Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2013 > 07 > Extrato de crédito bancário do INSS passa a valer por 90 dias

Cidadania e Justiça

Extrato de crédito bancário do INSS passa a valer por 90 dias

Documento serve como comprovante de rendimentos dos beneficiários da Previdência e evita deslocamento até agência para obtenção da certidão comprobatória
por Portal Brasil publicado: 25/07/2013 15h24 última modificação: 30/07/2014 00h51
Victor Soares/ Previdência Social Fachada do edifício-sede do INSS, inaugurado em Brasília

Fachada do edifício-sede do INSS, inaugurado em Brasília

O Demonstrativo de Crédito de Benefício expedido pelas instituições financeiras pagadoras de benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) passa a ter validade de 90 dias, a contar da data de sua emissão. A alteração, instituída pela Resolução nº 320 do INSS, determina que o demonstrativo possa ser utilizado como documento comprobatório de rendimentos, inclusive para comprovar sua condição de beneficiário do INSS.

Emitido pelos bancos por meio dos terminais de autoatendimento, o extrato também tem validade para a retirada de bilhetes grátis ou com desconto em viagens interestaduais. Os idosos com mais de 60 anos e com renda mensal de até dois salários mínimos têm direito a passagem gratuita ou com abatimento de 50% no transporte interestadual.

Para dar direito a estes benefícios o demonstrativo deve conter, obrigatoriamente, os dados cadastrais do beneficiário, informações sobre o benefício, a competência do pagamento, rubricas e valores referentes aos créditos e débitos. As instituições bancárias disponibilizarão gratuitamente o extrato do mês corrente ou dos últimos três meses.

O acesso ao documento é realizado com a utilização do cartão de pagamento ou da conta corrente, conforme os critérios de segurança de cada banco. Ele também poderá ser disponibilizado na Internet, a critério de cada banco, para o beneficiário que receber via crédito em conta.

Quando apresentado juntamente com um documento de identificação contendo foto do segurado, o demonstrativo tem valor para comprovar a renda do beneficiário do INSS junto a órgãos públicos e empresas. Dessa forma, não é mais necessário o deslocamento do beneficiário até uma agência para obter a certidão comprobatória de renda.

Caso o valor do salário mínimo nacional seja alterado em data posterior à emissão do demonstrativo, os órgãos públicos e demais instituições poderão solicitar novo documento ao beneficiário.

Outras Declarações 


Além do Demonstrativo de Crédito de Benefícios, as instituições financeiras pagadoras de benefícios do INSS devem disponibilizar anualmente aos beneficiários: o Extrato Anual de Pagamento de Benefício e o Comprovante de Rendimentos Pagos e de Retenção de Imposto de Renda na Fonte.

Apenas o Demonstrativo de Crédito de Benefício e o Extrato Anual de Pagamento de Benefício servem como comprovante de renda do beneficiário quando apresentados junto a um documento de identificação com foto.

Fonte: 
Ministério da Previdência Social

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

O aplicativo da juventude brasileira
Em depoimentos exclusivos, representantes de movimentos sociais explicam como será acesso a aplicativo.
Secretaria Nacional de Juventude lança aplicativo inovador
Para secretário nacional de Juventude, Gabriel Medina, iniciativa incrementa diálogo com jovens do País.
MTE pretende usar drones na fiscalização
Vídeo mostra treinamento dos auditores fiscais do trabalho para o uso do aparelho
Em depoimentos exclusivos, representantes de movimentos sociais explicam como será acesso a aplicativo.
O aplicativo da juventude brasileira
Para secretário nacional de Juventude, Gabriel Medina, iniciativa incrementa diálogo com jovens do País.
Secretaria Nacional de Juventude lança aplicativo inovador
Vídeo mostra treinamento dos auditores fiscais do trabalho para o uso do aparelho
MTE pretende usar drones na fiscalização

Últimas imagens

Sem abandonar os estudos, o jovem Gabriel Vignol da Silva conseguiu o primeiro emprego após ingressar no Jovem Aprendiz
Sem abandonar os estudos, o jovem Gabriel Vignol da Silva conseguiu o primeiro emprego após ingressar no Jovem Aprendiz
Foto: Ana Nascimento/MDS
Ministério da Justiça (MJ) promove o movimento de alerta e prevenção de novas vítimas
Ministério da Justiça (MJ) promove o movimento de alerta e prevenção de novas vítimas
Divulgação/Portal Brasil
Ministro destaca importância do acesso público aos documentos
Ministro destaca importância do acesso público aos documentos
Tânia Rego/ Agência Brasil
Programa permite acesso a livros, incentiva a leitura e a expressão cultural
Programa permite acesso a livros, incentiva a leitura e a expressão cultural
Divulgação/Blog do Planalto
Carlo Petrini fala sobre princípios do Slow Food
Carlo Petrini fala sobre princípios do Slow Food
Divulgação/Ministério do Desenvolvimento Agrário

Governo digital