Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2015 > 05 > Governo discute igualdade racial em Moçambique

Cidadania e Justiça

Governo discute igualdade racial em Moçambique

Relações Internacionais

Ministra de Estado Chefe da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial participará de conferências e encontros com ministros de Estado africanos
por Portal Brasil publicado: 28/05/2015 00h00 última modificação: 28/05/2015 16h32
Marcelo Camargo/Agência Brasil Ministra Nilma Lino participa de agenda para debater promoção da igualdade racial na África

Ministra Nilma Lino participa de agenda para debater promoção da igualdade racial na África

A promoção da igualdade racial é pauta de debate do governo federal na África até o dia 3 de junho. A ministra de Estado Chefe da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), Nilma Lino Gomes, embarca para Moçambique, nesta quinta-feira (28), e participa de agenda em busca da internacionalização de políticas e ações da pasta, fortalecendo as relações com outros países, sobretudo do continente africano.

Sobre a visita a Moçambique, a ministra Nilma Lino Gomes ressaltou a importância de estreitar a relação com os países africanos, principalmente aqueles que têm como língua oficial o português.

"Os vínculos políticos e culturais, sobretudo com o continente africano e a América Latina, deverão fazer parte da atuação da Seppir". A ministra complementou que "são vários os setores do governo, das universidades e da sociedade civil que poderão usufruir dos resultados positivos dessa ação".

Agenda

O primeiro compromisso da ministra será uma palestra na sexta-feira (29), durante a Conferência Internacional Alberto Viegas: Modernizando Tradições, realizada pela Universidade Pedagógica de Moçambique. O evento acontece na Província de Nampula e Nilma foi convidada para falar sobre a atuação da Seppir, com destaque para os avanços e desafios da promoção da igualdade racial no Brasil. No mesmo dia, está prevista reunião da ministra com o governador da Província, Victor Manuel Borge, encerrando sua agenda na cidade.

Maputo, capital do país, é o segundo destino da ministra. Na segunda e terça-feira (1º e 2 de junho), ela reúne-se com vários ministros do governo moçambicano para discutir temas de interesse comum e confirmar acordos de cooperação já firmados.

Na segunda-feira, a ministra da Seppir será recebida pelos ministros da Educação e Desenvolvimento Humano, Luís António Ferrão; da Juventude e Desportos, Alberto Nkutumula; da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos, Abdurremane Lino de Almeida. Também está previsto um encontro com representantes do Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação. Na terça-feira, a ministra Nilma Lino Gomes se reunirá com a ministra de Gênero, Criança e Ação Social, Cidália Manuel Chaúque Oliveira. 

Internacionalização da Caravana pela Igualdade Racial

As agendas ministeriais em Moçambique integram as atividades da Caravana Pátria Educadora pela Promoção da Igualdade Racial e Superação do Racismo e marcam a primeira versão internacional do projeto, que começou a ser implementado pela Seppir no último mês de abril.

A Caravana prevê uma série de debates e encontros com autoridades governamentais, representantes das universidades e da sociedade civil com o objetivo de ampliar o debate e estabelecer parcerias para a promoção da igualdade racial.

Com a internacionalização da Caravana, a Seppir pretende fortalecer o diálogo com outros países, começando pelos africanos, com objetivo de ampliar as possibilidades de cooperação, com foco na promoção da igualdade racial, garantia de direitos e redução das desigualdades. 

Para saber mais sobre a Caravana e outras iniciativas da Seppir, acesse o site da Secretaria no endereço www.seppir.gov.br

Fonte:

Portal Brasil

com informações da Seppir

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo lança novas regras para exames toxicológicos em condutores
Para combater o uso de drogas e aumentar a segurança nas estradas, o Denatran lançou novas regras para os exames que detectam essas substâncias nos condutores
Consumidores recebem comunicado de recall pela internet
Brasil teve, em dez anos, um aumento de 221% no serviço de recall. A partir de agora, os consumidores vão ter pela internet uma nova maneira de se manterem informados sobre os produtos adquiridos
Parceria entregou mais de 100 mil cisternas para moradores do semiárido
O semiárido representa quase 20% do território brasileiro. As cisternas captam e armazenam água da chuva
Para combater o uso de drogas e aumentar a segurança nas estradas, o Denatran lançou novas regras para os exames que detectam essas substâncias nos condutores
Governo lança novas regras para exames toxicológicos em condutores
Brasil teve, em dez anos, um aumento de 221% no serviço de recall. A partir de agora, os consumidores vão ter pela internet uma nova maneira de se manterem informados sobre os produtos adquiridos
Consumidores recebem comunicado de recall pela internet
O semiárido representa quase 20% do território brasileiro. As cisternas captam e armazenam água da chuva
Parceria entregou mais de 100 mil cisternas para moradores do semiárido

Últimas imagens

Inscrições para o programa foram prorrogadas até 3 de novembro. Para participar, é preciso estar inscrito no Cadastro Único e ter mais de 15 anos
Inscrições para o programa foram prorrogadas até 3 de novembro. Para participar, é preciso estar inscrito no Cadastro Único e ter mais de 15 anos
Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Medida também vale para outros débitos relacionados ao veículo. Antes, apenas donos de veículos registrados no exterior contavam com esse recurso
Medida também vale para outros débitos relacionados ao veículo. Antes, apenas donos de veículos registrados no exterior contavam com esse recurso
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Verduras, legumes, frutas, carne de frango resfriada, bolachas, pães e doces serão comprados dos produtores e doados à rede socioassistencial no estado
Verduras, legumes, frutas, carne de frango resfriada, bolachas, pães e doces serão comprados dos produtores e doados à rede socioassistencial no estado
Foto: Eduardo Aigner/MDA
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Foto: Tony Winston/Agência Brasília
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

Governo digital