Você está aqui: Página Inicial > Ciência e Tecnologia > 2013 > 11 > Bolsista do Ciência sem Fronteiras é premiada em Paris

Ciência e Tecnologia

Bolsista do Ciência sem Fronteiras é premiada em Paris

Conferência internacional

Com trabalho no campo de energia solar, pesquisadora foi reconhecida entre os 1.752 trabalhos concorrentes
por Portal Brasil publicado: 06/11/2013 10h14 última modificação: 30/07/2014 00h58

A estudante da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Clarissa Debiazi Zomer, finalizou seu período de doutorado sanduíche no Solar Energy Research Institute of Singapore (Seris), vinculado à National University of Singapore (NUS), pelo Programa Ciência sem Fronteiras (CsF), com seu trabalho premiado na 28ª European Photovoltaic Solar Energy Confere and Exhibition (EU Pvsec 2013), ocorrida nos dias 30 de setembro a 4 de outubro em Paris.

A fim de encorajar trabalhos de alta qualidade entre jovens pesquisadores, a EU Pvsec 2013 selecionou seis trabalhos enviados por estudantes, um de cada tema da conferência, considerados os estudos mais notáveis e proeminentes no campo da energia solar fotovoltaica.

O trabalho de Clarissa, eleito o melhor da categoria “Sistemas Fotovoltaicos”, intitula-se “The Balance between Aestherics and Performance in Building-integrated Photovoltaics in the Tropics”. Clarissa é arquiteta e atua no Grupo Fotovoltaica/UFSC desde 2003 com integração de sistemas fotovoltaicos em edificações.

A estudante apresentou sua pesquisa durante a seção “PV and Architecture: Wolrdwide Experience and Issues” e recebeu a premiação na cerimônia de encerramento da conferência. Além da premiação estudantil, este trabalho foi selecionado pelo Comitê Científico da conferência como um dos 20 melhores entre os 1.752 trabalhos recebidos, sendo convidado a ser submetido à revista Progress in Photovoltaics. O artigo está previsto para ser publicado ainda este ano.

Fonte:
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Ciência ganha com as Comunicações, defende ministro
Existe uma sinergia entre as ações e programas dos dois ministérios, defende o ministro Gilberto Kassab
Brasil deve ampliar indústria de software
Essa é a opinião do engenheiro Maximiliano Martinhão, novo secretário de Política de Informática do MCTIC
Comunicações respiram tecnologia, afirma Gilberto Kassab
O ministro Gilberto Kassab esteve no Senado para participar de audiência pública que tratou sobre a a nova estrutura do Ministério
Existe uma sinergia entre as ações e programas dos dois ministérios, defende o ministro Gilberto Kassab
Ciência ganha com as Comunicações, defende ministro
Essa é a opinião do engenheiro Maximiliano Martinhão, novo secretário de Política de Informática do MCTIC
Brasil deve ampliar indústria de software
O ministro Gilberto Kassab esteve no Senado para participar de audiência pública que tratou sobre a a nova estrutura do Ministério
Comunicações respiram tecnologia, afirma Gilberto Kassab

Últimas imagens

O Lema/Cetem foi um de 12 laboratórios internacionais convidados pela AIEA
O Lema/Cetem foi um de 12 laboratórios internacionais convidados pela AIEA
Foto: Natasha Montier
O Pioneiras da Ciência foi criado há mais de dez anos para promover a participação feminina na ciência
O Pioneiras da Ciência foi criado há mais de dez anos para promover a participação feminina na ciência
Foto: Divulgação/CNPq
Desde 2014, quando começou a repatriação de dados sobre a biodiversidade brasileira, 1.608.875 registros já foram recuperados
Desde 2014, quando começou a repatriação de dados sobre a biodiversidade brasileira, 1.608.875 registros já foram recuperados
Foto: Divulgação/SiBBr
As manifestações recebidas serão examinadas pela agência e permanecerão à disposição do público na biblioteca da instituição
As manifestações recebidas serão examinadas pela agência e permanecerão à disposição do público na biblioteca da instituição
Foto: José Cruz/Agência Brasil
Com a ferramenta, é possível dimensionar a área tomada pelo fogo ano a ano, desde 2005, em cada bioma
Com a ferramenta, é possível dimensionar a área tomada pelo fogo ano a ano, desde 2005, em cada bioma
Divulgação/MCTIC

Governo digital