Você está aqui: Página Inicial > Ciência e Tecnologia > 2014 > 04 > Programa Inova Petro recebe propostas até 24 de abril

Ciência e Tecnologia

Programa Inova Petro recebe propostas até 24 de abril

Inovação

Editais disponibilizam R$ 3 bilhões para projetos inovadores no âmbito da cadeia produtiva do petróleo e gás natural
por Portal Brasil publicado: 16/04/2014 10h27 última modificação: 30/07/2014 01h38

O prazo para envio das cartas de manifestação referentes ao segundo edital do Inova Petro segue até o dia 24 de abril.  Serão selecionados planos de negócios de empresas em quatro linhas temáticas: Processamento de Superfície, Instalações Submarinas, Poços e Reservatórios.

O programa completo (somados todos os editais) tem valor de R$ 3 bilhões. O primeiro edital do programa aprovou 11 planos de negócios. totalizando R$ 380 milhões. Seis deles, que somam R$ 252 milhões, estão em fase de contratação.  Dos R$ 3 bilhões colocados à disposição para fomentar projetos na área de inovação, R$ 2,7 bilhões ainda estão disponíveis.

Workshops

Nos dias 6 e 8 de abril, o Departamento de Petróleo, Gás e Indústria Naval da Finep promoveu, em conjunto com o BNDES, Petrobras e Onip, dois eventos sobre o Inova Petro: um workshop na Federação das Indústrias do Estado de MG (FIEMG), e um encontro na Federação das Indústrias do Estado de SP (Fiesp).

Veja também a matéria publicada no jornal Valor Econômico, com destaque para investimentos no setor de petróleo e gás.

Sobre o Inova Petro

O Programa Inova Petro é uma iniciativa conjunta da  Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), com o apoio técnico da Petrobras. Contempla projetos de pesquisa, desenvolvimento, engenharia, absorção tecnológica, produção e comercialização de produtos, processos e/ou serviços inovadores.

O programa busca promover o desenvolvimento de fornecedores brasileiros para a cadeia produtiva da indústria de petróleo e gás natural. Espera-se, também, que contribua para a política de aumento de conteúdo local e para a competitividade e sustentabilidade da cadeia de fornecedores nacional.

Fonte:
Financiadora de Estudos e Projetos

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Psicultura cresce no Brasil com apoio da Embrapa
Produção de peixes no Brasil cresce a cada ano, a partir de tecnologias desenvolvidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Internet 4G cresceu 120% em um ano no Brasil
Esse tipo de conexão é mais rápida e hoje já cobre quase 1700 cidades. Até o fim deste ano, a 4G deve chegar a todos os municípios com mais de 30 mil habitantes
Brasil lança primeiro satélite geoestacionário
Projeto será utilizado para comunicações estratégicas do governo e implementação do Programa Nacional de Banda Larga
Produção de peixes no Brasil cresce a cada ano, a partir de tecnologias desenvolvidas pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Psicultura cresce no Brasil com apoio da Embrapa
Esse tipo de conexão é mais rápida e hoje já cobre quase 1700 cidades. Até o fim deste ano, a 4G deve chegar a todos os municípios com mais de 30 mil habitantes
Internet 4G cresceu 120% em um ano no Brasil
Projeto será utilizado para comunicações estratégicas do governo e implementação do Programa Nacional de Banda Larga
Brasil lança primeiro satélite geoestacionário

Últimas imagens

Migração é reivindicação dos radiodifusores e foi autorizada por um decreto presidencial em 2013
Migração é reivindicação dos radiodifusores e foi autorizada por um decreto presidencial em 2013
Arquivo/Agência Brasil
Celina turchi afirma que há necessidade de esforço contínuo por parte da comunidade científica brasileira.
Celina turchi afirma que há necessidade de esforço contínuo por parte da comunidade científica brasileira.
Divulgação/MCTIC
Revista foi criada pelo epidemiologista Oswald Cruz
Revista foi criada pelo epidemiologista Oswald Cruz
Arquivo/Agência Brasil
Transferência começa nesta quinta-feira (15)
Transferência começa nesta quinta-feira (15)
Ascom/MCTIC
A planta do parque tecnológico prevê a construção de quatro blocos principais e estruturas auxiliares
A planta do parque tecnológico prevê a construção de quatro blocos principais e estruturas auxiliares
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Governo digital