Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2013 > 11 > Gestão e financiamento são temas de Conferência de Assistência Social

Cidadania e Justiça

Gestão e financiamento são temas de Conferência de Assistência Social

Socioassistencial

Encontro, entre os dias 16 e 19 de dezembro, vai direcionar políticas públicas para melhorar o atendimento da população
por Portal Brasil publicado: 28/11/2013 11h46 última modificação: 30/07/2014 01h14

A IX Conferência Nacional de Assistência Social vai reunir, aproximadamente, duas mil pessoas para debater a gestão e o financiamento para efetivação do Sistema Único de Assistência Social (Suas), no período de 16 a 19 de dezembro, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília. Com base nas deliberações do encontro, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) vai direcionar suas políticas públicas para melhorar o atendimento socioassistencial da população.

A Conferência é realizada pelo Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) com apoio do ministério. Para a presidenta do CNAS, Luziele Tapajós, é o momento em que o Brasil inteiro se encontra com o objetivo de avaliar o Suas e propor diretrizes em todo o território nacional. “Uma deliberação de conferencia é fundamental, é base de planejamento do sistema em níveis municipais, estaduais e federal”, afirma.

Uma das novidades anunciadas pelo CNAS para este ano é o monitoramento das deliberações de todas as conferências que ocorreram no Brasil. “97% dos municípios fizeram seus encontros e as deliberações passarão a ser monitoradas a partir de agora para planejar, incrementar e sugerir as reuniões da Comissão Intergestores Tripartite (CIT) e do Conselho”, informa a presidenta. A Conferência Nacional de 2013 vai debater o cofinanciamento obrigatório da assistência social, a intersetorialidade regional e as gestões do Suas, serviços, programas e benefícios.

Controle social

O Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) é o órgão superior responsável pelo planejamento, acompanhamento, avaliação e fiscalização da oferta dos programas, serviços e benefícios socioassistenciais.  Metade de seus membros é composta por representantes do poder público e a outra metade por representantes da sociedade civil. Os Estados e municípios instituem seus próprios conselhos de assistência social.

Participam da Conferência Nacional os delegados eleitos nas conferências de assistência social realizadas pelos conselhos municipais e estaduais durante o ano. Eles são representantes dos gestores, beneficiários do sistema, trabalhadores da assistência social e entidades socioassistenciais.

Saiba mais no blog do Conselho Nacional de Assistência Social.

Fonte:
Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

O aplicativo da juventude brasileira
Em depoimentos exclusivos, representantes de movimentos sociais explicam como será acesso a aplicativo.
Secretaria Nacional de Juventude lança aplicativo inovador
Para secretário nacional de Juventude, Gabriel Medina, iniciativa incrementa diálogo com jovens do País.
MTE pretende usar drones na fiscalização
Vídeo mostra treinamento dos auditores fiscais do trabalho para o uso do aparelho
Em depoimentos exclusivos, representantes de movimentos sociais explicam como será acesso a aplicativo.
O aplicativo da juventude brasileira
Para secretário nacional de Juventude, Gabriel Medina, iniciativa incrementa diálogo com jovens do País.
Secretaria Nacional de Juventude lança aplicativo inovador
Vídeo mostra treinamento dos auditores fiscais do trabalho para o uso do aparelho
MTE pretende usar drones na fiscalização

Últimas imagens

Selos fazem parte de uma emissão especial da Série América: Luta Contra o Tráfico de Pessoas
Selos fazem parte de uma emissão especial da Série América: Luta Contra o Tráfico de Pessoas
Divulgação/Correios
Mais de 3 mil famílias foram beneficiadas com propostas estaduais referentes ao Acre, Distrito Federal, Pernambuco e Rondônia
Mais de 3 mil famílias foram beneficiadas com propostas estaduais referentes ao Acre, Distrito Federal, Pernambuco e Rondônia
Divulgação/Governo do Acre
Grupo também vai acompanhar a implementação das ações e promover a elaboração e difusão de informações voltadas ao enfrentamento do preconceito
Grupo também vai acompanhar a implementação das ações e promover a elaboração e difusão de informações voltadas ao enfrentamento do preconceito
Divulgação/Governo de PE
Sem abandonar os estudos, o jovem Gabriel Vignol da Silva conseguiu o primeiro emprego após ingressar no Jovem Aprendiz
Sem abandonar os estudos, o jovem Gabriel Vignol da Silva conseguiu o primeiro emprego após ingressar no Jovem Aprendiz
Foto: Ana Nascimento/MDS
Ministério da Justiça (MJ) promove o movimento de alerta e prevenção de novas vítimas
Ministério da Justiça (MJ) promove o movimento de alerta e prevenção de novas vítimas
Divulgação/Portal Brasil

Governo digital