Cidadania e Justiça

Serviço

Saiba como pagar as contas durante a greve dos bancários

O cidadão pode efetuar pagamentos e realizar saques em caixas eletrônicos e correspondentes para evitar transtornos
publicado: 08/09/2016 17h08, última modificação: 23/12/2017 11h36
Greve dos bancários altera rotina de clientes

Bancários farão primeira reunião de negociação nesta sexta (9); enquanto isso, agências seguem paradas - Foto: Divulgação/Agência Brasil

Com a greve dos bancários, que teve início na última terça-feira (6), os clientes das instituições financeiras e demais cidadãos precisam ficar mais atentos para manter as contas em dia. Mesmo com a paralisação, os pagamentos devem ser efetuados até o dia do vencimento, caso contrário, o cliente poderá pagar multa por atraso. Há alguns canais alternativos para realizar transações financeiras e evitar atraso nas contas. Confira:

Caixas eletrônicos, internet banking, o aplicativo do banco no celular (mobile banking), operações bancárias por telefone e também pelos correspondentes,  que são as casas lotéricas, agências dos Correios, redes de supermercados e outros estabelecimentos comerciais credenciados, são as principais opções que os bancos oferecem aos clientes para resolver as pendências no período.

Durante a paralisação, os caixas eletrônicos serão abastecidos normalmente. O cidadão que optar por esse tipo de serviço, pode realizar saque, pagamento, transferência, depósito, retirada de folha de cheque, entre outras opções. Os saques noturnos são limitados a R$ 300, e o valor para saque diurno varia dependendo da instituição financeira.

Já nos correspondentes bancários, que são os estabelecimentos credenciados pelos bancos, é possível efetuar saques, depósitos e transferências. Nesses estabelecimentos ainda é possível solicitar cheque especial e empréstimo por consignação para aposentados/pensionistas do INSS.

Para quem não quer sair de casa o internet banking, ou mobile banking, é a melhor opção. Cada vez mais os bancos aprimoram os sites e aplicativos para celulares, e o cliente pode realizar transações como consulta de saldo e extrato, transferência e até pagamentos com comodidade. Para isso, basta cadastrar uma senha. Em alguns bancos, no entanto, o cadastro dessa senha precisa ser realizado pessoalmente, em uma agência.

Fonte: Portal Brasil, com informações da Fenaban e da Agência Brasil 

error while rendering plone.belowcontentbody.relateditems