famílias, que construíram em suas comunidades os mobiliários das Arcas
Divulgação/MDA

Governo digital