Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2015 > 05 > Ministério Público lança campanha anticorrupção nas redes

Cidadania e Justiça

Ministério Público lança campanha anticorrupção nas redes

Iniciativa

Ação vai ampliar debate sobre combate à corrupção no Facebook e Twitter; lançamento marca 10 anos de cooperação internacional
por Portal Brasil publicado: 26/05/2015 12h15 última modificação: 26/05/2015 12h15

A campanha #corrupçãonão foi lançada nas mídias sociais nesta segunda-feira (25) pelo Ministério Público Federal (MPF). A iniciativa vai ampliar o debate sobre o combate à corrupção em mídias sociais como Facebook e Twitter. O hotsite oficial da campanha já está funcionando.

A campanha informa que é preciso combater todas as formas de corrupção, das consideradas mais simples até as mais danosas à sociedade. O lançamento ocorreu durante o seminário que celebra dez anos de atuação do MPF em cooperações internacionais.

“Chegou a hora de mostrar que não concordamos com nenhum tipo de corrupção. Não importa o tamanho, o autor ou a situação. O papel de quem — como nós — deseja um mundo mais justo é dizer 'NÃO' a qualquer ato corrupto. Seja furar uma fila, subornar um guarda ou desviar dinheiro público”, diz o site da campanha.

O evento teve a participação do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e celebrou a criação da unidade de cooperação internacional. “Permitiu-se, assim, que o MPF continuasse a galgar lugar de destaque no cenário das relações internacionais, conforme, inclusive, estabelecido no nosso Planejamento Estratégico”, disse Janot.

Troca de informações

Em cooperação com outros países, o MPF recebe pedidos e faz solicitações de informações para repatriar valores milionários ao Brasil. Segundo o ministério, há cerca de R$ 500 milhões de dólares bloqueados no exterior.

Entre os casos importantes de cooperação internacional registrados recentemente estão o do ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil, Henrique Pizzolato, e o da Operação Lava Jato. O Brasil ainda aguarda a decisão final da Itália sobre a extradição de Pizzolato. No caso de corrupção na Petrobras, foram bloqueados, em ações cíveis, quase R$ 700 milhões.

Fonte:

Portal Brasil com informações da Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Receita Federal oferece serviço de inclusão de nome social do CPF
A medida dispõe sobre o uso do nome social e o reconhecimento da identidade de gênero de pessoas travestis e transexuais no âmbito da administração pública federal, autárquica e fundacional
Estatuto da Criança e do Adolescente completa 27 anos
Texto assegura direitos básicos, como educação, segurança e alimentação básica
Atendimento à população ribeirinha da Amazônia é desafio para poder público
Muitos moram em locais distantes das cidades e o transporte só pode ser feito por barco e, às vezes, a viagem pode levar dias. Para atender essa população, navios da Marinha brasileira percorrem a região desde 1984.
A medida dispõe sobre o uso do nome social e o reconhecimento da identidade de gênero de pessoas travestis e transexuais no âmbito da administração pública federal, autárquica e fundacional
Receita Federal oferece serviço de inclusão de nome social do CPF
Texto assegura direitos básicos, como educação, segurança e alimentação básica
Estatuto da Criança e do Adolescente completa 27 anos
Muitos moram em locais distantes das cidades e o transporte só pode ser feito por barco e, às vezes, a viagem pode levar dias. Para atender essa população, navios da Marinha brasileira percorrem a região desde 1984.
Atendimento à população ribeirinha da Amazônia é desafio para poder público

Últimas imagens

Para fazer a carteira pela primeira vez é necessário apresentar documentos originais
Para fazer a carteira pela primeira vez é necessário apresentar documentos originais
Jana Pessôa/Governo de Mato Grosso
Podem participar brasileiros de 18 a 35 anos, sejam estudantes ou já formados
Podem participar brasileiros de 18 a 35 anos, sejam estudantes ou já formados
Divulgação/Gender Summit
Emissão de passaportes estava suspensa pela Polícia Federal desde 27 de junho
Emissão de passaportes estava suspensa pela Polícia Federal desde 27 de junho
Foto: Isaac Amorim/Ministério da Justiça
Proprietário de veículo com tais especificações deve ligar para 0800-7013432 ou acessar o site da Honda
Proprietário de veículo com tais especificações deve ligar para 0800-7013432 ou acessar o site da Honda
Marcelo Camargo/Agência Brasil
Decisão do Contran foi anunciada em 29 de junho deste ano
Decisão do Contran foi anunciada em 29 de junho deste ano
Divulgação/Governo do Espírito Santo

Governo digital