Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2013 > 11 > Campanha sensibiliza para o combate à violência contra jovens negros

Cidadania e Justiça

Campanha sensibiliza para o combate à violência contra jovens negros

Juventude Viva

A iniciativa integra o programa Juventude Viva, que atua em parceria com governos estaduais e municipais para combater homicídios entre jovens
por Portal Brasil publicado: 18/11/2013 14h32 última modificação: 30/07/2014 01h13

Os homicídios são hoje a principal causa de morte de jovens de 15 a 29 anos no Brasil e atingem especialmente jovens negros do sexo masculino, moradores das periferias e áreas metropolitanas dos centros urbanos. Para reverter esse quadro, o governo federal implementa ações e campanhas com foco na sensibilização da sociedade quanto à gravidade dos casos.

Para se ter uma ideia, dados do Ministério da Saúde mostram que mais da metade (53,3%) dos 49.932 mortos por homicídios em 2010 no Brasil eram jovens, dos quais 76,6% negros (pretos e pardos) e 91,3% do sexo masculino. A nova campanha do Programa consiste em um vídeo de 30 segundos, que será veiculado em televisões e na internet.

Em resposta a esse desafio, o governo federal lançou o Plano Juventude Viva, sob a coordenação da Secretaria-Geral da Presidência da República, por meio da Secretaria Nacional de Juventude, e da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial. O Plano Juventude Viva é fruto de uma intensa articulação interministerial para enfrentar a violência contra a juventude brasileira, especialmente os jovens negros, principais vítimas de homicídio no Brasil.

Além das ações voltadas para o fortalecimento da trajetória dos jovens e transformação dos territórios, o Plano busca promover os valores da igualdade e da não discriminação, o enfrentamento ao racismo e ao preconceito geracional, que contribuem com os altos índices de mortalidade da juventude negra brasileira.

Fonte:

Portal Juventude Viva

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Visita à Rede Sarah mostra avanços na estimulação de crianças
O Ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, e a embaixadora do Programa Criança Feliz, primeira-dama Marcela Temer, visitaram na quarta-feira (16) unidade Rede Sarah, em Brasília
Ministério da Justiça tem curso de educação financeira
Curso online e gratuito, busca orientar participantes sobre questões como orçamento doméstico e cálculo de despesas e receitas
Representantes do Cone Sul se reúnem para debater ações de criminalidade
Países do Cone Sul irão se reunir no Palácio do Itamaraty nesta semana
O Ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, e a embaixadora do Programa Criança Feliz, primeira-dama Marcela Temer, visitaram na quarta-feira (16) unidade Rede Sarah, em Brasília
Visita à Rede Sarah mostra avanços na estimulação de crianças
Curso online e gratuito, busca orientar participantes sobre questões como orçamento doméstico e cálculo de despesas e receitas
Ministério da Justiça tem curso de educação financeira
Países do Cone Sul irão se reunir no Palácio do Itamaraty nesta semana
Representantes do Cone Sul se reúnem para debater ações de criminalidade

Últimas imagens

O Incra/CE possui agora 415 PAs, com 20.616 famílias beneficiárias
O Incra/CE possui agora 415 PAs, com 20.616 famílias beneficiárias
Arquivo/Incra/CE
Fiscalização começou após trabalhadores de obra no hospital procurarem a polícia
Fiscalização começou após trabalhadores de obra no hospital procurarem a polícia
Foto: Du Amorim/Governo de São Paulo
Mais informações podem ser obtidas junto à empresa, por meio do 0800 778 1234  ou pelo e-mail
Mais informações podem ser obtidas junto à empresa, por meio do 0800 778 1234 ou pelo e-mail
Divulgação/KTM
O Mulheres da Amazônia ocorre em Belém (PA). Devem participar cerca de 200 mulheres
O Mulheres da Amazônia ocorre em Belém (PA). Devem participar cerca de 200 mulheres
Divulgação/Governo de Rondônia
A secretária nacional de Assistência Social, Carminha Brant, é uma das representantes do País na cúpula
A secretária nacional de Assistência Social, Carminha Brant, é uma das representantes do País na cúpula
Divulgação/MDSA

Governo digital