Você está aqui: Página Inicial > Ciência e Tecnologia > 2013 > 10 > Trabalhos de inclusão são premiados na Semana de C&T

Ciência e Tecnologia

Trabalhos de inclusão são premiados na Semana de C&T

Prêmio Telecentros Brasil

Entre os reconhecidos, destaque para o centro que oferece curso de música de forma integrada à tecnologia da informação
por Portal Brasil publicado: 24/10/2013 11h09 última modificação: 30/07/2014 00h56
Divulgação/Augusto Coelho/MCTI Cinco instituições e uma personalidade foram premiados por trabalhos de inclusão digital

Cinco instituições e uma personalidade foram premiados por trabalhos de inclusão digital

Cinco instituições e uma personalidade tiveram seus trabalhos de inclusão digital reconhecidos com a sexta edição do Prêmio Telecentros Brasil, entregue na noite desta quarta-feira (23), na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), em Brasília. A iniciativa, da Associação Telecentro de Informação e Negócios (ATN), tem entre seus parceiros o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

O destaque de 2013 foi conferido ao Centro de Inclusão Digital Elvira Amaral de Melo, de Rolador (RS), que oferece cursos de música a alunos das escolas públicas de forma integrada à tecnologia da informação.

Também foram premiados o Instituto de Oportunidade Social (IOS), de São Paulo, pelo empenho em gestão e oferta de cursos profissionalizantes para a comunidade do bairro de Santana; o Núcleo de Cidadania Digital (NCD) da Universidade Federal do Espírito Santo, pelos serviços de impressão em braile para instituições que adquiriram impressora com esse fim; o CDI Comunidade Bairro da Paz, da Santa Casa de Misericórdia da Bahia, pelo trabalho com orientação de descarte e reaproveitamento do lixo tecnológico em Salvador; e o Centro Avançado de Negócios – Telecentro do Sindicato da Micro e Pequena Indústria de Rondônia (Simpi-RO), pelo apoio a microempreendedores individuais, que formalizou 4.686 empreendedores.

Como personalidade em inclusão digital, foi contemplado o ex-secretário executivo do Ministério das Comunicações (MiniCom) Cezar Alvarez, designado em 2007 para coordenar os programas do governo federal na área. Saiba mais sobre o prêmio.

Potencial

O secretário de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social Oswaldo Duarte Filho, do MCTI, ressaltou o potencial transformador dos telecentros, que apontou como valiosos. “Com eles, dá para promover inclusão digital a baixo custo.” Ele informou que o ministério apoia cerca de 3 mil estruturas desse tipo, e lembrou que outras pastas têm ações e programas nesse sentido. “Acho que precisamos trabalhar para organizar e potencializar essa rede”, comentou.    

A diretora de Ações Regionais da secretaria, Sônia da Costa, informou que deve ser lançada em 2014 uma chamada pública com esse objetivo. Além de MCTI, MiniCom e ATN, a organização deve envolver o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). “Será um grande edital focado em transformação social”, adiantou Sônia.

Fonte:
Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Startup Brasil lança nova etapa para seleção de iniciativas inovadoras
Serão selecionados cerca de 50 projetos entre 2017 e 2018. Investimento total do governo federal é de R$ 10 milhões
Canais de TV por assinatura devem ter conteúdo nacional
Por lei, os canais devem destinar espaço para três horas e meia por semana, em horário nobre, para o conteúdo audiovisual de origem nacional
Brasil e Argentina firmam parceria em ciência
Acordo deve priorizar áreas de energia renovável, meio ambiente, agroindústria e bioeconomia
Serão selecionados cerca de 50 projetos entre 2017 e 2018. Investimento total do governo federal é de R$ 10 milhões
Startup Brasil lança nova etapa para seleção de iniciativas inovadoras
Por lei, os canais devem destinar espaço para três horas e meia por semana, em horário nobre, para o conteúdo audiovisual de origem nacional
Canais de TV por assinatura devem ter conteúdo nacional
Acordo deve priorizar áreas de energia renovável, meio ambiente, agroindústria e bioeconomia
Brasil e Argentina firmam parceria em ciência

Governo digital