Cidadania e Justiça

Igualdade

Conselho convoca 10ª edição de conferência sobre direito infantojuvenil

Evento acontecerá entre 14 a 18 de dezembro de 2015. As conferências municipais sobre o tema começarão a partir novembro de 2014
publicado: 14/07/2014 09h47, última modificação: 22/12/2017 10h46

O Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda) convocou e estipulou a data de realização da X Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente. Segundo publicação do Diário Oficial da União desta segunda-feira (14), a décima edição do evento acontecerá entre os dias  14 e 18 de dezembro de 2015 com o tema "Política e Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes - fortalecendo os Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente”

Até lá, a Secretaria de Direitos Humanos recomenda aos estados e ao Distrito Federal (DF) o seguinte cronograma para conferências sobre o tema:

  • Conferências livres: maio de 2014 a outubro de 2014;
  • Conferências municipais: novembro de 2014 a maio de 2015;
  • Conferências estaduais e do Distrito Federal: junho de 2015 a agosto de 2015;
  • Conferências regionais: 15 de setembro de 2015 a outubro de 2015.

A conferência terá representantes de diversos órgãos e movimentos, entre eles da Rede Nacional de Defesa do Adolescente em Conflito com a Lei, do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, do Conselho Nacional de Combate a Discriminação e Promoção dos Direitos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais e entidade e/ou movimento de crianças e adolescentes indígenas, moradoras de rua e quilombolas.

A Comissão Organizadora Nacional da X Conferência poderá convidar profissionais do setor público e privado que desenvolvam atividades relacionadas ao tema do evento para participar da ação. O Conanda será o responsável em definir plano de ação e metodologia de trabalho, e elaborar diretrizes e orientações para a realização da Educomunicação em todas as etapas da X Conferência.

O Conselho deverá elaborar também a proposta metodológica e a programação do evento.

A Secretaria de Direitos Humanos recomenda ainda aos estados e Distrito Federal que garantam a participação de crianças e adolescentes nas respectivas comissões organizadoras.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Imprensa Nacional

error while rendering plone.belowcontentbody.relateditems