Você está aqui: Página Inicial > Ciência e Tecnologia > 2014 > 05 > Pesquisa conclui testes com produtos químicos

Ciência e Tecnologia

Pesquisa conclui testes com produtos químicos

Ciência sem Fronteiras

Objetivo da pesquisa é substituir o uso de animais em testes alergênicos de produtos químicos
por Portal Brasil publicado: 16/05/2014 18h38 última modificação: 30/07/2014 01h39

A pesquisadora Vanessa de Moura Sá Rocha concluiu a pesquisa sobre uma estratégia integrada de testes alternativos ao uso de animais para avaliação de risco em cosméticos. Os estudos de pós-doutorado foram realizados na Johns Hopkins University, em Baltimore, nos Estados Unidos, por meio do programa Ciência sem fronteiras (CsF).

O objetivo da pesquisa é substituir o uso de animais em testes alergênicos de produtos químicos, desenvolvendo um estudo sobre novas estratégias de integrar diferentes resultados de modelos in vitro para avaliação de risco de novos ingredientes. Vanessa destacou a importância de desenvolver o projeto de pesquisa em uma das principais instituições em saúde pública do mundo.

Para Vanessa estudar no Johns Hopkins, instituição número um em saúde pública no mundo, foi de grande importância para sua carreira: “Sou uma pesquisadora mais preparada e qualificada depois desta vivência, e expandi minha visão de mundo. Meu desejo é contribuir de forma ainda mais relevante para a evolução das pesquisas neste tema no Brasil”. “Um pesquisador que tem a oportunidade de viver a ciência em países onde a mesma é pujante como os EUA, Alemanha e outros, terá sua vida mudada para sempre e com certeza poderá contribuir muito mais para sociedade brasileira”, analisa a pesquisadora.

Vanessa possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Uberlândia, mestrado em Patologia Experimental e Comparada pela Universidade de São Paulo e doutorado em Ciências pela Universidade de São Paulo. Foi sócia fundadora da empresa Ciallyx Laboratórios e Consultoria, onde coordenou e implementou por três anos diferentes estudos pré-clínicos de eficácia e segurança para o desenvolvimento de novos medicamentos. Em 2007 iniciou seu trabalho na empresa Natura Inovação, parceira do programa Ciência sem Fronteiras, onde coordenou por dois anos o laboratório de estudos in vitro da empresa

Atualmente, ela é cientista da área de segurança de produtos e desenvolve novos projetos em parceria com universidades, institutos de pesquisa ou empresas nacionais ou internacionais na busca de novas tecnologias na área de métodos alternativos ao uso de animais para avaliação de segurança.

Fontes:

Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

CNPq

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Finep apoia desenvolvimento da cadeira de rodas dos paratletas
Cadeiras de rodas padronizadas asseguram competitividade de atletas paralímpicos. No Brasil, a Finep apoia desenvolvimento dessas cadeiras
Aplicativo auxilia veterinários no diagnóstico de doenças em suínos
DiagSui é um aplicativo desenvolvido pela Embrapa com orientações sobre o diagnóstico laboratorial de principais doenças dos suínos
Congresso discute avanços no uso do Biodiesel no Brasil
Evento é uma oportunidade para pesquisadores brasileiros que estudam biodiesel acompanharem e enviarem trabalhos científicos
Cadeiras de rodas padronizadas asseguram competitividade de atletas paralímpicos. No Brasil, a Finep apoia desenvolvimento dessas cadeiras
Finep apoia desenvolvimento da cadeira de rodas dos paratletas
DiagSui é um aplicativo desenvolvido pela Embrapa com orientações sobre o diagnóstico laboratorial de principais doenças dos suínos
Aplicativo auxilia veterinários no diagnóstico de doenças em suínos
Evento é uma oportunidade para pesquisadores brasileiros que estudam biodiesel acompanharem e enviarem trabalhos científicos
Congresso discute avanços no uso do Biodiesel no Brasil

Últimas imagens

A FAO vai abrir um escritório na região Nordeste
A FAO vai abrir um escritório na região Nordeste
Elza Fiúza/Agência Brasil
Na segunda etapa do projeto, o Cemaden vai instalar 15 plataformas de coleta de dados
Na segunda etapa do projeto, o Cemaden vai instalar 15 plataformas de coleta de dados
Divulgação/Prefeitura do Recife (PE)
Próxima chamada para investimentos em conjunto que deve ser lançada até o fim do ano, vai escolher seis projetos nas áreas de computação em nuvem, Internet das Coisas e 5G
Próxima chamada para investimentos em conjunto que deve ser lançada até o fim do ano, vai escolher seis projetos nas áreas de computação em nuvem, Internet das Coisas e 5G
Foto: Bruno Fortuna/ Fotos Públicas
Programa já apoiou 183 empresas de 17 estados e 13 países desde 2012
Programa já apoiou 183 empresas de 17 estados e 13 países desde 2012
Marcelo Camargo/Agência Brasil
Até fim do programa, 334 municípios devem ser beneficiados
Até fim do programa, 334 municípios devem ser beneficiados
Reprodução/MCTI

Governo digital