Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2016 > 02 > Brasil doa 977 toneladas de arroz à Faixa de Gaza

Cidadania e Justiça

Brasil doa 977 toneladas de arroz à Faixa de Gaza

Conab

Operação é realizada no âmbito da Cooperação Humanitária Internacional com o Programa Mundial de Alimentos (PMA)
por Portal Brasil publicado: 26/02/2016 16h47 última modificação: 26/02/2016 22h01
EBC Ao todo, foram negociadas 977 toneladas de arroz: produto seguirá rumo à Faixa de Gaza

Ao todo, foram negociadas 977 toneladas de arroz: produto seguirá rumo à Faixa de Gaza

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) realizou, nesta sexta-feira (26), mais um leilão de troca de arroz in natura por arroz beneficiado. Ao todo, foram negociadas 977 toneladas, a serem doadas à Faixa de Gaza, no âmbito da Cooperação Humanitária Internacional com o Programa Mundial de Alimentos (PMA). No Brasil, a coordenação é realizada pelo Ministério das Relações Exteriores (MRE), e a execução cabe à Conab.

Os compradores deverão fornecer o arroz beneficiado, ensacado e organizado em containeres de 20 pés. Cabe a eles também acondicionar os containeres dentro do navio que fará o transporte ao destino final, com partida do Porto de Rio Grande (RS). O prazo para a entrega do produto no porto é 18 de abril.  

Além disso, as despesas de capatazia, desembaraço alfandegário, emissão de certificados internacionais de qualidade e inspeção exigidos também são de responsabilidade dos compradores do arroz. Com a operação, a Conab ganha em agilidade, pois o arroz já chega pronto para a doação.

Em contrapartida, a companhia oferece quantidade maior do arroz in natura aos vencedores do leilão. Nessa operação, a quantidade a ser recebida será de 1,81 mil toneladas. 

A doação de estoques públicos de alimentos para assistência humanitária internacional é autorizada pela Lei 12.429, de 20 de agosto de 2011.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Conab

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Plataforma permite que brasileiros sugiram mudanças para melhorar o serviço público
Governo desenvolve portal online para que brasileiros façam sugestões de melhorias ao serviço público
Governo chama atenção de consumidores para segurança de produtos
Anvisa e Ministério da Justiça destacam a necessidade do consumo seguro, principalmente, nos casos de compras pela internet
Famílias em situação de risco recebem casas do Minha Casa Minha Vida
Setecentas e vinte famílias que moravam em casas sujeitas à enchentes receberam apartamentos do programa em Bom Jardim, no Rio
Governo desenvolve portal online para que brasileiros façam sugestões de melhorias ao serviço público
Plataforma permite que brasileiros sugiram mudanças para melhorar o serviço público
Anvisa e Ministério da Justiça destacam  a necessidade do consumo seguro, principalmente, nos casos de compras pela internet
Governo chama atenção de consumidores para segurança de produtos
Setecentas e vinte famílias que moravam em casas sujeitas à enchentes receberam apartamentos do programa em Bom Jardim, no Rio
Famílias em situação de risco recebem casas do Minha Casa Minha Vida

Últimas imagens

Inscrições para o programa foram prorrogadas até 3 de novembro. Para participar, é preciso estar inscrito no Cadastro Único e ter mais de 15 anos
Inscrições para o programa foram prorrogadas até 3 de novembro. Para participar, é preciso estar inscrito no Cadastro Único e ter mais de 15 anos
Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Medida também vale para outros débitos relacionados ao veículo. Antes, apenas donos de veículos registrados no exterior contavam com esse recurso
Medida também vale para outros débitos relacionados ao veículo. Antes, apenas donos de veículos registrados no exterior contavam com esse recurso
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Verduras, legumes, frutas, carne de frango resfriada, bolachas, pães e doces serão comprados dos produtores e doados à rede socioassistencial no estado
Verduras, legumes, frutas, carne de frango resfriada, bolachas, pães e doces serão comprados dos produtores e doados à rede socioassistencial no estado
Foto: Eduardo Aigner/MDA
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Foto: Tony Winston/Agência Brasília
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

Governo digital