Cidadania e Justiça

Visitas

Caravana promove igualdade racial em todo o país

Objetivo é transformar promoção da igualdade racial em uma ação de Estado, presente em todos os municípios e estados do Brasil
publicado: 15/11/2015 20h02, última modificação: 22/12/2017 10h24

Com o objetivo de que, assim como o governo federal, os estados e municípios também instituam políticas públicas em prol da igualdade racial e superação do racismo, o Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos lançou, no início de 2015 a Caravana Pátria Educadora pela Igualdade Racial e Superação do Racismo. 

O objetivo principal da caravana é transformar a política de promoção da igualdade racial em uma ação de Estado, presente em todos os municípios e estados do Brasil. 

A iniciativa, da Secretaria de Políticas para a Promoção da Igualdade Racial, atende dispositivos do Estatuto da Igualdade Racial. 

A caravana percorrerá todas as regiões do Brasil, promovendo debates e encontros com autoridades locais, representantes de universidades e da sociedade civil, visando ampliar o debate e estabelecer parcerias para a promoção da igualdade racial em todo o país.

Uma das estratégias da caravana é conquistar a adesão dos estados e municípios ao Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial, o Sinapir, que tem um papel importante no fortalecimento dessa pauta em nível nacional. 

Além de estimular a criação de conselhos e órgãos de Promoção da Igualdade Racial (PIR), o Sistema democratiza o acesso aos recursos federais, por meio de chamadas públicas. 

A Caravana já passou pelos estados do Pará, Maranhão, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Bahia, além de Moçambique, primeiro país africano a receber a versão internacional do projeto. 

A caravana não se resume a compromissos institucionais. Nas agendas, a equipe do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos dialoga com movimentos sociais, universidades e demais entes da sociedade civil organizada para fortalecer as políticas públicas, além de divulgar as ações para o público em geral.

Fonte: Seppir