Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2014 > 09 > Agentes de saúde ajudarão a matricular pessoas com deficiência em cursos em SC

Cidadania e Justiça

Agentes de saúde ajudarão a matricular pessoas com deficiência em cursos em SC

Cidadania

Iniciativa tem como objetivo sensibilizar familiares de pessoas com deficiência quanto às oportunidades de qualificação profissional
por Portal Brasil publicado: 24/09/2014 17h36 última modificação: 24/09/2014 17h36

Agentes comunitários do Programa Saúde da Família farão a pré-matrícula de pessoas com deficiência interessadas em ingressar em um dos cursos gratuitos do programa nacional de qualificação profissional em nove cidades catarinenses. A iniciativa inédita tem como principal objetivo sensibilizar os familiares de pessoas com deficiência quanto às oportunidades de qualificação profissional para esse público, utilizando a relação de confiança que os agentes estabelecem com a comunidade que atendem. Com isso, espera-se aumentar o número de matrículas na região.

A ação é uma parceria entre a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) e a Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho e Habitação de Santa Catarina.

 “É uma estratégia para superar uma das principais barreiras que encontramos”, explica Marcondes Marchetti, gestor estadual do Plano Nacional de Atenção à Pessoa com Deficiência em Santa Catarina. "Uma vez que os familiares confiam na figura do agente de saúde, percebemos que ele pode ser um meio de informação e sensibilização para essa população."

Com a articulação, o agente comunitário de saúde fará a identificação, diagnóstico, orientação e encaminhamento de pessoas com deficiência aptas a ingressar em cursos do programa. Posteriormente, um técnico do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) da cidade irá à residência para efetivar a matrícula no curso desejado e avisar sobre o início das aulas.

A iniciativa está em implantação na capital catarinense, Florianópolis, e nos municípios de Palhoça, Brusque, São José, Criciúma, Joinville, Blumenau, Lajes e Chapecó.

“Devemos realizar um trabalho forte de conscientização das famílias, porque a inserção das pessoas com deficiência no mercado de trabalho é, inclusive, uma questão de saúde, ressalta Antônio Nunes, diretor de Emprego e Renda da Secretaria de Assistência Social do município de Palhoça. "A inserção social é algo positivo para o desenvolvimento humano.”

Cursos profissionalizantes em Santa Catarina

Mais informações: Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho e Habitação

(48) 3664-0800

Fonte:

Secretaria de Direitos Humanos

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Estatuto da Criança e do Adolescente completa 27 anos
Texto assegura direitos básicos, como educação, segurança e alimentação básica
Atendimento à população ribeirinha da Amazônia é desafio para poder público
Muitos moram em locais distantes das cidades e o transporte só pode ser feito por barco e, às vezes, a viagem pode levar dias. Para atender essa população, navios da Marinha brasileira percorrem a região desde 1984.
Programa garante segurança alimentar e nutricional em Brasília
Alimenta Brasília, que faz parte do Programa de Aquisição de Alimentos do governo federal, recebeu mais R$ 2 milhões
Texto assegura direitos básicos, como educação, segurança e alimentação básica
Estatuto da Criança e do Adolescente completa 27 anos
Muitos moram em locais distantes das cidades e o transporte só pode ser feito por barco e, às vezes, a viagem pode levar dias. Para atender essa população, navios da Marinha brasileira percorrem a região desde 1984.
Atendimento à população ribeirinha da Amazônia é desafio para poder público
Alimenta Brasília, que faz parte do Programa de Aquisição de Alimentos do governo federal, recebeu mais R$ 2 milhões
Programa garante segurança alimentar e nutricional em Brasília

Últimas imagens

Proprietário de veículo com tais especificações deve ligar para 0800-7013432 ou acessar o site da Honda
Proprietário de veículo com tais especificações deve ligar para 0800-7013432 ou acessar o site da Honda
Marcelo Camargo/Agência Brasil
Decisão do Contran foi anunciada em 29 de junho deste ano
Decisão do Contran foi anunciada em 29 de junho deste ano
Divulgação/Governo do Espírito Santo
Programa Criança Feliz prioriza crianças de até 3 anos de idade beneficiárias do Bolsa Família
Programa Criança Feliz prioriza crianças de até 3 anos de idade beneficiárias do Bolsa Família
Foto: Sergio Amaral/MDS
Raquel Dodge trabalha no Ministério Público Federal desde 1987
Raquel Dodge trabalha no Ministério Público Federal desde 1987
Geraldo Magela/Agência Senado
Sistemas de justiça, segurança, assistência social e saúde devem se articular no atendimento às vítimas
Sistemas de justiça, segurança, assistência social e saúde devem se articular no atendimento às vítimas
Foto: Sergio Amaral/MDS

Governo digital