Você está aqui: Página Inicial > Ciência e Tecnologia > 2014 > 06 > Inpa promove projeto de turismo científico em Manaus (AM)

Ciência e Tecnologia

Inpa promove projeto de turismo científico em Manaus (AM)

Amazônia

Projeto é destinado a turistas que visitam a capital amazonense no período da Copa. Roteiro será realizado de 9 a 30 de junho
por Portal Brasil publicado: 06/06/2014 11h44 última modificação: 30/07/2014 01h40

Nesta sexta-feira (6), o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTI), por meio da Coordenação de Extensão Tecnológica e Inovação (Ceti), promovera uma demonstração do projeto Turismo Científico, a ser realizado no Bosque da Ciência, no período de 9 a 30 de junho, durante a realização da Copa do Mundo de Futebol 2014. O projeto é destinado a turistas que visitam Manaus e demais interessados.

O roteiro inclui visita ao viveiro das ariranhas, ao aquário do peixe-boi-da-amazônia; à Casa da Ciência; à Ilha da Tanimbuca (uma área composta de um pequeno riacho onde se encontram peixes, quelônios e vegetação nativa, como a árvore Tanimbuca com mais de 600 anos); caminhada por trilha suspensa; e exposição indígena no Paiol da Cultura.

O visitante também poderá conhecer o Lago Amazônico e o lago dos quelônios da Amazônia; o viveiro dos jacarés, onde podem ser observadas três espécies desses répteis; e o tanque do peixe elétrico poraquê.

O projeto é uma ação da empresa Amazônia Socioambiental, incubada ao Inpa, em parceria com o instituto, e tem por objetivo oferecer aos turistas que virão a Manaus, para os jogos da Copa do Mundo, uma nova opção de turismo de conhecimento da biodiversidade amazônica.

Também nesta sexta, o Inpa abre as portas mais uma vez para os estudantes da rede pública de ensino participarem do Circuito da Ciência, um projeto de educação ambiental e popularização científica. Esta quarta edição especial encerrará as atividades e comemorações da Semana do Meio Ambiente do Inpa. Será lançada a cartilha A Turminha da Vara do Meio Ambiente, que aborda a biodiversidade amazônica e os segredos das plantas medicinais.

Percepções

Segundo o diretor da Amazônia Socioambiental, Diego Brandão, nesta primeira experiência do projeto de Turismo Científico, a ser feita com alguns convidados, o objetivo é testar e observar as percepções de cada visitante sobre o roteiro a ser percorrido para que se façam os ajustes a fim de que o projeto entre em funcionamento oficial nesta segunda-feira (9). Ele explica que projeto de Turismo Científico pretende atingir 1.320 pessoas.

Para Auzandir Silva, diretor da Incubadora do Inpa, esta demonstração servirá para avaliar todo o escopo do projeto, desde a infraestrutura, o pessoal selecionado e a qualidade dos serviços oferecidos, tudo para que seja colocado em prática com todos os reajustes necessários a partir de segunda. Leia mais.

Fonte:
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Brasil e Argentina firmam parceria em ciência
Acordo deve priorizar áreas de energia renovável, meio ambiente, agroindústria e bioeconomia
Parceria vai fortalecer a inovação e modernização dos Correios
O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e a Correios Participações fecharam um acordo de cooperação de startups nacionais
Empresas de TI já testam sistema do e-social
Em 2018, todas as empresas do País deverão usar a plataforma para prestar informações como pagamento de impostos e encargos trabalhistas
Acordo deve priorizar áreas de energia renovável, meio ambiente, agroindústria e bioeconomia
Brasil e Argentina firmam parceria em ciência
O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e a Correios Participações fecharam um acordo de cooperação de startups nacionais
Parceria vai fortalecer a inovação e modernização dos Correios
Em 2018, todas as empresas do País deverão usar a plataforma para prestar informações como pagamento de impostos e encargos trabalhistas
Empresas de TI já testam sistema do e-social

Últimas imagens

MCTIC encaminhou R$ 34,7 milhões a projetos de pesquisa até o momento
MCTIC encaminhou R$ 34,7 milhões a projetos de pesquisa até o momento
Arquivo/ Agência Brasil
Estudo sobre novas espécies pretende impulsionar geração de novos produtos
Estudo sobre novas espécies pretende impulsionar geração de novos produtos
Arquivo/Agência Brasil
Podem participar estudantes do ensino médio, técnico ou superior; e egressos formados há menos de três anos
Podem participar estudantes do ensino médio, técnico ou superior; e egressos formados há menos de três anos
Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Acordo deve priorizar áreas de energia renovável, meio ambiente, agroindústria e bioeconomia
Acordo deve priorizar áreas de energia renovável, meio ambiente, agroindústria e bioeconomia
Arquivo/Agência Brasil
Planta não oferece riscos à saúde humana
Planta não oferece riscos à saúde humana
Arquivo/Agência Brasil

Governo digital