Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2013 > 11 > Marco civil da internet é tema de debate aberto na Câmara

Cidadania e Justiça

Marco civil da internet é tema de debate aberto na Câmara

Internet

Além dos deputados, representantes da sociedade também podem se manifestar sobre o tema
por Portal Brasil publicado: 05/11/2013 19h42 última modificação: 30/07/2014 01h12

Nesta quarta-feira (06), às 9h, o Plenário Ulysses Guimarães da Câmara dos Deputados abre espaço para a sociedade civil se manifestar sobre o marco civil da Internet. A sessão plenária da Casa será transformada em comissão geral sobre o assunto.

A comissão geral da Câmara serve para debater assunto relevante, projeto de iniciativa popular ou para ouvir ministro de Estado. Nesses casos, além dos deputados, representantes da sociedade também podem se manifestar sobre o tema.

O projeto de lei tramita em regime de urgência constitucional e tranca a pauta das sessões ordinárias. O secretário de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça, Marivaldo Pereira, explica que a aprovação do projeto é de extrema urgência, para evitar problemas em temas como a proteção de dados pessoais, os crimes cibernéticos e o comércio eletrônico. “O marco civil é uma verdadeira Constituição da Internet no Brasil, que serve como base para a regulamentação de temas específicos”, afirmou o secretário.

A partir da demanda do marco civil, o Ministério da Justiça deu início a um amplo debate público que durou dois anos e recebeu mais de duas mil contribuições e mais de 100 mil acessos.

Serviço
Comissão geral marco civil da internet
Data: 06/11
Horário: 9h
Local: Plenário da Câmara dos Deputados

Fonte:
Ministério da Justiça

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo reativa plano Juventude Viva
Objetivo é reduzir a vulnerabilidade de jovens expostos a situações de violência, com foco prioritário na juventude negra
ID Jovem garante benefícios para pessoas de baixa renda
O documento garante meia-entrada em eventos, gratuidade no Enem e descontos em passagens de ônibus, trem e balsas
Brasilienses de baixa renda recebem carteirinha do ID Jovem
A Identidade Jovem oferece benefícios para pessoas de 15 a 19 anos com renda de até dois salários mínimos
Objetivo é reduzir a vulnerabilidade de jovens expostos a situações de violência, com foco prioritário na juventude negra
Governo reativa plano Juventude Viva
O documento garante meia-entrada em eventos, gratuidade no Enem e descontos em passagens de ônibus, trem e balsas
ID Jovem garante benefícios para pessoas de baixa renda
A Identidade Jovem oferece benefícios para pessoas de 15 a 19 anos com renda de até dois salários mínimos
Brasilienses de baixa renda recebem carteirinha do ID Jovem

Últimas imagens

O governo federal estima que 50 mil jovens sejam beneficiados com a ação
O governo federal estima que 50 mil jovens sejam beneficiados com a ação
Foto: Ana Nascimento/MDS
Além da declaração de nascido vivo, pais devem apresentar os documentos pessoais, como RG e CPF
Além da declaração de nascido vivo, pais devem apresentar os documentos pessoais, como RG e CPF
Divulgação/Prefeitura de Barreiras (BA)
Participação do pai no parto tranquiliza a mulher e ajuda aliviar a dor
Participação do pai no parto tranquiliza a mulher e ajuda aliviar a dor
Divulgação/Ministério da Saúde
Servidor deve solicitar o benefício em até dois dias úteis após o nascimento
Servidor deve solicitar o benefício em até dois dias úteis após o nascimento
Gabriel Jabur/Agência Brasília
Participação dos municípios está sujeita à aprovação do Conselho de Assistência Social
Participação dos municípios está sujeita à aprovação do Conselho de Assistência Social
Foto: Sergio Amaral/MDS

Governo digital