Você está aqui: Página Inicial > Ciência e Tecnologia > 2010 > 10 > Produção de Chips

Ciência e Tecnologia

Produção de Chips

Ceitec é a primeira fábrica especializada no desenvolvimento e produção de chips da América Latina
por Portal Brasil publicado: 17/09/2010 15h17 última modificação: 28/07/2014 09h14

Empresa pública federal ligada ao Ministério de Ciência e Tecnologia, o Centro de Excelência em Tecnologia Eletrônica Avançada (Ceitec) é a primeira fábrica especializada no desenvolvimento e produção de chips da América Latina. A empresa, localizada em Porto Alegre, atua principalmente nos segmentos de identificação por radiofrequência (RFID), comunicação sem fio e mídias digitais. 

A Ceitec trabalha para desenvolver soluções inovadoras em eletrônica e tecnologias da informação de qualidade para atender às necessidades do mercado. Entre os produtos mais importantes estão chips para rastreabilidade animal (o chip do boi) e para receptores de TV digital, além de um circuito integrado para controle e automação industrial. 

Com a tecnologia de RFID, foram criados softwares para automação de aeroportos, rastreabilidade de veículos, passaporte eletrônico e medicamentos e derivados de sangue. Ainda estão em desenvolvimento sistemas para modulação (recepção) de TV Digital e para a última milha de transmissão de internet banda larga via Wi-Max (sistema de conexão sem fio). 

Clique aqui e leia mais sobre a Ceitec.

Leia mais:
Cbers: um salto espacial


 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Startup Brasil lança nova etapa para seleção de iniciativas inovadoras
Serão selecionados cerca de 50 projetos entre 2017 e 2018. Investimento total do governo federal é de R$ 10 milhões
Canais de TV por assinatura devem ter conteúdo nacional
Por lei, os canais devem destinar espaço para três horas e meia por semana, em horário nobre, para o conteúdo audiovisual de origem nacional
Brasil e Argentina firmam parceria em ciência
Acordo deve priorizar áreas de energia renovável, meio ambiente, agroindústria e bioeconomia
Serão selecionados cerca de 50 projetos entre 2017 e 2018. Investimento total do governo federal é de R$ 10 milhões
Startup Brasil lança nova etapa para seleção de iniciativas inovadoras
Por lei, os canais devem destinar espaço para três horas e meia por semana, em horário nobre, para o conteúdo audiovisual de origem nacional
Canais de TV por assinatura devem ter conteúdo nacional
Acordo deve priorizar áreas de energia renovável, meio ambiente, agroindústria e bioeconomia
Brasil e Argentina firmam parceria em ciência

Últimas imagens

Recursos serão distribuídos pelo CNPq
Recursos serão distribuídos pelo CNPq
Arquivo/Agência Brasil
MCTIC encaminhou R$ 34,7 milhões a projetos de pesquisa até o momento
MCTIC encaminhou R$ 34,7 milhões a projetos de pesquisa até o momento
Arquivo/ Agência Brasil
Estudo sobre novas espécies pretende impulsionar geração de novos produtos
Estudo sobre novas espécies pretende impulsionar geração de novos produtos
Arquivo/Agência Brasil
Podem participar estudantes do ensino médio, técnico ou superior; e egressos formados há menos de três anos
Podem participar estudantes do ensino médio, técnico ou superior; e egressos formados há menos de três anos
Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Acordo deve priorizar áreas de energia renovável, meio ambiente, agroindústria e bioeconomia
Acordo deve priorizar áreas de energia renovável, meio ambiente, agroindústria e bioeconomia
Arquivo/Agência Brasil

Governo digital