Você está aqui: Página Inicial > Ciência e Tecnologia > 2014 > 02 > Fórum de tecnologia discute gerenciamento de dados mestres

Ciência e Tecnologia

Fórum de tecnologia discute gerenciamento de dados mestres

Informação e Comunicação

Governo quer aprimorar a gestão de informações previdenciárias, trabalhistas, sociais e de registro civil, destaca gestor
por Portal Brasil publicado: 25/02/2014 17h09 última modificação: 30/07/2014 01h35

Teve início, na manhã desta terça-feira (25), em Brasília, o 51° Fórum de TIC da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev). O tema em debate é Master Data Management (MDM), processo usado para gerenciamento de dados mestres que possibilita a unificação de cadastros de diferentes tipos, gerando uma fonte única de informação.

A abertura do evento, no Ministério da Previdência Social, foi realizada pelo diretor de Relacionamento, Desenvolvimento e Informações, Rogério Mascarenhas. Segundo ele, a intenção da Dataprev é usar o MDM para aprimorar a gestão de informações previdenciárias, trabalhistas, sociais e de registro civil do governofederal.

No evento, a empresa irá apresentar estudos iniciados sobre o tema, com foco em cadastro de pessoas físicas. No primeiro painel, o analista da Dataprev Fernando Barros de Lima (foto à direita) abordou “A visão única do cidadão para as áreas sociais do governo brasileiro”.

O tema será apresentado e discutido também por especialistas de instituições públicas e privadas. No segundo painel, Marcos Antônio Pichatelli, da SAS Data Management, falará sobre mitos e verdades na prática. Já Bergson Lopes Rêgo, da Blensson & Blonsson Consultoria, abordará papéis e estruturas de apoio à gestão de dados mestres e dados de referência.

Na parte da tarde, será a vez de Gabriela Gouveia Guedes Loureiro Ruberg, do Banco Central do Brasil, apresentar a Política de Governança da Informação da instituição. Em seguida, André Luiz Coelho da Silva abordará no último painel o tema “Informações Compartilhadas na Caixa Econômica Federal.

Fórum de TIC Dataprev

Realizado desde fevereiro de 2009, o Fórum de TIC Dataprev abre espaço para discussões e troca de experiências sobre vários assuntos relacionados à Tecnologia da Informação e Comunicação.

Temas como inclusão social, acessibilidade, software livre, novas mídias, redes de telecomunicações, qualidade de dados, contratação de serviços de TI pela administração pública e produtividade, qualidade no desenvolvimento de sistemas e arquitetura de sistemas já foram debatidos nos encontros anteriores. 

As apresentações e discussões são gravadas e, depois de transcritas, transformadas em Cadernos de Debates, disponibilizados no Portal da Dataprev.

Fonte:
Dataprev

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Ciência ganha com as Comunicações, defende ministro
Existe uma sinergia entre as ações e programas dos dois ministérios, defende o ministro Gilberto Kassab
Brasil deve ampliar indústria de software
Essa é a opinião do engenheiro Maximiliano Martinhão, novo secretário de Política de Informática do MCTIC
Comunicações respiram tecnologia, afirma Gilberto Kassab
O ministro Gilberto Kassab esteve no Senado para participar de audiência pública que tratou sobre a a nova estrutura do Ministério
Existe uma sinergia entre as ações e programas dos dois ministérios, defende o ministro Gilberto Kassab
Ciência ganha com as Comunicações, defende ministro
Essa é a opinião do engenheiro Maximiliano Martinhão, novo secretário de Política de Informática do MCTIC
Brasil deve ampliar indústria de software
O ministro Gilberto Kassab esteve no Senado para participar de audiência pública que tratou sobre a a nova estrutura do Ministério
Comunicações respiram tecnologia, afirma Gilberto Kassab

Últimas imagens

O Lema/Cetem foi um de 12 laboratórios internacionais convidados pela AIEA
O Lema/Cetem foi um de 12 laboratórios internacionais convidados pela AIEA
Foto: Natasha Montier
O Pioneiras da Ciência foi criado há mais de dez anos para promover a participação feminina na ciência
O Pioneiras da Ciência foi criado há mais de dez anos para promover a participação feminina na ciência
Foto: Divulgação/CNPq
Desde 2014, quando começou a repatriação de dados sobre a biodiversidade brasileira, 1.608.875 registros já foram recuperados
Desde 2014, quando começou a repatriação de dados sobre a biodiversidade brasileira, 1.608.875 registros já foram recuperados
Foto: Divulgação/SiBBr
As manifestações recebidas serão examinadas pela agência e permanecerão à disposição do público na biblioteca da instituição
As manifestações recebidas serão examinadas pela agência e permanecerão à disposição do público na biblioteca da instituição
Foto: José Cruz/Agência Brasil
Com a ferramenta, é possível dimensionar a área tomada pelo fogo ano a ano, desde 2005, em cada bioma
Com a ferramenta, é possível dimensionar a área tomada pelo fogo ano a ano, desde 2005, em cada bioma
Divulgação/MCTIC

Governo digital