Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2016 > 03 > Extremo Sul da Bahia terá novo modelo de assentamento

Cidadania e Justiça

Extremo Sul da Bahia terá novo modelo de assentamento

Incra

Proposta é implantar áreas menores, localizadas perto dos centros consumidores, com tecnologia intensiva e agregação de valor à produção
publicado: 11/03/2016 15h30 última modificação: 11/03/2016 15h39

Um novo modelo de assentamento, com áreas menores, localizadas perto dos centros consumidores, com uso de tecnologia intensiva e agregação de valor à produção associado à agroindústria, será implementado em fase piloto no Território Extremo Sul da Bahia. A aprovação do projeto-piloto foi definida pela direção do Incra e a Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Fetraf), durante reunião realizada na sede do instituto em Brasília (DF).

Lideranças da Fetraf, na Bahia se reuniram com a presidente Maria Lúcia Falcón, o secretário de Desenvolvimento Rural do Estado, Jerônimo Rodrigues e a coordenadora Executiva de Articulação Social da secretaria de Relações Institucionais da Bahia, Mary Cláudia Souza, para discutir os conflitos na região.

A presidente Maria Lúcia Falcón disse que o Território Extremo Sul é prioritário para o Incra, no esforço de promover a reforma agrária. Ela lembrou no entanto, que a oferta de terras na região é baixa, seja por questões ambientais, como a necessidade de conservação de fragmentos de Mata Atlântica ou pelos projetos de silvicultura, por isso é necessário pensar em um outro modelo de desenvolvimento para os agricultores assentados que não seja aquele do assentamento tradicional.

Maria Lúcia propôs a implantação de uma espécie de cordão de segurança alimentar no entorno de cidades-polo, como Eunápolis, Porto Seguro, Itabela, Itamaraju e, assim, fomentar o vínculo da territorialidade, com o campo produzindo alimentos e a cidade fornecendo serviços. 

Agenda

Os representantes do governo estadual destacaram que a proposta apresentada é inovadora e responde a uma situação de difícil solução, que é conseguir terras para promover a reforma agrária na região, seja pela modalidade de desapropriação ou compra direta. "Estamos de braços dados com o Incra para resolver essa situação", afirmou Mary Cláudia.

Fonte: Incra

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Famílias em situação de risco recebem casas do Minha Casa Minha Vida
Setecentas e vinte famílias que moravam em casas sujeitas à enchentes receberam apartamentos do programa em Bom Jardim, no Rio
Governo do Brasil entrega 21 mil unidades do Minha Casa Minha Vida
O Governo do Brasil, por meio do Programa "Agora, é Avançar", entregou 37 empreendimentos do Minha Casa, Minha Vida, em todo o Brasil. No total, foram 21.274 unidades habitacionais em 21 municípios de 14 estados brasileiros
SEPPIR trabalha para agilizar titulação de terras dos quilombolas
O Secretário Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Juvenal Araújo, explicou como a Seppir está trabalhando junto ao Incra para que sejam tituladas, em um menor tempo possível, as terras dos quilombolas
Setecentas e vinte famílias que moravam em casas sujeitas à enchentes receberam apartamentos do programa em Bom Jardim, no Rio
Famílias em situação de risco recebem casas do Minha Casa Minha Vida
O Governo do Brasil, por meio do Programa "Agora, é Avançar", entregou 37 empreendimentos do Minha Casa, Minha Vida, em todo o Brasil. No total, foram 21.274 unidades habitacionais em 21 municípios de 14 estados brasileiros
Governo do Brasil entrega 21 mil unidades do Minha Casa Minha Vida
O Secretário Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Juvenal Araújo, explicou como a Seppir está trabalhando junto ao Incra para que sejam tituladas, em um menor tempo possível, as terras dos quilombolas
SEPPIR trabalha para agilizar titulação de terras dos quilombolas

Últimas imagens

Inscrições para o programa foram prorrogadas até 3 de novembro. Para participar, é preciso estar inscrito no Cadastro Único e ter mais de 15 anos
Inscrições para o programa foram prorrogadas até 3 de novembro. Para participar, é preciso estar inscrito no Cadastro Único e ter mais de 15 anos
Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Medida também vale para outros débitos relacionados ao veículo. Antes, apenas donos de veículos registrados no exterior contavam com esse recurso
Medida também vale para outros débitos relacionados ao veículo. Antes, apenas donos de veículos registrados no exterior contavam com esse recurso
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Verduras, legumes, frutas, carne de frango resfriada, bolachas, pães e doces serão comprados dos produtores e doados à rede socioassistencial no estado
Verduras, legumes, frutas, carne de frango resfriada, bolachas, pães e doces serão comprados dos produtores e doados à rede socioassistencial no estado
Foto: Eduardo Aigner/MDA
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Foto: Tony Winston/Agência Brasília
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

Governo digital