Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2016 > 02 > Pnud destaca sucesso de programas sociais brasileiros

Cidadania e Justiça

Pnud destaca sucesso de programas sociais brasileiros

Desenvolvimento Social

Bolsa Família e Brasil sem Miséria foram citados como exemplos de superação da pobreza por representante do organismo no País
publicado: 25/02/2016 16h41 última modificação: 27/02/2016 10h03

Em comemoração aos 50 anos do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), na quarta-feira (24), o representante-residente do organismo no Brasil, Niky Fabiancic, elogiou o Programa Bolsa Família e o Brasil Sem Miséria. Segundo ele, entre 1991 e 2003, o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do País cresceu 47,5% e, entre 2000 e 2012, a pobreza extrema e a fome caíram de 25,5% para 3,5%.

“Programas como o Bolsa Família e o Brasil Sem Miséria foram fundamentais para o alcance desses resultados, ao retirar mais de 40 milhões de pessoas da pobreza e criar oportunidades e esperança para as novas gerações.”

Fabiancic ressaltou que, quando o Pnud foi fundado, em 1966, uma em cada três pessoas no mundo vivia em situação de pobreza. Hoje, esse número caiu para cerca de uma em cada oito pessoas. “O Brasil vem contribuindo significativamente para esses avanços”, afirmou. Ele destacou que os resultados repercutem em vários países. “As experiências exitosas brasileiras chegam às nações da América Latina e África. Esse intercâmbio alavanca o desenvolvimento de um maior número de países.”

A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, elogiou a parceria com o Pnud para alcançar as metas dos Objetivos do Desenvolvimento do Milênio. “Comemoramos em ter cumprido e ultrapassado algumas metas, o que nos ajudou a reduzir as desigualdades regionais. Foi muito importante ter trabalhado essa agenda com o Pnud”, ressaltou.

Campello lembrou o próximo desafio, a agenda dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. “Queremos, nos próximos 15 anos, cumprir cada uma dessas metas. Não queremos só reduzir pobreza de renda, mas reduzir a pobreza do ponto de vista multidimensional.”

Segundo Tereza Campello, é importante reafirmar os avanços e combater os preconceitos, para não haver retrocesso. “O Pnud nos ajuda nessa tarefa, afirmando a necessidade das políticas sociais, de termos uma rede de proteção social. Essa parceria é fundamental para reafirmarmos a agenda social como uma agenda estratégica para termos de fato um mundo sustentável.”

Fonte: Portal Brasil, com informações do MDS

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Campanha Maio Amarelo conscientiza motoristas
Campanha Maio Amarelo pretende conscientizar motoristas para a redução de acidentes no trânsito
Governo autoriza ida da Força Nacional ao Maranhão
O governo autorizou o emprego da Força Nacional em apoio aos órgãos estaduais de segurança pública de São Luís (MA)
Conferência debate políticas para pessoa com deficiência
Acessibilidade, ‎inclusão e combate ao preconceito são alguns dos temas debatidos no encontro
Campanha Maio Amarelo pretende conscientizar motoristas para a redução de acidentes no trânsito
Campanha Maio Amarelo conscientiza motoristas
O governo autorizou o emprego da Força Nacional em apoio aos órgãos estaduais de segurança pública de São Luís (MA)
Governo autoriza ida da Força Nacional ao Maranhão
Acessibilidade, ‎inclusão e combate ao preconceito são alguns dos temas debatidos no encontro
Conferência debate políticas para pessoa com deficiência

Últimas imagens

A seleção dos aprendizes será realizada a partir do cadastro no Portal Mais Emprego
A seleção dos aprendizes será realizada a partir do cadastro no Portal Mais Emprego
Foto: Pref. de Campo Verde/MT
“É a luta do conservadorismo da elite contra uma população até então esquecida, casos dos negros, LGBTS e mulheres”, disse Eliana Emetéri
“É a luta do conservadorismo da elite contra uma população até então esquecida, casos dos negros, LGBTS e mulheres”, disse Eliana Emetéri
Foto: Blog do Planalto
Ação ocorreu na zona norte do Rio e na Baixada Fluminense
Ação ocorreu na zona norte do Rio e na Baixada Fluminense
Divulgação/EBc
Plano vai ser definido por representantes do ministério do Trabalho, OIT, governo estadual e Ministério Público
Plano vai ser definido por representantes do ministério do Trabalho, OIT, governo estadual e Ministério Público
Foto: Renato Alves / MTE
Na Câmara dos Deputados, representação das mulheres também é baixa, elas ocupam apenas 10% das cadeiras
Na Câmara dos Deputados, representação das mulheres também é baixa, elas ocupam apenas 10% das cadeiras
Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

Governo digital