Cidadania e Justiça

Pronera

Programa de Educação na Reforma Agrária garante 7 novos cursos no PA

Os cursos têm custo anual estimado em R$ 5 milhões e serão realizados em Belém, Bragança, Abaetetuba e Cametá, atendendo 470 alunos
publicado: 06/02/2016 10h00, última modificação: 23/12/2017 11h04
Pronera em Belém

Cursos impulsionam educação na reforma agrária no Pará - Foto: Ascom Incra/Belém

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) está prestes a oferecer quatro novos cursos de nível superior e três de nível médio no Pará. Os sete projetos pedagógicos relativos a esses cursos foram aprovados pela Coordenação Nacional do Programa de Educação na Reforma Agrária (Pronera), ou seja, foi dado o sinal verde rumo ao início das atividades. A Universidade Federal do Pará (UFPA) e o Instituto Federal de Educação Tecnológica do Estado (IFPA) são parceiros dos projetos.

Os cursos têm custo anual estimado em R$ 5 milhões e serão realizados em Belém, Bragança, Abaetetuba e Cametá, atendendo 470 alunos. A seleção será feita dentre os beneficiários das políticas agrárias dos governos federal e Estadual, o que inclui as comunidades quilombolas, além de professores e educadores que atuam em assentamentos ou no entorno.

As formações em nível superior abrangem Especialização em Geotecnologias Aplicadas ao Planejamento Ambiental e Desenvolvimento Territorial Rural (50 vagas), Agronomia (50 vagas), além de licenciaturas em História (100 vagas) e em Pedagogia (120 vagas). Também será ofertado o Ensino Médio Integral de Qualificação e Profissionalização (60 vagas), o Curso Técnico em Agroecologia Integrado ao Ensino Médio (40 vagas) e o Curso Técnico Profissional em Meio Ambiente para as Resex Integrado ao Ensino Médio (50 vagas).

Especialização

A novidade na parceria neste ano é a oferta de uma pós-graduação na modalidade de especialização. O curso – Especialização em Geotecnologias Aplicadas ao Planejamento Ambiental e Desenvolvimento Territorial Rural – será realizado em Belém e vai ofertar 50 vagas a candidatos de qualquer área de conhecimento envolvidos com questões inerentes à reforma agrária no Pará.

A pós-graduação visa a contribuir para a reflexão crítica acerca das potencialidades e vulnerabilidade dos recursos naturais, de como esses são utilizados e a melhor forma de planejar seu manejo de maneira sustentável.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Incra

error while rendering plone.belowcontentbody.relateditems