Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2016 > 02 > Programa de Aquisição de Alimentos conquista mais 16 adesões

Cidadania e Justiça

Programa de Aquisição de Alimentos conquista mais 16 adesões

PAA

Mais 16 municípios do MA, PR, RS, SC, MG, BA e SP firmaram adesão para participar do programa, na modalidade Compra com Doação Simultânea
por Portal Brasil publicado: 04/02/2016 17h31 última modificação: 12/02/2016 09h33
Agência Brasil Na modalidade Compra com Doação Simultânea, os alimentos comprados dos agricultores familiares são distribuídos às entidades da rede socioassistencial e aos equipamentos públicos de segurança alimentar e nutricional

Na modalidade Compra com Doação Simultânea, os alimentos comprados dos agricultores familiares são distribuídos às entidades da rede socioassistencial e aos equipamentos públicos de segurança alimentar e nutricional

Mais 16 municípios do Maranhão, do Paraná, do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, de Minas Gerais, da Bahia e de São Paulo começam a executar o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Eles firmaram adesão para participar do programa na modalidade Compra com Doação Simultânea. O PAA é coordenado pela Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (SESAN) do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).

O MDS disponibilizou para esses municípios a quantia de R$ 4,2 milhões com o objetivo de garantir que o programa alcance novos mil agricultores familiares. Esses produtores vão abastecer 268 entidades. Agora, ao todo, são 1.707 municípios em 24 Estados e no Distrito Federal (DF) que executam a modalidade.

Os novos municípios que aderiram são Teixeira de Freitas, na Bahia; Arari, Cantanhede, Dom Pedro e Urbano Santos, no Maranhão; Varginha, em Minas Gerais; Braganey, Iporã, Itambaracá, Nova Fátima e Wenceslau Braz, no Paraná; Gramado Xavier e Tenente Portela, no Rio Grande do Sul; Joaçaba, em Santa Catarina; além de Birigui e Embu das Artes, em São Paulo.   

A Compra com Doação Simultânea prevê que os alimentos comprados dos agricultores familiares sejam distribuídos às entidades da rede socioassistencial e aos equipamentos públicos de segurança alimentar e nutricional (restaurantes populares, cozinhas comunitárias e bancos de alimentos).

Os gestores municipais e Estaduais do PAA são responsáveis por articular produtores, recebendo e distribuindo alimentos e efetuando o lançamento da nota fiscal no sistema operacional do programa. O pagamento é feito diretamente aos agricultores familiares, por meio de cartão bancário.

De acordo com o coordenador geral de Articulação Federativa para o Abastecimento Alimentar do MDS, João Paulo Sotero, foram investidos R$ 167,7 milhões na compra de alimentos da agricultura familiar, por meio do termo de adesão, em 2015. "Beneficiamos 37.484 agricultores familiares."

Os termos de adesão permitem que Estados e municípios executem as ações de maneira mais simples e ágil. Além disso, o acompanhamento e o monitoramento são realizados por meio de um sistema informatizado, alimentado pelos gestores locais, garantindo transparência e segurança.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Biometria deve ser usada em serviços públicos digitais
O secretário de Tecnologia da Informação, Marcelo Pagotti, fala sobre o recurso, que deve ser implantado em 2017
Estatuto da Igualdade Racial completa seis anos
Em julho, o Estatuto da Igualdade Racial completa seis anos. Resultado de anos de luta do movimento negro brasileiro, o estatuto abriu as portas para a criação de uma série de iniciativas de inclusão em diversas áreas.
Comitê busca ampliar renda de beneficiários do Bolsa Família
Governo vai criar comitê para incluir beneficiários do Bolsa Família na cadeia produtiva, permitindo que as famílias possam se emancipar
O secretário de Tecnologia da Informação, Marcelo Pagotti, fala sobre o recurso, que deve ser implantado em 2017
Biometria deve ser usada em serviços públicos digitais
Em julho, o Estatuto da Igualdade Racial completa seis anos. Resultado de anos de luta do movimento negro brasileiro, o estatuto abriu as portas para a criação de uma série de iniciativas de inclusão em diversas áreas.
Estatuto da Igualdade Racial completa seis anos
Governo vai criar comitê para incluir beneficiários do Bolsa Família na cadeia produtiva, permitindo que as famílias possam se emancipar
Comitê busca ampliar renda de beneficiários do Bolsa Família

Governo digital