Você está aqui: Página Inicial > Ciência e Tecnologia > 2011 > 11 > Leilões de joias da Caixa terão exposição das peças pela internet

Ciência e Tecnologia

Leilões de joias da Caixa terão exposição das peças pela internet

por Portal Brasil publicado: 03/11/2011 15h26 última modificação: 28/07/2014 14h52

A Caixa Econômica Federal vai expandir, em novembro, o novo modelo de leilões virtuais para mais três capitais: Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG) e São Paulo (SP), além de realizar um novo leilão em Porto Alegre (RS). Para dezembro, já está prevista a expansão desse modelo a mais três capitais: Curitiba (PR), Fortaleza (CE) e Vitória (ES).

Os interessados em participar dos leilões de joias da Caixa podem consultar os lotes no site da instituição. Nessa página é possível, não só conferir as imagens dos lotes de joias, como também ver detalhes ampliados das fotos por meio do recurso de zoom, além de visualizá-los frente e verso. Além disso, os clientes agora podem capturar o catálogo atualizado diariamente.

Com 150 anos de existência, o Penhor da Caixa é uma linha de crédito popular, por suas características de facilidade de acesso, rapidez e simplicidade. Para contratar o empréstimo não é necessário avalista, já que a joia é a garantia do crédito. E o dinheiro é liberado na hora.

Prioridade para os titulares

Os titulares dos contratos de penhor, incluídos nos leilões, podem regularizá-los em qualquer agência da Caixa, por meio de equipamentos disponíveis nas salas de autoatendimento, durante o expediente bancário, até o dia dos lances, e verificar na página da Vitrine de Joias sua retirada do leilão.

Assim, somente os lotes não regularizados são mantidos na Vitrine, e os interessados sabem exatamente para quais lotes ainda podem oferecer lances, diferentemente do modelo antigo, no qual somente ao visitar o local de exposição o cliente obtinha a informação de quais lotes ainda estavam à venda.

Para dar um lance, basta o interessado se cadastrar em qualquer agência de Penhor da Caixa e registrar sua oferta nos terminais eletrônicos do banco, em todo o País. Nesse novo modelo, os clientes só se deslocam até as cidades e os locais de entrega dos lotes para receber suas joias, se obtiverem sucesso nos seus lances.

Vitrine de Jóias

A Vitrine de Joias Caixa veio modernizar o processo de leilão de joias, que até agosto deste ano era realizado, exclusivamente, com a exposição física dos lotes nos locais específicos das diversas regiões do Brasil. Com esse novo modelo, a Caixa oferece maior conforto, comodidade e segurança, além de expandir o acesso às imagens a qualquer pessoa, cliente ou não, pela simples navegação no sítio do banco.

A Vitrine já foi testada em Porto Alegre (RS), em setembro. A satisfação dos clientes e o sucesso da ação puderam ser mensurados pelos resultados obtidos, que registraram renovação em 70% dos lotes marcados para leilão e garantiram a venda de 99% dos lotes restantes, além da manifestação expressa de aprovação pelos clientes habituais desse produto, no momento da entrega dos lotes arrematados.

Para o vice-presidente de Logística e Retaguarda da Caixa, Paulo Roberto dos Santos, a venda de joias do penhor, pela internet, representa um aperfeiçoamento histórico do processo de vendas do produto. “A Internet possibilita a universalização do acesso, com modernidade e praticidade para o cliente”, observa Paulo Roberto.


Fonte:
Caixa Econômica Federal

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Lei Geral de Telecomunicações precisa ser renovada, diz secretário
O novo secretário de Telecomunicações do MCTIC, André Borges, espera contribuir para a atualização das regras do setor
O papel da ciência na formação de uma sociedade sustentável
o programa Conexão Ciência entrevista o pesquisador Judson Valentim, da Embrapa Acre
Ciência ganha com as Comunicações, defende ministro
Existe uma sinergia entre as ações e programas dos dois ministérios, defende o ministro Gilberto Kassab
O novo secretário de Telecomunicações do MCTIC, André Borges, espera contribuir para a atualização das regras do setor
Lei Geral de Telecomunicações precisa ser renovada, diz secretário
o programa Conexão Ciência entrevista o pesquisador Judson Valentim, da Embrapa Acre
O papel da ciência na formação de uma sociedade sustentável
Existe uma sinergia entre as ações e programas dos dois ministérios, defende o ministro Gilberto Kassab
Ciência ganha com as Comunicações, defende ministro

Últimas imagens

O Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) vai receber o maior montante: R$ 16,5 milhões
O Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) vai receber o maior montante: R$ 16,5 milhões
Foto: Divulgação/CNPEM
A banda larga fixa é prestada com a utilização de diferentes tecnologias
A banda larga fixa é prestada com a utilização de diferentes tecnologias
Edilson Rodrigues/Agência Senado
Método pode ser usado para detectar e eliminar vírus em bolsas de sangue antes de transfusões
Método pode ser usado para detectar e eliminar vírus em bolsas de sangue antes de transfusões
Divulgação/MCTIC
Recursos devem ser aplicados em pesquisas de instituto ligado ao Minsitério da Ciência e Tecnologia ainda neste ano
Recursos devem ser aplicados em pesquisas de instituto ligado ao Minsitério da Ciência e Tecnologia ainda neste ano
Marcello Casal/ Agência Brasil
O próximo desafio dos estudantes é trazer o ouro da 21ª Olimpíada Ibero-americana de Química, em outubro
O próximo desafio dos estudantes é trazer o ouro da 21ª Olimpíada Ibero-americana de Química, em outubro
Foto: Cezar Guizzo

Governo digital