Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2016 > 03 > Sergipe receberá R$ 2 milhões para amenizar efeitos da seca

Cidadania e Justiça

Sergipe receberá R$ 2 milhões para amenizar efeitos da seca

Integração Nacional

Valor será usado na implementação de adutoras, carros-pipa, dessalinizadores e captação de água do Rio São Francisco
por Portal Brasil publicado: 03/03/2016 19h28 última modificação: 03/03/2016 19h28

O Ministério da Integração Nacional (MI) e o governo de Sergipe assinaram nesta quinta-feira (3) um termo de compromisso que garante R$ 2 milhões ao Estado para complementar as ações de atendimento aos núcleos urbanos em restrição hídrica. O valor será usado na implementação de adutoras emergenciais de montagem rápida, distribuição de água por meio de carros-pipa, dessalinizadores e desassoreamento para captação de água do rio São Francisco.

“O governo federal está atendendo várias demandas dos estados do Nordeste em razão da crise hídrica. Entre as formas de apoio oferecidas pelo Ministério da Integração Nacional estão as que foram assinadas junto ao governo de Sergipe, que visam a adaptação na captação da água do São Francisco, com foco no abastecimento da área metropolitana de Aracaju”, disse o ministro-interino do ministério, Carlos Vieira.

O governador Jackson Barreto afirmou que os recursos vão garantir o acesso a água para mais de 1 milhão de habitantes. “Por meio desses recursos, poderemos aprofundar um canal para facilitar a captação da água”, afirmou Barreto.

Os recursos serão transferidos por meio do Cartão de Pagamento de Defesa Civil (CPDC). As parcelas, liberadas de acordo com o cronograma previsto no Plano Detalhado de Resposta. O termo de compromisso tem vigência de um ano.

Fonte: Ministério da Integração Nacional

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo lança novas regras para exames toxicológicos em condutores
Para combater o uso de drogas e aumentar a segurança nas estradas, o Denatran lançou novas regras para os exames que detectam essas substâncias nos condutores
Consumidores recebem comunicado de recall pela internet
Brasil teve, em dez anos, um aumento de 221% no serviço de recall. A partir de agora, os consumidores vão ter pela internet uma nova maneira de se manterem informados sobre os produtos adquiridos
Parceria entregou mais de 100 mil cisternas para moradores do semiárido
O semiárido representa quase 20% do território brasileiro. As cisternas captam e armazenam água da chuva
Para combater o uso de drogas e aumentar a segurança nas estradas, o Denatran lançou novas regras para os exames que detectam essas substâncias nos condutores
Governo lança novas regras para exames toxicológicos em condutores
Brasil teve, em dez anos, um aumento de 221% no serviço de recall. A partir de agora, os consumidores vão ter pela internet uma nova maneira de se manterem informados sobre os produtos adquiridos
Consumidores recebem comunicado de recall pela internet
O semiárido representa quase 20% do território brasileiro. As cisternas captam e armazenam água da chuva
Parceria entregou mais de 100 mil cisternas para moradores do semiárido

Últimas imagens

Medida também vale para outros débitos relacionados ao veículo. Antes, apenas donos de veículos registrados no exterior contavam com esse recurso
Medida também vale para outros débitos relacionados ao veículo. Antes, apenas donos de veículos registrados no exterior contavam com esse recurso
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Verduras, legumes, frutas, carne de frango resfriada, bolachas, pães e doces serão comprados dos produtores e doados à rede socioassistencial no estado
Verduras, legumes, frutas, carne de frango resfriada, bolachas, pães e doces serão comprados dos produtores e doados à rede socioassistencial no estado
Foto: Eduardo Aigner/MDA
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Foto: Tony Winston/Agência Brasília
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Foto: Dênio Simões/Agência Brasília
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Governos vão elaborar, no prazo de um ano, plano para garantir o acesso regular e permanente das populações a alimentos de qualidade
Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

Governo digital