Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2014 > 12 > Ministério da Justiça lança pesquisa sobre Classificação Indicativa

Cidadania e Justiça

Ministério da Justiça lança pesquisa sobre Classificação Indicativa

Feedback

Dados mostram que 94% dos entrevistados consideram política de classificação indicativa importante ou muito importante
por Portal Brasil publicado: 10/12/2014 17h13 última modificação: 10/12/2014 17h13

Uma pesquisa de opinião realizada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipea) mostrou que 94% dos entrevistados consideram a política de classificação indicativa do governo federal importante ou muito importante, e 71% acham muito importante que as emissoras de TV aberta respeitem a vinculação horária.

Esta e outras pesquisas, realizadas no âmbito de cooperação técnica entre a Secretaria Nacional de Justiça (SNJ) e a Unesco, serão divulgadas na próxima quinta-feira (11), no Encontro da Classificação Indicativa, no Ministério da Justiça.

O objetivo de prestar contas dos avanços da Política Pública da Classificação Indicativa nos últimos quatro anos, bem como levantar desafios e perspectivas para os próximos.

“Hoje o processo está tão aperfeiçoado que boa parte da classificação de conteúdos acontece por auto-classificação. As pesquisas são um modo de aumentarmos nosso monitoramento, termos um feedback sobre a política e sedimentar sua transparência”, diz Paulo Abrão, secretário Nacional de Justiça.

A juíza Jane Reis abre o evento com uma palestra sobre liberdade de expressão em que aborda a questão da vinculação horária na TV aberta.

Pesquisas

Além da pesquisa de opinião do instituto Ipespe, serão apresentados trabalhos como “A percepção de pais e de usuários adolescentes e pré-adolescentes de jogos eletrônicos sobre as categorias da classificação indicativa no Brasil”, feita pelo Instituto Signates; “Classificação Indicativa: elementos históricos-jurídicos da política, tribunais e experiências internacionais”, da FGV-SP, que chama a atenção para a baixa taxa de judicialização da política de Classificação Indicativa.

Também será apresentada “Problematização dos desafios regionais de implementação de Política Nacional de Classificação Indicativa”, do Instituto de Tecnologia e Sociedade (ITS), da FGV-Rio, que revelou que há um baixíssimo índice de descumprimento horário nas retransmissoras em relação à programação nacional.

Durante o evento, serão lançados um curso de educação à distância da Classificação e Cadernos temáticos com artigos sobre a experiência da classificação indicativa, liberdade de expressão e os direitos de crianças e adolescentes, os desafios e perspectivas da classificação indicativa e novas mídias,  entre outros temas.

 Também participam da mesa de abertura secretário Nacional de Justiça, Paulo Abrão, e o subprocurador-Geral da República, Aurélio Veiga Rios.

Programação

Horário

Encontro da Classificação Indicativa

14h15

Abertura e Composição da Mesa (SNJ/SDH/MEC/MPF)

14h30

Palestra Magna – Liberdade de Expressão na Constituição Federal

15h15

Apresentação dos resultados de Pesquisas

“Impactos biopsicossociais dos conteúdos audiovisuais na população infanto-juvenil e a percepção dos alertas da classificação indicativa em crianças, adolescentes e pais” –  Por Signates Consultoria, Pesquisa e Editoração Ltda

16h40

“Problematização dos desafios regionais de implementação de Política Nacional de Classificação Indicativa” – Por Instituto de Tecnologia e Sociedade.

17h

“A classificação indicativa nos tribunais: elementos jurídicos da política” – Por Fundação Getúlio Vargas

17h20

Resultado da Pesquisa de opinião e os hábitos dos responsáveis por crianças e adolescentes nas cinco regiões do Brasil sobre os temas da classificação indicativa, educação para mídia e liberdade de expressão - Por Ipespe – Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas.

17h40

Lançamento da versão virtual dos Cadernos da Classificação Indicativa

17h50

Lançamento do Curso de Educação à Distância de Classificação Indicativa

18h

Debate

18h30

Encerramento

Serviço:

 

Encontro da Classificação Indicativa

Data: 11 de dezembro (quinta-feira)

Hora: 14h15

Local: Auditório Tancredo Neves, Edifício Sede do Ministério da Justiça, Brasília

O evento é aberto ao público

Fonte:

Ministério da Justiça

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo lança novas regras para exames toxicológicos em condutores
Para combater o uso de drogas e aumentar a segurança nas estradas, o Denatran lançou novas regras para os exames que detectam essas substâncias nos condutores
Consumidores recebem comunicado de recall pela internet
Brasil teve, em dez anos, um aumento de 221% no serviço de recall. A partir de agora, os consumidores vão ter pela internet uma nova maneira de se manterem informados sobre os produtos adquiridos
Parceria entregou mais de 100 mil cisternas para moradores do semiárido
O semiárido representa quase 20% do território brasileiro. As cisternas captam e armazenam água da chuva
Para combater o uso de drogas e aumentar a segurança nas estradas, o Denatran lançou novas regras para os exames que detectam essas substâncias nos condutores
Governo lança novas regras para exames toxicológicos em condutores
Brasil teve, em dez anos, um aumento de 221% no serviço de recall. A partir de agora, os consumidores vão ter pela internet uma nova maneira de se manterem informados sobre os produtos adquiridos
Consumidores recebem comunicado de recall pela internet
O semiárido representa quase 20% do território brasileiro. As cisternas captam e armazenam água da chuva
Parceria entregou mais de 100 mil cisternas para moradores do semiárido

Últimas imagens

Medida também vale para outros débitos relacionados ao veículo. Antes, apenas donos de veículos registrados no exterior contavam com esse recurso
Medida também vale para outros débitos relacionados ao veículo. Antes, apenas donos de veículos registrados no exterior contavam com esse recurso
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Verduras, legumes, frutas, carne de frango resfriada, bolachas, pães e doces serão comprados dos produtores e doados à rede socioassistencial no estado
Verduras, legumes, frutas, carne de frango resfriada, bolachas, pães e doces serão comprados dos produtores e doados à rede socioassistencial no estado
Foto: Eduardo Aigner/MDA
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Foto: Tony Winston/Agência Brasília
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Foto: Dênio Simões/Agência Brasília
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Governo digital