Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2014 > 09 > Rio Grande do Sul elabora Manual para Uso Não-Sexista da Linguagem

Cidadania e Justiça

Rio Grande do Sul elabora Manual para Uso Não-Sexista da Linguagem

Igualdade de Gênero

Iniciativa tem como objetivo revisar a linguagem internalizada na administração pública do estado para um tratamento mais igualitário
por Portal Brasil publicado: 04/09/2014 11h31 última modificação: 04/09/2014 11h31

A ministra Eleonora Menicucci, da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), recebeu, no último dia 27 de agosto, o Manual para o Uso Não-Sexista da Linguagem, elaborado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres do Rio Grande do Sul.

A publicação, desenvolvida no âmbito do programa Pró-Equidade de Gênero e Raça da SPM tem como ideia revisar a linguagem internalizada na administração pública do Rio Grande do Sul. Com a medida, eles esperam proporcionar um tratamento equitativo entre mulheres e homens, a partir da utilização da linguagem sem generalizações, evitando a aplicação sexista do discurso.  

Segundo o manual, a língua é das formas mais sutis de se transmitir a discriminação sexista, já que ela é o reflexo dos valores e do modo de pensar da sociedade. “Nada do que dizemos em cada momento de nossa vida é neutro: todas as palavras têm uma leitura de gênero. Assim, a língua não só reflete, mas também transmite e reforça os estereótipos e papéis considerados adequados para mulheres e homens em uma sociedade”, destaca a apresentação da publicação.

O Manual para o Uso Não-Sexista da Linguagem pode ser consultado ou baixado no site da Secretaria de Políticas para as Mulheres do Rio Grande do Sul.

Fonte:

Secretaria de Políticas para as Mulheres

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

ID Jovem oferece novas oportunidades a jovens de baixa renda
Caravana divulga em todos os estados o direito a meia entrada e a passagens interestaduais gratuitas a jovens com idade entre 15 e 29 anos
Campanha aborda direitos das mulheres no campo
'Mulheres Rurais, Mulheres com Direitos' pretende valorizar trabalho feminino por meio de ações como mutirões de documentação
Caravana irá divulgar benefícios do Identidade Jovem pelo País
A caravana da Identidade Jovem foi lançada nesta quarta-feira (22), em Brasília. A iniciativa vai viajar pelo Brasil divulgando os benefícios da carteirinha do ID Jovem
Caravana divulga em todos os estados o direito a meia entrada e a passagens interestaduais gratuitas a jovens com idade entre 15 e 29 anos
ID Jovem oferece novas oportunidades a jovens de baixa renda
'Mulheres Rurais, Mulheres com Direitos' pretende valorizar trabalho feminino por meio de ações como mutirões de documentação
Campanha aborda direitos das mulheres no campo
A caravana da Identidade Jovem foi lançada nesta quarta-feira (22), em Brasília. A iniciativa vai viajar pelo Brasil divulgando os benefícios da carteirinha do ID Jovem
Caravana irá divulgar benefícios do Identidade Jovem pelo País

Últimas imagens

Veículos importados da campanha foram produzidos entre 1º de junho de 2008 e 30 de junho de 2013
Veículos importados da campanha foram produzidos entre 1º de junho de 2008 e 30 de junho de 2013
Meneguini/Governo de Mato Grosso
A SNJ vai fazer cerimônia de lançamento do ID Jovem em todos os estados brasileiros
A SNJ vai fazer cerimônia de lançamento do ID Jovem em todos os estados brasileiros
Foto: Isa Lima/Secom UnB
Campanha busca dar visibilidade às mulheres rurais para o desenvolvimento sustentável
Campanha busca dar visibilidade às mulheres rurais para o desenvolvimento sustentável
Foto: Albino Oliveira/MDSA
Equipamentos serão utilizados na modernização das Unidades de Distribuição da Agricultura Familiar
Equipamentos serão utilizados na modernização das Unidades de Distribuição da Agricultura Familiar
Foto: Eduardo Aigner/MDSA
Desde agosto do ano passado, o MDSA vem aprimorando os mecanismos de controle do programa
Desde agosto do ano passado, o MDSA vem aprimorando os mecanismos de controle do programa
Foto: Ubirajara Machado/MDSA

Governo digital