Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2013 > 10 > Incra cria grupo para acompanhar quilombolas

Cidadania e Justiça

Incra cria grupo para acompanhar quilombolas

Reforma agrária

Primeiro encontro da Mesa Permanente debateu definição de territórios quilombolas no estado e abordou questões apresentadas por comunidade de Sergipe
por Portal Brasil publicado: 04/10/2013 16h51 última modificação: 30/07/2014 01h03
Divulgação/Incra-SE Lançamento da Mesa ocorreu no Auditório da Superintendência Regional do Incra, em Aracaju

Lançamento da Mesa ocorreu no Auditório da Superintendência Regional do Incra, em Aracaju

Foi realizado na manhã desta quinta-feira (3), no Auditório Manoel Silva Monteiro, na Superintendência Regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em Aracaju (SE), o encontro que marcou o lançamento oficial da "Mesa Permanente de Regularização de Territórios Quilombolas em Sergipe".

O grupo, criado a partir de uma iniciativa da autarquia federal, foi lançado com o objetivo de identificar problemas, encaminhar soluções e contribuir com a divulgação dos processos de titulação nas áreas quilombolas em Sergipe. "A Mesa Permanente é um espaço importante para a abertura de um debate mais aprofundado sobre o desenvolvimento das políticas públicas destinadas às famílias quilombolas. A partir da criação desse grupo será possível dividir experiências, integrar e articular ações que irão impulsionar o desenvolvimento dessas comunidades", explicou o superintendente regional do Incra/SE, Leonardo Góes.

O primeiro encontro da Mesa Permanente debateu temas relacionados à definição de territórios quilombolas em Sergipe e abordou algumas das questões apresentadas por representantes da comunidade Lagoa dos Campinhos, em audiência pública realizada na última segunda-feira (30), em Amparo do São Francisco. "Além de trabalharmos sobre questões que envolvem todas as comunidades, nossa proposta é, também, iniciar um debate sobre o que foi levantado durante a Audiência Pública, para estabelecermos, com a maior brevidade possível, uma estratégia para fomentar o desenvolvimento em Lagoa dos Campinhos", afirmou Góes.

Além de representantes do Incra, a "Mesa Permanente de Regularização de Territórios Quilombolas em Sergipe" será composta também por membros do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), do Ministério Público Federal (MPF), do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), da Secretaria do Patrimônio da União (SPU), da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro), da Assembléia Legislativa de Sergipe (Alese), de comunidades quilombolas e organizações civis.

Em Sergipe, existem, ao todo, 4.217 famílias auto-reconhecidas como remanescentes de quilombos, vivendo em 25 comunidades reconhecidas pela Fundação Cultural Palmares.

Fonte:

Incra

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Estatuto da Criança e do Adolescente completa 27 anos
Texto assegura direitos básicos, como educação, segurança e alimentação básica
Atendimento à população ribeirinha da Amazônia é desafio para poder público
Muitos moram em locais distantes das cidades e o transporte só pode ser feito por barco e, às vezes, a viagem pode levar dias. Para atender essa população, navios da Marinha brasileira percorrem a região desde 1984.
Programa garante segurança alimentar e nutricional em Brasília
Alimenta Brasília, que faz parte do Programa de Aquisição de Alimentos do governo federal, recebeu mais R$ 2 milhões
Texto assegura direitos básicos, como educação, segurança e alimentação básica
Estatuto da Criança e do Adolescente completa 27 anos
Muitos moram em locais distantes das cidades e o transporte só pode ser feito por barco e, às vezes, a viagem pode levar dias. Para atender essa população, navios da Marinha brasileira percorrem a região desde 1984.
Atendimento à população ribeirinha da Amazônia é desafio para poder público
Alimenta Brasília, que faz parte do Programa de Aquisição de Alimentos do governo federal, recebeu mais R$ 2 milhões
Programa garante segurança alimentar e nutricional em Brasília

Últimas imagens

Emissão de passaportes estava suspensa pela Polícia Federal desde 27 de junho
Emissão de passaportes estava suspensa pela Polícia Federal desde 27 de junho
Foto: Isaac Amorim/Ministério da Justiça
Proprietário de veículo com tais especificações deve ligar para 0800-7013432 ou acessar o site da Honda
Proprietário de veículo com tais especificações deve ligar para 0800-7013432 ou acessar o site da Honda
Marcelo Camargo/Agência Brasil
Decisão do Contran foi anunciada em 29 de junho deste ano
Decisão do Contran foi anunciada em 29 de junho deste ano
Divulgação/Governo do Espírito Santo
Programa Criança Feliz prioriza crianças de até 3 anos de idade beneficiárias do Bolsa Família
Programa Criança Feliz prioriza crianças de até 3 anos de idade beneficiárias do Bolsa Família
Foto: Sergio Amaral/MDS
Raquel Dodge trabalha no Ministério Público Federal desde 1987
Raquel Dodge trabalha no Ministério Público Federal desde 1987
Geraldo Magela/Agência Senado

Governo digital