Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2014 > 01 > Cidadão tem até 7 de maio para solicitar ou regularizar título de eleitor

Cidadania e Justiça

Cidadão tem até 7 de maio para solicitar ou regularizar título de eleitor

Eleições 2014

Quem não estiver em dia com a Justiça Eleitoral pode sofrer impedimentos como não assumir cargos públicos ou ter acesso a crédito de instituições públicas
por Portal Brasil publicado: 15/01/2014 16h04 última modificação: 30/07/2014 01h19
Divulgação/TSE Voto no Brasil é obrigatório para quem tem de 18 a 70 anos

Voto no Brasil é obrigatório para quem tem de 18 a 70 anos

No próximo dia 5 de outubro, os brasileiros vão às urnas para escolher presidente da República, governadores, senadores e deputados (federais e estaduais ou distritais). Quem ainda não tirou o título de eleitor, tem até o dia 7 de maio para procurar um cartório e realizar a inscrição eleitoral. Os que já possuem, mas mudaram de residência também devem procurar o cartório até essa data para pedir a transferência de domicílio.

7 de maio é também o prazo dado pelo TSE para que eleitores com o título em situação cancelado ou suspenso regularizem sua situação.  O site do TSE indica o que é preciso apresentar e o que fazer se houver débitos a serem quitados com a Justiça Eleitoral.

Já o eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida que solicitar a sua transferência para uma seção especial tem até o dia 7 de julho para comunicar ao juiz eleitoral, por escrito, falando das suas restrições e necessidades, para que então sejam providenciados os meios e recursos para facilitar a sua votação.

Pessoas que não estiverem em dia com a Justiça Eleitoral ficam com alguns impedimentos, correndo o risco de não poder tomar posse em órgão público e obter empréstimos em estabelecimento de crédito mantido pelo governo, entre outros.

O voto no Brasil é obrigatório para quem tem de 18 a 70 anos. A Constituição Federal faculta a inscrição e a votação a quem tem 16 e 17 anos, aos que têm mais de 70 anos e aos analfabetos.

Inscrição

Os cidadãos podem iniciar o processo de inscrição eleitoral no Portal do TSE, por meio do Título Net, que é um pré-atendimento. Mas para efetivar a inscrição e receber o documento impresso, é necessário comparecer ao cartório eleitoral que atenda a área de residência no prazo de até cinco dias corridos após a data de preenchimento do formulário pela internet ou na data do agendamento, caso o interessado faça esta opção. Caso o eleitor não tenha acesso à internet, pode dirigir-se diretamente ao cartório.

Documentos

No cartório, é necessário apresentar: o número do protocolo gerado pelo Título Net;  um documento oficial de identificação pessoal contendo, no mínimo, nome, filiação, data de nascimento e nacionalidade (não serão aceitos a Carteira Nacional de Habilitação nem o novo modelo de passaporte por não conterem, respectivamente, nacionalidade / naturalidade e filiação); um comprovante de residência; e o comprovante de quitação militar (obrigatório a partir de 30 de junho do ano em que completar 18 anos).

Transferência de domicílio

Para transferir o local de votação, o eleitor que mudou de endereço deve seguir os mesmos passos da inscrição eleitoral e estar quite com a Justiça Eleitoral, ou seja, tem que apresentar os comprovantes de votação das eleições anteriores.

Fonte:

Tribunal Superior Eleitoral

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Prorrogada emissão de vistos a haitianos
Governo federal prorrogou entrega de vistos humanitários pela quarta vez
Site de defesa do consumidor do Ministério da Justiça completa dois anos
O diretor de Proteção e Defesa do consumidor, André Santos, fala sobre o portal Consumidor.Gov.Br
Confira orientações para agentes públicos durante o período eleitoral
Proibições éticas e legais para agentes públicos.
Governo federal prorrogou entrega de vistos humanitários  pela quarta vez
Prorrogada emissão de vistos a haitianos
O diretor de Proteção e Defesa do consumidor, André Santos, fala sobre o portal Consumidor.Gov.Br
Site de defesa do consumidor do Ministério da Justiça completa dois anos
Proibições éticas e legais para agentes públicos.
Confira orientações para agentes públicos durante o período eleitoral

Últimas imagens

Segundo o ministro Osmar Terra, uma das possibilidades é de que o CPF dos beneficiários esteja sendo usado sem o conhecimento deles
Segundo o ministro Osmar Terra, uma das possibilidades é de que o CPF dos beneficiários esteja sendo usado sem o conhecimento deles
Mauro Vieira/MDSA
O Consumidor.gov.br conta com mais de 420 mil reclamações registradas
O Consumidor.gov.br conta com mais de 420 mil reclamações registradas
Divulgação/MJC
A data foi instituída por iniciativa de movimentos sociais, em 1982, e oficializada por lei em 2005
A data foi instituída por iniciativa de movimentos sociais, em 1982, e oficializada por lei em 2005
Julio Cavalheiro/Governo de Santa Catarina
A iluminação de monumentos como o Congresso Nacional é uma das ações da campanha
A iluminação de monumentos como o Congresso Nacional é uma das ações da campanha
Divulgação/Setembro Amarelo
As eleições de outubro serão as primeiras sob o novo modelo de financiamento eleitoral
As eleições de outubro serão as primeiras sob o novo modelo de financiamento eleitoral
Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Governo digital