Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2014 > 03 > Instituições de ensino superior já podem se cadastrar no Suas

Cidadania e Justiça

Instituições de ensino superior já podem se cadastrar no Suas

Programa

Instituições credenciadas irão compor a Rede Nacional de Capacitação e Educação Permanente do Sistema Único de Assistência Social
por Portal Brasil publicado: 13/03/2014 17h09 última modificação: 30/07/2014 01h23

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) abriu chamada pública para que instituições de ensino superior, públicas e privadas, possam se credenciar na Rede Nacional de Capacitação e Educação Permanente do Sistema Único de Assistência Social (Suas). As Escolas de Governo e os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia também podem se candidatar.

O objetivo da Rede Nacional é credenciar instituições que poderão participar de editais e contratações dos governos estaduais e do Distrito Federal para a capacitação de profissionais que atuam no Sistema Único de Assistência Social (Suas), por meio do Programa Nacional de Capacitação do Suas (CapacitaSuas).

As instituições integrantes da Rede Nacional, que forem contratadas pelos gestores, realizarão capacitação para a melhoria da qualidade dos serviços socioassistenciais, bem como estudos, pesquisas, metodologias e abordagens destinadas à melhoria da qualidade da gestão e da oferta dos serviços e benefícios, por meio dos quais o Suas garante proteção social a famílias e pessoas em situação de pobreza, risco ou vulnerabilidade social.

Para este ano, estima-se que o CapacitaSuas promoverá a qualificação de 40 mil trabalhadores do Suas.

As instituições interessadas em se inscrever na Rede Nacional deverão fazer o download do Edital e do Termo de Adesão no site do MDS.

As propostas deverão ser enviadas de acordo com as orientações disponíveis na aba “Adesão à Rede”, localizada à esquerda do menu. Posteriormente, serão apreciadas pelo Comitê Técnico de avaliação. O resultado será divulgado no mesmo endereço eletrônico. As propostas devem ser enviadas ao Ministério até o dia 24 de abril.

Dúvidas sobre a inscrição pelo e-mail: renepsuas@mds.gov.br

Fonte:
Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo reativa plano Juventude Viva
Objetivo é reduzir a vulnerabilidade de jovens expostos a situações de violência, com foco prioritário na juventude negra
ID Jovem garante benefícios para pessoas de baixa renda
O documento garante meia-entrada em eventos, gratuidade no Enem e descontos em passagens de ônibus, trem e balsas
Brasilienses de baixa renda recebem carteirinha do ID Jovem
A Identidade Jovem oferece benefícios para pessoas de 15 a 19 anos com renda de até dois salários mínimos
Objetivo é reduzir a vulnerabilidade de jovens expostos a situações de violência, com foco prioritário na juventude negra
Governo reativa plano Juventude Viva
O documento garante meia-entrada em eventos, gratuidade no Enem e descontos em passagens de ônibus, trem e balsas
ID Jovem garante benefícios para pessoas de baixa renda
A Identidade Jovem oferece benefícios para pessoas de 15 a 19 anos com renda de até dois salários mínimos
Brasilienses de baixa renda recebem carteirinha do ID Jovem

Últimas imagens

O governo federal estima que 50 mil jovens sejam beneficiados com a ação
O governo federal estima que 50 mil jovens sejam beneficiados com a ação
Foto: Ana Nascimento/MDS
Além da declaração de nascido vivo, pais devem apresentar os documentos pessoais, como RG e CPF
Além da declaração de nascido vivo, pais devem apresentar os documentos pessoais, como RG e CPF
Divulgação/Prefeitura de Barreiras (BA)
Estado de São Paulo recebeu seis veículos, um imóvel e 22 veículos para diferentes prefeituras
Estado de São Paulo recebeu seis veículos, um imóvel e 22 veículos para diferentes prefeituras
Arquivo/Prefeitura de Silva Jardim (RJ)
Participação do pai no parto tranquiliza a mulher e ajuda aliviar a dor
Participação do pai no parto tranquiliza a mulher e ajuda aliviar a dor
Divulgação/Ministério da Saúde
Servidor deve solicitar o benefício em até dois dias úteis após o nascimento
Servidor deve solicitar o benefício em até dois dias úteis após o nascimento
Gabriel Jabur/Agência Brasília

Governo digital