Você está aqui: Página Inicial > Cidadania e Justiça > 2017 > 09 > Cartão do Bolsa Família deve ser ativado antes do saque do benefício

Cidadania e Justiça

Cartão do Bolsa Família deve ser ativado antes do saque do benefício

Segurança

Para ativar o cartão, o responsável familiar deve ligar gratuitamente de qualquer telefone, fixo ou celular, para o número 0800 726 0207, e depois ir a uma lotérica
por Portal Brasil publicado: 21/09/2017 17h39 última modificação: 04/12/2017 12h21
Carlos Bassan/Prefeitura de Campinas (SP) Locais para saque do benefício são os terminais eletrônicos da Caixa, correspondentes Caixa Aqui e lotéricas

Locais para saque do benefício são os terminais eletrônicos da Caixa, correspondentes Caixa Aqui e lotéricas

A entrada no programa Bolsa Família é confirmada por uma correspondência enviada ao endereço da família selecionada. O prazo para receber o cartão varia entre 30 e 45 dias. Enquanto estiver sem esse documento, o dinheiro pode ser sacado em qualquer agência bancária com uma guia bancária e documento de identificação.

Após receber o cartão, as famílias que recentemente aderiram ao programa Bolsa Família devem ativar o o documento enviado pelos Correios por telefone, no número 0800 726 0207. Na ligação, que é gratuita, o responsável familiar vai pedir o desbloqueio do documento e a liberação para cadastrar uma senha.

O passo seguinte é ir a uma lotérica, ou qualquer agência da Caixa, e assinar o termo de responsabilidade de guarda do cartão. Depois, será possível cadastrar a senha para ter acesso ao benefício. Um atendente, então, ativará o documento eletronicamente. O saque ocorre no dia equivalente ao último dígito do Número de Identificação Social (NIS) impresso no plástico.

É possível sacar o benefício em terminais eletrônicos da Caixa, correspondentes Caixa Aqui e lotéricas. Caso o beneficiário estiver sem o cartão, pode retirar nas agências do banco com um documento de identificação.  Os recursos ficam disponíveis para saque durante 90 dias. O calendário de pagamento pode ser consultado no site do ministério. Na página da pasta no Facebook também é possível conferir o dia de saque.

Segundo a a diretora do Departamento de Benefícios do Ministério do Desenvolvimento Social, Caroline Paranayba, os beneficiários devem manter as informações do Cadastro Único sempre atualizadas. Além disso, é proibido vender ou cobrar taxas pelos cartões do Bolsa Família.

Fonte: Ministério do Desenvolvimento Social

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil