Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2016 > 01 > Público debate filme “Que horas ela volta?” durante Fórum Social Temático

Cidadania e Justiça

Público debate filme “Que horas ela volta?” durante Fórum Social Temático

Inclusão Social

Ministra Tereza Campello participou de bate-papo e lembrou que a situação da personagem Jéssica não é mais uma exceção no Brasil
publicado: 25/01/2016 11h06 última modificação: 02/02/2016 16h22

Mudanças sociais, econômicas e culturais da população mais pobre foram temas do debate sobre o filme "Que horas ela volta?", promovido na última sexta-feira (22), em Porto Alegre (RS). A atividade integrou a programação do Fórum Social Temático.

O público assistiu ao filme e, em seguida, participou de um bate-papo com a diretora da obra, Anna Muylaert, a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, e a presidenta da União Nacional dos Estudantes (UNE), Carina Vitral. O debate foi moderado pela coordenadora nacional do Fórum Brasileiro de Economia Solidária, Xica da Silva.

Para Tereza Campello, a situação da personagem Jéssica não é mais uma exceção no Brasil atual. Ela lembrou que existem outros casos que mostram um País diferente, um Brasil de oportunidades. Destacou como exemplo o jovem Sérgio dos Santos Santana, de 18 anos, filho de um pedreiro e uma doméstica. Morador do município de São Lourenço do Piauí, ele foi aprovado no curso de Medicina na Universidade Federal do Piauí.

Na avaliação da ministra, “o filme pegou um momento de ruptura e da dificuldade de um novo nascer convivendo com o velho”.

Para a presidenta da UNE, Carina Vitral, os maiores responsáveis pelas mudanças que ocorrem hoje no País são os jovens. Na avaliação dela, é muito perceptível os dois "Brasis" do filme, um da personagem Val, de desigualdade, e o da personagem Jéssica, um novo Brasil, da mulher nordestina de cabeça erguida.

Já a diretora do filme, Anna Muylaert, afirmou que as mudanças no Brasil não têm mais volta e que não são apenas financeiras, mas de consciência. “A educação é uma porta possível de transformação”, disse.

Fonte: Ministério do Desenvolvimento Social

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

O título da terra facilita acesso de agricultores à política pública, diz Roseno
Para José Ricardo Roseno, Secretário de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário, a questão fundiária é um grande gargalo para acesso à política pública aos agricultores familiares
Ministério do Trabalho lança programa Aprendiz na Medida
Lançado nesta segunda-feira (16), no Rio de Janeiro, o programa Aprendiz na Medida vai oferecer trabalho com carteira assinada e qualificação profissional a jovens que cumprem medida socioeducativa
Dados do CPF podem ser atualizados pela internet
Já está disponível o serviço que permite a atualização de dados cadastrais no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) no site da Receita Federal
Para José Ricardo Roseno, Secretário de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário, a questão fundiária é um grande gargalo para acesso à política pública aos agricultores familiares
O título da terra facilita acesso de agricultores à política pública, diz Roseno
Lançado nesta segunda-feira (16), no Rio de Janeiro, o programa Aprendiz na Medida vai oferecer trabalho com carteira assinada e qualificação profissional a jovens que cumprem medida socioeducativa
Ministério do Trabalho lança programa Aprendiz na Medida
Já está disponível o serviço que permite a atualização de dados cadastrais no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) no site da Receita Federal
Dados do CPF podem ser atualizados pela internet

Últimas imagens

Campanha abrange cerca de 9,7 mil notebooks, fabricados entre 12 de abril e 14 de novembro de 2014
Campanha abrange cerca de 9,7 mil notebooks, fabricados entre 12 de abril e 14 de novembro de 2014
Divulgação/Governo do Amazonas
A certificação reconhece que a população e a área que ocupam têm relação com os antigos quilombos
A certificação reconhece que a população e a área que ocupam têm relação com os antigos quilombos
Foto: Rômulo Serpa/MDA
Obras de literatura serão doadas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação
Obras de literatura serão doadas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação
Divulgação/STF
Para que o CCIR seja validado, o titular deve efetuar o pagamento da taxa de serviço cadastral no BB
Para que o CCIR seja validado, o titular deve efetuar o pagamento da taxa de serviço cadastral no BB
Paulo Ernani Peres Ferreira/Embrapa
Para denúncias ou pedidos de informação, a SPM disponibiliza a Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180
Para denúncias ou pedidos de informação, a SPM disponibiliza a Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180
Elza Fiuza/Agência Brasil

Governo digital