Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2016 > 03 > Agricultura familiar brasileira tem espaço garantido em feira na África do Sul

Cidadania e Justiça

Agricultura familiar brasileira tem espaço garantido em feira na África do Sul

MDA

O Ministério do Desenvolvimento Agrário vai selecionar até oito expositores para participara da Feira Internacional da África do Sul - Saitex 2016
por Portal Brasil publicado: 15/03/2016 12h00 última modificação: 15/03/2016 12h05

O  Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) vai levar assentados e agricultores familiares brasileiros para a Feira Internacional da África do Sul - Saitex 2016.  Até oito expositores serão escolhidos para mostrar sua produção no evento, que será realizado entre os dias 19 e 21 de junho, em Johannesburgo. As inscrições ficam abertas até o dia 3 de abril.

Os oito empreendimentos selecionados vão expor seus produtos no estande ‘Brasil Family Farming’, exclusivo para a agricultura familiar. Eles  receberão auxílio para as passagens e hospedagem.  Além disso,  cada um dos selecionados contará com um tradutor exclusivo, que garantirá apoio durante todo evento. 

A seleção será realizada por uma comissão composta de servidores da Assessoria Internacional e da Secretaria de Agricultura Familiar do MDA. É preciso que o empreendimento familiar tenha Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (DAP) jurídica. Também é preciso demonstrar capacidade de exportação, mesmo que ainda não tenha atuado no mercado internacional. A previsão de divulgação dos nomes dos selecionados  é o dia 15 de abril.

Saitex 

A Saitex é uma feira que envolve diversos setores, facilitando o comércio internacional com a África.  “É uma oportunidade de ser ter uma experiência em ambiente de negociação internacional, apresentar seus produtos e também conhecer outros”, afirma a analista técnica de Políticas Sociais do MDA, Heloísia Fontes.   

Fonte: Incra

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo lança novas regras para exames toxicológicos em condutores
Para combater o uso de drogas e aumentar a segurança nas estradas, o Denatran lançou novas regras para os exames que detectam essas substâncias nos condutores
Consumidores recebem comunicado de recall pela internet
Brasil teve, em dez anos, um aumento de 221% no serviço de recall. A partir de agora, os consumidores vão ter pela internet uma nova maneira de se manterem informados sobre os produtos adquiridos
Parceria entregou mais de 100 mil cisternas para moradores do semiárido
O semiárido representa quase 20% do território brasileiro. As cisternas captam e armazenam água da chuva
Para combater o uso de drogas e aumentar a segurança nas estradas, o Denatran lançou novas regras para os exames que detectam essas substâncias nos condutores
Governo lança novas regras para exames toxicológicos em condutores
Brasil teve, em dez anos, um aumento de 221% no serviço de recall. A partir de agora, os consumidores vão ter pela internet uma nova maneira de se manterem informados sobre os produtos adquiridos
Consumidores recebem comunicado de recall pela internet
O semiárido representa quase 20% do território brasileiro. As cisternas captam e armazenam água da chuva
Parceria entregou mais de 100 mil cisternas para moradores do semiárido

Últimas imagens

Medida também vale para outros débitos relacionados ao veículo. Antes, apenas donos de veículos registrados no exterior contavam com esse recurso
Medida também vale para outros débitos relacionados ao veículo. Antes, apenas donos de veículos registrados no exterior contavam com esse recurso
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Verduras, legumes, frutas, carne de frango resfriada, bolachas, pães e doces serão comprados dos produtores e doados à rede socioassistencial no estado
Verduras, legumes, frutas, carne de frango resfriada, bolachas, pães e doces serão comprados dos produtores e doados à rede socioassistencial no estado
Foto: Eduardo Aigner/MDA
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Foto: Tony Winston/Agência Brasília
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Foto: Dênio Simões/Agência Brasília
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Governo digital