Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2015 > 01 > Procuradoria evita que União tenha de pagar indenização

Cidadania e Justiça

Procuradoria evita que União tenha de pagar indenização

Direitos trabalhistas

Autor do processo trabalhou três anos para Comissão de Aeroportos da Região Amazônica com contrato temporário
por Portal Brasil publicado: 29/01/2015 16h44 última modificação: 30/01/2015 11h46

A Advocacia-Geral da União (AGU) evitou, na Justiça, que um prestador de serviço contratado de forma temporária pela Administração Pública recebesse indevidamente R$ 45 mil de indenização trabalhista.

O autor da ação na Justiça Federal alegava que teria sido demitido sem justa causa após trabalhar três anos como pedreiro para a Comissão de Aeroportos da Região Amazônica (Comara) e pedia, além do reconhecimento de vínculo trabalhista com o órgão, pagamentos relacionados a 13º salário, FGTS, férias vencidas, horas extras e multas, entre outros. 

A Procuradoria da União no Amazonas (PU/AM) esclareceu, no entanto, que foi feito com o prestador de serviço um contrato de atendimento de necessidade temporária de excepcional interesse público.

Prevista na Lei nº 8.745/93, a modalidade de contratação tem natureza administrativa, e não trabalhista. Logo, segundo os advogados da União, as reivindicações do autor da ação não eram cabíveis. 

Ainda de acordo com a procuradoria, a prestação de serviços só foi interrompida porque o contrato feito entre a Comara e o trabalhador se encerrou após ter sido prorrogado até o máximo permitido pela lei, que limita a quatro anos as contratações temporárias.

Os advogados da União ainda demonstraram, por meio de comprovantes financeiros, que antes do final do vínculo o trabalhador havia recebido normalmente verbas relacionadas a 13º salário, horas extras e férias.

Apenas itens não previstos no contrato, como assinatura da Carteira de Trabalho, pagamento de FGTS e seguro-desemprego, entre outros, haviam sido negados.

A PU/AM ressaltou, também, que a própria Justiça do Trabalho foi procurada anteriormente pelo prestador de serviço e havia, levando em consideração a natureza administrativa do contrato estabelecido entre ele e o órgão público, se declarado incompetente para analisar o caso.

A 1ª Vara Federal do Amazonas acatou os argumentos da AGU e negou o pedido de indenização trabalhista, observando em trecho da sentença que o "contrato foi prorrogado até o limite do prazo máximo permitido pela lei, não sendo possível nem mesmo nova prorrogação, sendo o único desfecho lícito e esperado a cessação de seus efeitos de pleno direito."

Fonte:
Advocacia-Geral da União

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Programa Identidade Cidadã fornece documentos a privados de liberdade
Criada há dois anos, iniciativa fornece documentação civil básica, como RG, CPF e Certidão de Nascimento
Novas regras simplificam processo de regularização fundiária
Senado aprova medida provisória que traz mudanças nos procedimentos de regularização fundiária urbana e rural. As novas regras simplificam o processo de regularização fundiária, além de modernizar a gestão do patrimônio da União
Programa Criança Feliz
Criada há dois anos, iniciativa fornece documentação civil básica, como RG, CPF e Certidão de Nascimento
Programa Identidade Cidadã fornece documentos a privados de liberdade
Senado aprova medida provisória que traz mudanças nos procedimentos de regularização fundiária urbana e rural. As novas regras simplificam o processo de regularização fundiária, além de modernizar a gestão do patrimônio da União
Novas regras simplificam processo de regularização fundiária
Programa Criança Feliz
Programa Criança Feliz

Últimas imagens

Os pedidos de refúgio caíram 64% em 2016, em comparação com 2015
Os pedidos de refúgio caíram 64% em 2016, em comparação com 2015
Divulgação/EBC
Pagamento do Bolsa Família de julho também será antecipado aos produtores beneficiários do programa
Pagamento do Bolsa Família de julho também será antecipado aos produtores beneficiários do programa
Divulgação/Defesa Civil do Rio Grande do Sul
Toda CNH produzida a partir do mês de maio já conta com a inovação tecnológica do uso do QR Code
Toda CNH produzida a partir do mês de maio já conta com a inovação tecnológica do uso do QR Code
Foto: José Cruz/Agência Brasil
Land Rover pode ser contatada pelo telefone 0800 012 2733 e pelo e-mail cliente@landrover.com.br
Land Rover pode ser contatada pelo telefone 0800 012 2733 e pelo e-mail cliente@landrover.com.br
Meneguini/Governo de Mato Grosso
População pode denunciar pelo Disque 100, o Disque Direitos Humanos
População pode denunciar pelo Disque 100, o Disque Direitos Humanos
Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Governo digital