Você está aqui: Página Inicial > Ciência e Tecnologia > 2014 > 03 > Autores do novo relatório do IPCC apresentam documento à imprensa

Ciência e Tecnologia

Autores do novo relatório do IPCC apresentam documento à imprensa

Mudanças climáticas

Coletiva será realizada nesta terça (1°), às 14 horas, na sede da Academia Brasileira de Ciências, no Rio de Janeiro
por Portal Brasil publicado: 30/03/2014 11h13 última modificação: 30/07/2014 01h36

O chefe do Centro de Ciência do Sistema Terrestre do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe/MCTI) e um dos autores do novo relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC-AR5), José Marengo, concede coletiva na próxima terça-feira (1°), às 14 horas, para apresentar os resultados do Resumo para Formuladores de Políticas (SPM) do Grupo de Trabalho 2 (GT2), que faz parte do Quinto Relatório de Avaliação do IPCC.

>> Para assistir à transmissão ao vivo, clique aqui.

Esta contribuição considera a vulnerabilidade e exposição dos sistemas naturais e socioeconômicos, os impactos observados e os futuros riscos das mudanças climáticas, analisando seu potencial para adaptação e seus limites.

Os capítulos do relatório do IPCC avaliam riscos e oportunidades para sociedades, economias e ecossistemas de todo o mundo. Tratam de cada uma das regiões geográficas do planeta, observando tanto o sistema natural quanto o humano e abordando o clima do presente e do futuro. Na ocasião, serão destacados aspectos relacionados ao Brasil e às Américas.

A coletiva será aberta pelo secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do Ministério de Ciência e Tecnologia (Seped/MCTI), Carlos Nobre, e pelo presidente da Academia Brasileira de Ciências (ABC), Jacob Palis.

A apresentação do documento – seguida por perguntas e respostas e um brunch – será realizada na sede da ABC, localizada à rua Anfilófio de Carvalho, 29, 3º andar – Centro, Rio de Janeiro.

É preciso confirmar presença enviando e-mail para a . O assunto deve ser Coletiva do IPCC e, no corpo, de e-mail devem constar o nome, o veículo, o e-mail e telefone de contato.

Relatórios e Grupos de Trabalho

Para fazer seus relatórios, o IPCC conta com a colaboração de dezenas de cientistas e pesquisadores de todo o mundo. Além de Nobre e Marengo, os brasileiros que integram o GT 2 e que elaboraram este publicação são: Maria Assunção Silva Dias; Carolina Dubeux; Fabio Scarano; Jean Pierre Ometto; e Marcos Buckeridge. Todos também devem estar presentes na coletiva e disponíveis para perguntas.

O relatório do Grupo de Trabalho 2 – Impactos, Adaptação e Vulnerabilidade – faz parte do 5º Relatório de Avaliação (AR5) do IPCC, que será finalizado com a publicação dos resultados do Grupo de Trabalho 3 (Mitigação das Mudanças Climáticas) e do Relatório de Síntese, até o final de 2014.

Sobre o IPCC

O Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) foi estabelecido pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) e a Organização Meteorológica Mundial (OMM) em 1988 para fornecer ao mundo uma visão científica clara sobre a mudança do clima e seus potenciais impactos ambientais e socioeconômicos. Hoje, possui 195 Estados-membros.

O IPCC é uma instituição que analisa e avalia a informação científica, técnica e socioeconômica mais recente, produzida globalmente, para compreender as mudanças climáticas. Milhares de cientistas de todo o mundo contribuem voluntariamente para o trabalho do IPCC com o objetivo de mostrar a diversidade de opiniões e conhecimentos.

Sobre José Marengo

O membro titular da Academia Brasileira de Ciências, José Marengo é pesquisador 1-A do CNPq. Graduado em Física e Meteorologia pela Universidad Nacional Agraria (Peru) e mestre em Engenharia de Recursos de Água e Terra pela mesma instituição, Marengo é doutor em Meteorologia pela Universidade de Wisconsin – Madison (Estados Unidos). Fez pós-doutorado em Modelagem Climática na NASA-GISS, Columbia University e na Florida State University.

José Marengo foi coordenador científico da previsão climática do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/INPE). Atualmente, é pesquisador titular e professor de pós-graduação do INPE e chefe do Centro de Ciência do Sistema Terrestre do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CCST/INPE).

Também é membro de vários painéis internacionais das Nações Unidas e de grupos de trabalho no Brasil e no exterior sobre mudanças climáticas e globais, entre eles IPCC.

Fonte:
Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Psicultura cresce no Brasil com apoio da Embrapa
Produção de peixes no Brasil cresce a cada ano, a partir de tecnologias desenvolvidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Internet 4G cresceu 120% em um ano no Brasil
Esse tipo de conexão é mais rápida e hoje já cobre quase 1700 cidades. Até o fim deste ano, a 4G deve chegar a todos os municípios com mais de 30 mil habitantes
Brasil lança primeiro satélite geoestacionário
Projeto será utilizado para comunicações estratégicas do governo e implementação do Programa Nacional de Banda Larga
Produção de peixes no Brasil cresce a cada ano, a partir de tecnologias desenvolvidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Psicultura cresce no Brasil com apoio da Embrapa
Esse tipo de conexão é mais rápida e hoje já cobre quase 1700 cidades. Até o fim deste ano, a 4G deve chegar a todos os municípios com mais de 30 mil habitantes
Internet 4G cresceu 120% em um ano no Brasil
Projeto será utilizado para comunicações estratégicas do governo e implementação do Programa Nacional de Banda Larga
Brasil lança primeiro satélite geoestacionário

Últimas imagens

As descobertas vão desde as medidas gases de efeito estufa aos efeitos dos aerossóis no balanço radiativo
As descobertas vão desde as medidas gases de efeito estufa aos efeitos dos aerossóis no balanço radiativo
Divulgação/Inpe
As recepções da TV NBR deverão ser reprogramadas para a nova sintonia: 3753 MHz
As recepções da TV NBR deverão ser reprogramadas para a nova sintonia: 3753 MHz
Arquivo/Agência Brasil
Também é possível encontrar mapas do monitoramento da vegetação para o período de 2007 a 2016
Também é possível encontrar mapas do monitoramento da vegetação para o período de 2007 a 2016
Foto: Paulo de Araújo/ MMA
Entre os meses de outubro e março, cientistas viajam ao continente gelado para realizar a coleta de fungos
Entre os meses de outubro e março, cientistas viajam ao continente gelado para realizar a coleta de fungos
Divulgação/Projeto MycoAntar
Em 20 anos, a Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica já superou os 8 milhões de participantes
Em 20 anos, a Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica já superou os 8 milhões de participantes
Divulgação/MCTIC

Governo digital