Você está aqui: Página Inicial > Ciência e Tecnologia > 2014 > 04 > Projetos propõem testes alternativos ao uso de animais em pesquisas

Ciência e Tecnologia

Projetos propõem testes alternativos ao uso de animais em pesquisas

Biotecnologia

Edital da Rede de Métodos Alternativos selecionou 7 propostas de testes via simulação computacional para desenvolvimento em laboratório do governo
por Portal Brasil publicado: 16/04/2014 13h04 última modificação: 30/07/2014 01h38

A Rede de Métodos Alternativos (Renama) selecionou sete propostas de testes in silico  (ou experimentação através da simulação computacional) voltados à predição de propriedades toxicológicas e farmacocinéticas de pequenas moléculas naturais ou sintéticas, candidatas a fármacos e cosméticos. Os projetos selecionados serão desenvolvidos no Laboratório Nacional de Biotecnologia (LNBio).

A seleção das melhores moléculas permite excluir substâncias pouco viáveis do processo de pesquisa, reduzindo o tempo, os investimentos e os testes em animais requeridos ao desenvolvimento de novos produtos.

As instituições que tiveram propostas aprovadas foram Cristália Produtos Químicos e Farmacêuticos, Eurofarma Laboratórios, Fundação Oswaldo Cruz, Grupo Boticário, Instituto de Tecnologia de Fármacos em Manguinhos (Farmanguinhos), Natura Inovação e Tecnologia de Produtos e Única Educacional.

O potencial das substâncias será analisado com base em simulações computacionais. Trata-se de métodos de bioinformática que preveem atividades biológicas, efeitos tóxicos, biodisponibilidade por via oral e possíveis interações moleculares.

A seleção foi feita com base no Edital 1/2014. Os estudos serão financiados com recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), por meio da Renama.

Renama

Rede Nacional de Métodos Alternativos (Renama) ao uso de animais foi criada recentemente através da portaria nº 491, de 03.07.2012 do Ministério de ciência, Tecnologia e inovação (MCTI).

Sua criação vem ao encontro do panorama internacional que fomenta e privilegia o princípio dos 3Rs, (Reduction ou Redução, reflete a obtenção de nível equiparável de informação com o uso de menos animais; Refinement ou Refinamento promove o alívio ou a minimização da dor, sofrimento ou estresse do animal; Replacement ou Substituição, estabelece que um determinado objetivo seja alcançado sem o uso de animais vertebrados vivos) permitindo a existência de uma infraestrutura laboratorial e de recursos humanos especializados capazes de implantar métodos alternativos ao uso de animais e desenvolver e validar novos métodos no Brasil.

A Renama disponibilizará, através de uma rede de laboratórios associados, as metodologias preconizadas pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), observando os princípios de boas práticas de laboratório.

Desta forma a Renama contribuirá para a garantia da qualidade dos serviços ofertados ao setor produtivo e o aumento, natural, da sua competitividade internacional.

Fonte:
Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação
Rede Nacional de Métodos Alternativos

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Startup Brasil lança nova etapa para seleção de iniciativas inovadoras
Serão selecionados cerca de 50 projetos entre 2017 e 2018. Investimento total do governo federal é de R$ 10 milhões
Canais de TV por assinatura devem ter conteúdo nacional
Por lei, os canais devem destinar espaço para três horas e meia por semana, em horário nobre, para o conteúdo audiovisual de origem nacional
Brasil e Argentina firmam parceria em ciência
Acordo deve priorizar áreas de energia renovável, meio ambiente, agroindústria e bioeconomia
Serão selecionados cerca de 50 projetos entre 2017 e 2018. Investimento total do governo federal é de R$ 10 milhões
Startup Brasil lança nova etapa para seleção de iniciativas inovadoras
Por lei, os canais devem destinar espaço para três horas e meia por semana, em horário nobre, para o conteúdo audiovisual de origem nacional
Canais de TV por assinatura devem ter conteúdo nacional
Acordo deve priorizar áreas de energia renovável, meio ambiente, agroindústria e bioeconomia
Brasil e Argentina firmam parceria em ciência

Últimas imagens

Em nove anos, Brasil já ganhou 45 medalhas
Em nove anos, Brasil já ganhou 45 medalhas
Arquivo/Agência Brasil
Mais de 60 mil pessoas já baixaram o aplicativo para receber alertas de chuvas
Mais de 60 mil pessoas já baixaram o aplicativo para receber alertas de chuvas
Arquivo/Agência Brasil
Ferramenta, batizada de SOS Chuva, pode ajudar população a se prevenir nos casos de eventos extremos
Ferramenta, batizada de SOS Chuva, pode ajudar população a se prevenir nos casos de eventos extremos
Foto: José Cruz/Agência Brasil
Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste vão adotar o horário de verão em 2017/2018
Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste vão adotar o horário de verão em 2017/2018
Divulgação/Itaipu

Governo digital