Você está aqui: Página Inicial > Ciência e Tecnologia > 2013 > 11 > Projeto promove a produção de peixes em tanques-rede

Ciência e Tecnologia

Projeto promove a produção de peixes em tanques-rede

Piscicultura

Ação conduzida pela Embrapa beneficia pequenos agricultores de municípios do Piauí e do Maranhão
por Portal Brasil publicado: 18/11/2013 19h19 última modificação: 30/07/2014 00h59

O Projeto Boa Esperança, com ações em sete municípios do Piauí e Maranhão, está consolidado. Na próxima quarta-feira (20), entra em operação a quarta unidade demonstrativa de criação de peixes em tanques-rede, no povoado Tucuns, no município de Uruçuí, a 453 quilômetros ao sudoeste de Teresina. O projeto é conduzido pela Embrapa Meio-Norte e financiado pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf).

A largada para a primeira despesca da unidade será dada em um dia de campo, que começa às 8 horas. As oito famílias que participam do projeto esperam uma produção de pelo menos nove toneladas de tilápia, que serão comercializadas na própria região. O quilo do peixe será vendido a  R$ 7,00. A unidade contribuirá para reduzir a pressão no estoque pesqueiro da região, melhorando a qualidade do peixe, além de aumentar a renda das famílias envolvidas.

Dois importantes temas serão focados no evento: os aspectos legais para a atividade de criação de peixes em tanques-rede na represa Boa Esperança, no Rio Parnaíba, com o pesquisador Alexandre Kemenes; e tecnologias adotadas na unidade demonstrativa de criação de peixe em tanques-rede, pelo analista Valdemir Queiroz. O analista Marcos Teixeira Neto, coordenador do projeto, mostrará as ações desenvolvidas nos municípios.

O projeto instalou também unidades demonstrativas de criação de peixes em tanques-rede, no entorno da represa de Boa Esperança, nos municípios de Guadalupe, no Piauí; e em Nova Iorque e Benedito Leite, no Maranhão. Cerca de 50 famílias de pequenos pescadores estão participando diretamente do projeto nas quatro unidades. Elas receberam 132 tanques-rede, além de balsa de manejo, tanques para o transportes de peixes vivos, além de casa de apoio com balanças e geladeiras.

Sobre o Projeto Boa Esperança 

A ação começou a ser executado em 2007, beneficiando pequenos agricultores dos municípios de Uruçuí, Antônio Almeida, Porto Alegre e Guadalupe, no Piauí; e Benedito Leite, Nova Iorque e São João dos Patos, no Maranhão.

Além da piscicultura, o projeto desenvolveu atividades agrícolas e pecuárias, como cultura de grãos, hortaliças, fruteiras, avicultura, meliponicultura, suinocultura, produção de leite a pasto e agroindústria.

Fonte:
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Psicultura cresce no Brasil com apoio da Embrapa
Produção de peixes no Brasil cresce a cada ano, a partir de tecnologias desenvolvidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Internet 4G cresceu 120% em um ano no Brasil
Esse tipo de conexão é mais rápida e hoje já cobre quase 1700 cidades. Até o fim deste ano, a 4G deve chegar a todos os municípios com mais de 30 mil habitantes
Brasil lança primeiro satélite geoestacionário
Projeto será utilizado para comunicações estratégicas do governo e implementação do Programa Nacional de Banda Larga
Produção de peixes no Brasil cresce a cada ano, a partir de tecnologias desenvolvidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Psicultura cresce no Brasil com apoio da Embrapa
Esse tipo de conexão é mais rápida e hoje já cobre quase 1700 cidades. Até o fim deste ano, a 4G deve chegar a todos os municípios com mais de 30 mil habitantes
Internet 4G cresceu 120% em um ano no Brasil
Projeto será utilizado para comunicações estratégicas do governo e implementação do Programa Nacional de Banda Larga
Brasil lança primeiro satélite geoestacionário

Últimas imagens

Migração é reivindicação dos radiodifusores e foi autorizada por um decreto presidencial em 2013
Migração é reivindicação dos radiodifusores e foi autorizada por um decreto presidencial em 2013
Arquivo/Agência Brasil
Celina turchi afirma que há necessidade de esforço contínuo por parte da comunidade científica brasileira.
Celina turchi afirma que há necessidade de esforço contínuo por parte da comunidade científica brasileira.
Divulgação/MCTIC
Revista foi criada pelo epidemiologista Oswald Cruz
Revista foi criada pelo epidemiologista Oswald Cruz
Arquivo/Agência Brasil
Transferência começa nesta quinta-feira (15)
Transferência começa nesta quinta-feira (15)
Ascom/MCTIC
A planta do parque tecnológico prevê a construção de quatro blocos principais e estruturas auxiliares
A planta do parque tecnológico prevê a construção de quatro blocos principais e estruturas auxiliares
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Governo digital