Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2016 > 03 > Garantir desenvolvimento com inclusão é prioridade, diz ministra

Cidadania e Justiça

Garantir desenvolvimento com inclusão é prioridade, diz ministra

Desenvolvimento Social

Tereza Campello participou da entrega de unidades habitacionais do programa Minha Casa Minha Vida em Jundiaí, em São Paulo
por Portal Brasil publicado: 07/03/2016 17h40 última modificação: 08/03/2016 18h28

A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, afirmou, nesta segunda (7), que o governo federal continua gerando oportunidades para as famílias mais pobres. “Não estamos parados. Estamos entregando casas, as nossas políticas sociais continuam”, disse a ministra em Jundiaí (SP), onde participou da entrega de 400 unidades habitacionais do programa Minha Casa Minha Vida.

“Queremos continuar garantindo desenvolvimento com inclusão social e os recursos para a população de baixa renda no orçamento”, afirmou a ministra. Em Jundiaí, o investimento foi de R$ 37,7 milhões.

Na cerimônia, a ministra entregou as chaves para Mariana Moreira dos Santos. Mãe de dois filhos, trabalhadora, Mariana ainda arruma tempo para se capacitar por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). “Com essa casa, ela vai poder melhorar ainda mais. É isso que as pessoas querem. Querem oportunidade para melhorar de vida”, destacou Tereza Campello.

As famílias beneficiadas com as novas moradias do Minha Casa Minha Vida viviam em áreas de situação de risco. Líder comunitário no bairro Jardim São Camilo, Valdemar Firmino Ribeiro recebeu um apartamento no condomínio Gênova. Depois de morar por 29 anos na região e presenciar deslizamentos próximos à antiga casa, Ribeiro hoje é só alegria. “É uma enorme realização. As famílias aqui estão muito felizes.”

A ministra fez questão de vistoriar as unidades e ressaltou que as moradias darão mais dignidade às famílias viverem, serem felizes e criarem os filhos. “Têm parquinho, salão de festa e churrasqueira. O povo aqui vai poder fazer um churrasquinho no fim de semana”, comentou. “Isso não é favor. É um direito de vocês.”

Cinco Estados

Por meio de transmissão simultânea, o governo federal entregou 2.434 unidades nesta segunda-feira. Além de Jundiaí, as moradias beneficiam mais de 8,6 mil pessoas em Sobral (CE), Três Lagoas (MS), Paracatu (MG) e em Caxias do Sul (RS). A presidenta da República Dilma Rousseff participou da cerimônia no município gaúcho. “Todos agora começam uma nova etapa. Não vão mais pagar aluguel, morar de favor ou em área de risco.”

Dilma Rousseff destacou que o Minha Casa Minha Vida é o maior programa habitacional da América Latina. “Temos feito um imenso esforço para que a participação do governo federal seja decisiva para que aqueles que mais precisam tenham direito à casa própria”, explicou. O programa já beneficiou mais de dez milhões de pessoas, com a entrega de 2,5 milhões de moradias em todo o País. Além disso, outras 1,6 milhão já foram contratadas. “Estamos fazendo ajustes para preservar o que achamos mais importante, como esse programa.”

Fonte: Portal Brasil, com informações do MDS

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Conheça a atuação do Ministério dos Direitos Humanos
Principal função da pasta, de acordo com a ministra Luislinda Valois, é cuidar de todo o cidadão desde o nascimento até o seu último dia de vida
Sistema de cotas pode garatir mais negros nos espaços de poder
Ministra dos Direitos Humanos, Louislinda Valois, defende mais espaço para negros na diplomacia e nos tribunais brasileiros
Conselhos Tutelares recebem kits para defesa de crianças e adolescentes
Kits são compostos por um automóvel, cinco computadores, uma impressora, um bebedouro e um refrigerador
Principal função da pasta, de acordo com a ministra Luislinda Valois, é cuidar de todo o cidadão desde o nascimento até o seu último dia de vida
Conheça a atuação do Ministério dos Direitos Humanos
Ministra dos Direitos Humanos, Louislinda Valois, defende mais espaço para negros na diplomacia e nos tribunais brasileiros
Sistema de cotas pode garatir mais negros nos espaços de poder
Kits são compostos por um automóvel, cinco computadores, uma impressora, um bebedouro e um refrigerador
Conselhos Tutelares recebem kits para defesa de crianças e adolescentes

Últimas imagens

Informações são fundamentais para aperfeiçoar o atendimento à população
Informações são fundamentais para aperfeiçoar o atendimento à população
Patrick Grosner/MDSA
Ao todo, 11 projetos de comunidades indígenas foram contratados
Ao todo, 11 projetos de comunidades indígenas foram contratados
Divulgação/Prefeitura de Japorã (MS)
Prazo para atualizar as informações será informado por mensagem no extrato de pagamento dos benefícios
Prazo para atualizar as informações será informado por mensagem no extrato de pagamento dos benefícios
Foto: Ubirajara Machado/MDSA
O recall, com início de atendimento em 10 de abril de 2017, abrange 178 veículos importados
O recall, com início de atendimento em 10 de abril de 2017, abrange 178 veículos importados
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
A população de baixa renda responde por 55% da carteira de pessoa física da Caixa
A população de baixa renda responde por 55% da carteira de pessoa física da Caixa
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Governo digital