Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2016 > 02 > Programa de Aquisição de Alimentos conquista mais 16 adesões

Cidadania e Justiça

Programa de Aquisição de Alimentos conquista mais 16 adesões

PAA

Mais 16 municípios do MA, PR, RS, SC, MG, BA e SP firmaram adesão para participar do programa, na modalidade Compra com Doação Simultânea
por Portal Brasil publicado: 04/02/2016 17h31 última modificação: 12/02/2016 09h33
Agência Brasil Na modalidade Compra com Doação Simultânea, os alimentos comprados dos agricultores familiares são distribuídos às entidades da rede socioassistencial e aos equipamentos públicos de segurança alimentar e nutricional

Na modalidade Compra com Doação Simultânea, os alimentos comprados dos agricultores familiares são distribuídos às entidades da rede socioassistencial e aos equipamentos públicos de segurança alimentar e nutricional

Mais 16 municípios do Maranhão, do Paraná, do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, de Minas Gerais, da Bahia e de São Paulo começam a executar o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Eles firmaram adesão para participar do programa na modalidade Compra com Doação Simultânea. O PAA é coordenado pela Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (SESAN) do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).

O MDS disponibilizou para esses municípios a quantia de R$ 4,2 milhões com o objetivo de garantir que o programa alcance novos mil agricultores familiares. Esses produtores vão abastecer 268 entidades. Agora, ao todo, são 1.707 municípios em 24 Estados e no Distrito Federal (DF) que executam a modalidade.

Os novos municípios que aderiram são Teixeira de Freitas, na Bahia; Arari, Cantanhede, Dom Pedro e Urbano Santos, no Maranhão; Varginha, em Minas Gerais; Braganey, Iporã, Itambaracá, Nova Fátima e Wenceslau Braz, no Paraná; Gramado Xavier e Tenente Portela, no Rio Grande do Sul; Joaçaba, em Santa Catarina; além de Birigui e Embu das Artes, em São Paulo.   

A Compra com Doação Simultânea prevê que os alimentos comprados dos agricultores familiares sejam distribuídos às entidades da rede socioassistencial e aos equipamentos públicos de segurança alimentar e nutricional (restaurantes populares, cozinhas comunitárias e bancos de alimentos).

Os gestores municipais e Estaduais do PAA são responsáveis por articular produtores, recebendo e distribuindo alimentos e efetuando o lançamento da nota fiscal no sistema operacional do programa. O pagamento é feito diretamente aos agricultores familiares, por meio de cartão bancário.

De acordo com o coordenador geral de Articulação Federativa para o Abastecimento Alimentar do MDS, João Paulo Sotero, foram investidos R$ 167,7 milhões na compra de alimentos da agricultura familiar, por meio do termo de adesão, em 2015. "Beneficiamos 37.484 agricultores familiares."

Os termos de adesão permitem que Estados e municípios executem as ações de maneira mais simples e ágil. Além disso, o acompanhamento e o monitoramento são realizados por meio de um sistema informatizado, alimentado pelos gestores locais, garantindo transparência e segurança.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo reativa plano Juventude Viva
Objetivo é reduzir a vulnerabilidade de jovens expostos a situações de violência, com foco prioritário na juventude negra
ID Jovem garante benefícios para pessoas de baixa renda
O documento garante meia-entrada em eventos, gratuidade no Enem e descontos em passagens de ônibus, trem e balsas
Brasilienses de baixa renda recebem carteirinha do ID Jovem
A Identidade Jovem oferece benefícios para pessoas de 15 a 19 anos com renda de até dois salários mínimos
Objetivo é reduzir a vulnerabilidade de jovens expostos a situações de violência, com foco prioritário na juventude negra
Governo reativa plano Juventude Viva
O documento garante meia-entrada em eventos, gratuidade no Enem e descontos em passagens de ônibus, trem e balsas
ID Jovem garante benefícios para pessoas de baixa renda
A Identidade Jovem oferece benefícios para pessoas de 15 a 19 anos com renda de até dois salários mínimos
Brasilienses de baixa renda recebem carteirinha do ID Jovem

Últimas imagens

O governo federal estima que 50 mil jovens sejam beneficiados com a ação
O governo federal estima que 50 mil jovens sejam beneficiados com a ação
Foto: Ana Nascimento/MDS
Além da declaração de nascido vivo, pais devem apresentar os documentos pessoais, como RG e CPF
Além da declaração de nascido vivo, pais devem apresentar os documentos pessoais, como RG e CPF
Divulgação/Prefeitura de Barreiras (BA)
Estado de São Paulo recebeu seis veículos, um imóvel e 22 veículos para diferentes prefeituras
Estado de São Paulo recebeu seis veículos, um imóvel e 22 veículos para diferentes prefeituras
Arquivo/Prefeitura de Silva Jardim (RJ)
Participação do pai no parto tranquiliza a mulher e ajuda aliviar a dor
Participação do pai no parto tranquiliza a mulher e ajuda aliviar a dor
Divulgação/Ministério da Saúde
Servidor deve solicitar o benefício em até dois dias úteis após o nascimento
Servidor deve solicitar o benefício em até dois dias úteis após o nascimento
Gabriel Jabur/Agência Brasília

Governo digital