Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2015 > 09 > Brasil é exemplo na redução da pobreza, segundo relatório da ONU

Cidadania e Justiça

Brasil é exemplo na redução da pobreza, segundo relatório da ONU

Indicadores sociais

Relatório das Nações Unidades aponta que mudanças são resultado de políticas públicas e que País conseguiu reduzir radicalmente a miséria
por Portal Brasil publicado: 27/09/2015 11h27 última modificação: 28/09/2015 15h34

O Brasil realizou uma revolução silenciosa, em pouco mais de uma década, ao sair da condição de País conhecido internacionalmente pelo alto índice de pobreza para o País que, de forma pacífica, conseguiu reduzir radicalmente a miséria. É o que aponta o relatório divulgado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) sobre os resultados da primeira meta dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), definidos pelas Nações Unidas no início dos anos 2000.

Segundo o levantamento, o Brasil foi um dos que mais contribuíram para o mundo alcançar a meta proposta pelo primeiro dos oito objetivos da ONU até 2015: “Acabar com a pobreza extrema e com a fome”, tornando-se referência internacional em relação ao assunto. Isso porque, enquanto o mundo conseguiu reduzir a pobreza extrema pela metade – de 47%, em 1990, para 22%, em 2012 – o Brasil, no mesmo período, erradicou a fome e fez com que a população extremamente pobre do País caísse para menos de um sétimo do registrado em 1990 (de 25,5% para 3,5% em 2012).

O sucesso do Brasil nessa nova tecnologia social levou o ex-ministro José Graziano, responsável pela implantação do Programa Fome Zero, a ser eleito diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO).

Políticas públicas

De acordo com o estudo, o “cumprimento pelo Brasil do primeiro dos ODM, muito antes de 2015, não foi obra do acaso”, principalmente quando se leva em conta o histórico, as dimensões e a população brasileira. Foi resultado de políticas públicas inovadoras, como o Cadastro Único para Programas Sociais, que permitiu que o Bolsa Família chegasse aos 5.570 municípios do País. A pesquisa destaca ainda a importância da articulação entre governo, setor privado e sociedade civil para o sucesso das políticas de combate à pobreza do País.

É o que também defende a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, para quem os avanços brasileiros no combate à fome e à pobreza nos últimos anos fez do Brasil o principal exemplo internacional de ação bem-sucedida no cumprimento dos objetivos do milênio.

“A população começou a ter acesso à alimentação, principalmente por ter acesso à renda, o que se deve a políticas como o aumento do salário mínimo e a programas como o Bolsa Família, que garantiram renda para a população em situação de pobreza que, por condições históricas de desigualdade, não conseguia ter uma renda suficiente para manter sua família com dignidade”, afirmou em entrevista à TV NBR.

A ministra destacou ainda a vertente do Bolsa Família de garantia do acesso à educação a milhares de crianças pobres do País. Segundo dados do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, atualmente, 17 milhões de crianças de 6 a 17 anos, beneficiadas pelo programa, podem estar hoje na escola.

Um exemplo da importância dessa garantia é a história de vida da hoje universitária Ethiene Wenceslau, de 22 anos. Moradora do Complexo da Penha no Rio de Janeiro, a mãe da estudante pôde garantir a permanência dos três filhos na escola graças ao apoio que recebeu do Bolsa Família durante todo o período escolar dos filhos. Hoje, Ethiene cursa o último ano do curso de Direito na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj).

“A minha infância toda eu fiz tentando dar o meu melhor. Sempre fui uma das melhores alunas da sala. Eu sempre me esforcei bastante, sempre fui muito esforçada. E se, antes, a gente não tinha um certo conforto, até mesmo uma alimentação mais básica, o Bolsa Família fez essa diferença, e a gente passou a ter – o que ajudou muito, até porque saco vazio não para em pé. E a questão mesmo de material escolar, tudo que a gente precisava na escola era aquela renda extra que dava conta”, acrescentou a estudante também em entrevista à NBR.

 

Fonte: Portal Brasil, com informações do Blog do Planalto

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Plataforma permite que brasileiros sugiram mudanças para melhorar o serviço público
Governo desenvolve portal online para que brasileiros façam sugestões de melhorias ao serviço público
Governo chama atenção de consumidores para segurança de produtos
Anvisa e Ministério da Justiça destacam a necessidade do consumo seguro, principalmente, nos casos de compras pela internet
Famílias em situação de risco recebem casas do Minha Casa Minha Vida
Setecentas e vinte famílias que moravam em casas sujeitas à enchentes receberam apartamentos do programa em Bom Jardim, no Rio
Governo desenvolve portal online para que brasileiros façam sugestões de melhorias ao serviço público
Plataforma permite que brasileiros sugiram mudanças para melhorar o serviço público
Anvisa e Ministério da Justiça destacam  a necessidade do consumo seguro, principalmente, nos casos de compras pela internet
Governo chama atenção de consumidores para segurança de produtos
Setecentas e vinte famílias que moravam em casas sujeitas à enchentes receberam apartamentos do programa em Bom Jardim, no Rio
Famílias em situação de risco recebem casas do Minha Casa Minha Vida

Últimas imagens

Inscrições para o programa foram prorrogadas até 3 de novembro. Para participar, é preciso estar inscrito no Cadastro Único e ter mais de 15 anos
Inscrições para o programa foram prorrogadas até 3 de novembro. Para participar, é preciso estar inscrito no Cadastro Único e ter mais de 15 anos
Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Medida também vale para outros débitos relacionados ao veículo. Antes, apenas donos de veículos registrados no exterior contavam com esse recurso
Medida também vale para outros débitos relacionados ao veículo. Antes, apenas donos de veículos registrados no exterior contavam com esse recurso
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Verduras, legumes, frutas, carne de frango resfriada, bolachas, pães e doces serão comprados dos produtores e doados à rede socioassistencial no estado
Verduras, legumes, frutas, carne de frango resfriada, bolachas, pães e doces serão comprados dos produtores e doados à rede socioassistencial no estado
Foto: Eduardo Aigner/MDA
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Foto: Tony Winston/Agência Brasília
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

Governo digital