Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2016 > 03 > Garantir desenvolvimento com inclusão é prioridade, diz ministra

Cidadania e Justiça

Garantir desenvolvimento com inclusão é prioridade, diz ministra

Desenvolvimento Social

Tereza Campello participou da entrega de unidades habitacionais do programa Minha Casa Minha Vida em Jundiaí, em São Paulo
por Portal Brasil publicado: 07/03/2016 17h40 última modificação: 08/03/2016 18h28

A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, afirmou, nesta segunda (7), que o governo federal continua gerando oportunidades para as famílias mais pobres. “Não estamos parados. Estamos entregando casas, as nossas políticas sociais continuam”, disse a ministra em Jundiaí (SP), onde participou da entrega de 400 unidades habitacionais do programa Minha Casa Minha Vida.

“Queremos continuar garantindo desenvolvimento com inclusão social e os recursos para a população de baixa renda no orçamento”, afirmou a ministra. Em Jundiaí, o investimento foi de R$ 37,7 milhões.

Na cerimônia, a ministra entregou as chaves para Mariana Moreira dos Santos. Mãe de dois filhos, trabalhadora, Mariana ainda arruma tempo para se capacitar por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). “Com essa casa, ela vai poder melhorar ainda mais. É isso que as pessoas querem. Querem oportunidade para melhorar de vida”, destacou Tereza Campello.

As famílias beneficiadas com as novas moradias do Minha Casa Minha Vida viviam em áreas de situação de risco. Líder comunitário no bairro Jardim São Camilo, Valdemar Firmino Ribeiro recebeu um apartamento no condomínio Gênova. Depois de morar por 29 anos na região e presenciar deslizamentos próximos à antiga casa, Ribeiro hoje é só alegria. “É uma enorme realização. As famílias aqui estão muito felizes.”

A ministra fez questão de vistoriar as unidades e ressaltou que as moradias darão mais dignidade às famílias viverem, serem felizes e criarem os filhos. “Têm parquinho, salão de festa e churrasqueira. O povo aqui vai poder fazer um churrasquinho no fim de semana”, comentou. “Isso não é favor. É um direito de vocês.”

Cinco Estados

Por meio de transmissão simultânea, o governo federal entregou 2.434 unidades nesta segunda-feira. Além de Jundiaí, as moradias beneficiam mais de 8,6 mil pessoas em Sobral (CE), Três Lagoas (MS), Paracatu (MG) e em Caxias do Sul (RS). A presidenta da República Dilma Rousseff participou da cerimônia no município gaúcho. “Todos agora começam uma nova etapa. Não vão mais pagar aluguel, morar de favor ou em área de risco.”

Dilma Rousseff destacou que o Minha Casa Minha Vida é o maior programa habitacional da América Latina. “Temos feito um imenso esforço para que a participação do governo federal seja decisiva para que aqueles que mais precisam tenham direito à casa própria”, explicou. O programa já beneficiou mais de dez milhões de pessoas, com a entrega de 2,5 milhões de moradias em todo o País. Além disso, outras 1,6 milhão já foram contratadas. “Estamos fazendo ajustes para preservar o que achamos mais importante, como esse programa.”

Fonte: Portal Brasil, com informações do MDS

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo reativa plano Juventude Viva
Objetivo é reduzir a vulnerabilidade de jovens expostos a situações de violência, com foco prioritário na juventude negra
ID Jovem garante benefícios para pessoas de baixa renda
O documento garante meia-entrada em eventos, gratuidade no Enem e descontos em passagens de ônibus, trem e balsas
Brasilienses de baixa renda recebem carteirinha do ID Jovem
A Identidade Jovem oferece benefícios para pessoas de 15 a 19 anos com renda de até dois salários mínimos
Objetivo é reduzir a vulnerabilidade de jovens expostos a situações de violência, com foco prioritário na juventude negra
Governo reativa plano Juventude Viva
O documento garante meia-entrada em eventos, gratuidade no Enem e descontos em passagens de ônibus, trem e balsas
ID Jovem garante benefícios para pessoas de baixa renda
A Identidade Jovem oferece benefícios para pessoas de 15 a 19 anos com renda de até dois salários mínimos
Brasilienses de baixa renda recebem carteirinha do ID Jovem

Últimas imagens

O governo federal estima que 50 mil jovens sejam beneficiados com a ação
O governo federal estima que 50 mil jovens sejam beneficiados com a ação
Foto: Ana Nascimento/MDS
Além da declaração de nascido vivo, pais devem apresentar os documentos pessoais, como RG e CPF
Além da declaração de nascido vivo, pais devem apresentar os documentos pessoais, como RG e CPF
Divulgação/Prefeitura de Barreiras (BA)
Estado de São Paulo recebeu seis veículos, um imóvel e 22 veículos para diferentes prefeituras
Estado de São Paulo recebeu seis veículos, um imóvel e 22 veículos para diferentes prefeituras
Arquivo/Prefeitura de Silva Jardim (RJ)
Participação do pai no parto tranquiliza a mulher e ajuda aliviar a dor
Participação do pai no parto tranquiliza a mulher e ajuda aliviar a dor
Divulgação/Ministério da Saúde
Servidor deve solicitar o benefício em até dois dias úteis após o nascimento
Servidor deve solicitar o benefício em até dois dias úteis após o nascimento
Gabriel Jabur/Agência Brasília

Governo digital